Tehuantepec a Tapachula (Mexico) - 508 km - Total 5.859 km

Quase entramos na Guatemala, mas antes um retrospecto da semana no Mexico. Conhecemos lugares maravilhosos como: Novo Laredo(aduana super facil), Monterrey(desertos e animais exoticos), Cidade do Mexico(transito maluco), Acapulco(praias maravilhosas), Pue

  
  

Quase entramos na Guatemala, mas antes um retrospecto da semana no Mexico. Conhecemos lugares maravilhosos como: Novo Laredo(aduana super facil), Monterrey(desertos e animais exoticos), Cidade do Mexico(transito maluco), Acapulco(praias maravilhosas), Puerto Escondido(paraiso perdido, praia de surfistas), Oaxaca(cidade historica e mistica), Monte Alban(ruinas de mais 2.500 anos), Tehuantepec(ventos fortes) e finalmente Tapachula(aduana complicada na Guatemala).

Vista das Ruinas do edificio mais alto

Vista das Ruinas do edificio mais alto

Desde que comecamos a Aventura Panamericana, todos os dias pegamos Sol na estrada, em compensacao a temperatura oscilou entre alguns graus abaixo de zero e quase 40 graus centigradus. Todas as noites dormimos em hoteis com garagem, com excecao de duas noites onde experimentamos os bancos da Cheroka. Descobrimos que no Mexico nao e necessario ter habilitacao para dirigir, os carros nao precisam de placa para trafegar, concluindo o transito e uma bagunca enorme, nao respeitam ninguem e uma verdadeira confusao.

Uma das 4 pequenas pracas com altar de cerimonias

Uma das 4 pequenas pracas com altar de cerimonias

Ja pegamos a sindrome da estrada, parece coisa doida, conversamos com a Cheroka o tempo inteiro, perguntamos como ela esta, desculpamos quando entramos em algum buraco, pedimos para dar forca nas ultrapassagens, damos um trato na parte da manha, realmente ja estou achando que estamos meios malucos, mas a `CHEROKA` sabe que temos muito chao a percorrer ate o Brasil...nao e CHEROKA?????

Na pequena porta entrada do hospital, as pedras esculpidas de figuras humanas

Na pequena porta entrada do hospital, as pedras esculpidas de figuras humanas

Antes de chegar na divisa com a Guatemala pegamos um trajeto de ventos fortes, baixamos a velocidade e finalmente chegamos as 12:00 horas conforme nossos planos, assim fomos para aduana e tratamos de dar baixa nos papeis do Mexico(saida), depois atravessar a ponte e fazer os documentos da Guatemala(entrada). So que ocorreu um probleminha, os aduaneiros da Guatemala, nao aceitaram os papeis da Cherokee e disseram para buscar outros documentos que tratamos de agilizar ali mesmo na fronteira, so que nessa brincadeira perdemos boas horas, quase toda tarde e decidimos ficar dormindo no lado mexicano por seguranca.

Grupo de pessoas meditando e fazendo oracoes.

Grupo de pessoas meditando e fazendo oracoes.

Amanha e acordar cedo novamente e fazer os dois paises(Guatemala e El Salvador). Hoje passamos o dia inteiro na estrada e enrolados com documentos, desta forma pensamos em colocar mais algumas fotos das Ruinas de Monte Alban e da complicada aduana.

Aduana da Guatemala, complicada e muita pobreza.

Aduana da Guatemala, complicada e muita pobreza.

E-mail para contato rhpprt@cs.com

  
  

Publicado por em