Caceres (Brasil) a Campo Grande (Brasil) - 1.060 km - Total 16.142 km

Hoje e dia de documentar a Cheroka e partir o quanto antes para Ribeirao Preto , ponto de chegada da Aventura Panamericana. Saimos cedo do hotel e fomos primeiro na Policia Federal por causa dos passaportes e Receita Federal por causa da Cheroka, sem mui

  
  

Hoje e dia de documentar a Cheroka e partir o quanto antes para Ribeirao Preto, ponto de chegada da Aventura Panamericana. Saimos cedo do hotel e fomos primeiro na Policia Federal por causa dos passaportes e Receita Federal por causa da Cheroka, sem muito problemas conseguimos autorizacao de trafegar com o carro no Brasil, o Sr. Allan J. Soares Jr.(agente importador e aduaneiro) ajudou na documentacao e indicou um escritorio de internet para enviarmos nossos boletins.

Saudades de um bom churrasco.

Saudades de um bom churrasco.

Missão cumprida, eram 11:30am abastecemos a Cheroka e seguimos a Cuiabá, 220 quilômetros de Caceres. Estávamos com muita fome e não resistimos a tentação de saborear um churrasco de verdade, ou diria espeto corrido na Churrascaria do Gaucho, excelente local com um variado buffet e mais de 15 tipos de carnes no espeto. Depois de quase estourar de tanto comer, seguimos caminho a Campo Grande.

Grande congestionamento na pessima estrada cheia de buracos.

Grande congestionamento na pessima estrada cheia de buracos.

No caminho pegamos um enorme congestionamento por causa da reforma e recapamento do asfalto no dificil trajeto com enormes buracos e muito perigo por causa da grande quantidade de caminhoes(epoca de colheita da safra), inclusive varias vezes tivemos a sensacao de estourar os pneus por causa do tamanho dos buracos. Paramos em um posto de gasolina e aproveitamos para dar uma olhada na suspencao e amortecedores, como tirar algumas duvidas de possiveis futuros problemas. Foram varios quilometros de estrada de terra e lama no dia anterior, e claro que a Cheroka estava inteiramente coberta de barro, muito barro, mas o mais importante estava com todas as pecas em funcionamento.

Paramos para checar os estragos do dia anterior.

Paramos para checar os estragos do dia anterior.

Ja era noite e encontramos no caminho a Policia Rodoviaria Federal fiscalizando os documentos, como estavamos em dia com a doumentacao deram permissao para seguirmos viagem, porem pedimos para bater uma foto para nossos arquivos, a equipe de policiais se interessaram pela nossa aventura e ficamos trocando algumas de nossas experiencias ja que um dos policias ja havia recebido treinamento no Peru. Tomamos terere(chimarao gelado) junto com os policiais oque manteve a gente acordado e seguimos viagem.

Reparem na quantidade de barro na Cheroka

Reparem na quantidade de barro na Cheroka

As 11:30pm Rhuppert ja nao resistindo ao cansaco da estrada passou a direcao para mim. Dirigi a noite inteira ate Campo Grande, parei para abastecer e nao aguentei o sono, eram 4:30am estacionei a Cheroka debaixo de algumas arvores e dormi.

Policial Rodoviario Federal, Sr. Anisio, Sr. Favaro, Sr. Murilo e Sr. Pifer garantindo a seguranca nas estradas.

Policial Rodoviario Federal, Sr. Anisio, Sr. Favaro, Sr. Murilo e Sr. Pifer garantindo a seguranca nas estradas.

E-mail para contato rhpprt@cs.com e cell.(001.407.873.7457)

  
  

Publicado por em