Victor Andrade



QUEM SOU?

Sou Victor Andrade, formado em jornalismo e fotógrafo profissional desde 1974 e me dedico a fotografar temas da natureza, além de trabalhar em reportagens para revistas e jornais, fotos industriais e sobre arquitetura.

Meu envolvimento com a fotografia da natureza vem de longa data, mas somente após um tempo é que passei a me dedicar mais a fundo a ela.

A busca da natureza me traz a oportunidade de percorrer espaços abertos, caminhar pela mata, ir em busca de novas paisagens, novas fronteiras e novas aventuras e, claro, fotografá-las. A fotografia em si é, para mim, a atitude mais importante.

Paralelo a meus trabalhos comerciais, realizo ensaios de autor como a "Serra da Mantiqueira", "Chapada Diamantina", "Guarujá Inverno e Verão", "Os Parques Nacionais e a Natureza do Brasil", dentre outros, formando um grande acervo de imagens.

Atualmente, tenho um estúdio no bairro de Vila Madalena, na cidade de São Paulo, SP, Brasil, onde produzo meus trabalhos e administro meu arquivo de cerca de 30.000 fotos.

Site: www.vicfoto.com

PUBLICAÇÕES

Livros

- "Papel de Salto, 110 anos de evolução e tecnologia (1889-1999)", publicado pela Empresa Votorantim de Celulose e Papel e Arjo Wiggins (fotos de Victor Andrade e texto de Anicleide Zequini)

Capa do livro

Capa do livro "Papel de Salto, 110 anos de evolução e tecnologia (1889-1999)"
Foto: Victor Andrade

- "Bahia, Cores e Sentimentos", publicado pela Escrituras Editora, com a colaboração de Maurício Simonetti.

Tenho ainda trabalhos publicados nos livros:
- "Paisagem Cultural Brasileira - Centro Oeste", da KPMG e Editora Terceiro Nome;
- "Pontos Turísticos do Brasil - Embratur", da EPPE
- "Florestas Brasileiras", da Editora Terragraph;
- "Brasil Natureza, Fauna", da Editora Terragraph;
- "Terras Indígenas e Unidades de Conservação da Natureza", do Instituto Sócio Ambiental;
- "Humanidade no Patrimônio Natural Brasileiro", pela Leide Moreira Marketing Cultura.

Revistas Internacionais

- Fórum Hasselblad, da Suécia;
- Pentax Family, do Japão.

Revistas Nacionais

Revista Terra

Revista Terra
Foto: Victor Andrade

- Viaje Mais;
- Revista Terra;
- Off Shore;
- Outdoor Magazine;
- Revista Natureza;
- Revista Turismo Brasil;
- Ponte Aérea;
- Próxima Viagem;
- Horizonte Fotográfico;
- Revista Íris Foto;
- Fotografe Melhor;
- Caminhos da Terra.

Revistas Empresariais

- VCP Notícias, do Grupo Votorantim;
- Revista Integração, do Laboratório Aché;
- Revista da Maxion, Revista Campo Aberto, Perkins em Ação, do Grupo Yoshpe.

EXPOSIÇÕES

Grande parte de minhas imagens já foram expostas em mostras coletivas e individuais, tanto no Brasil como no exterior.

Exposições Individuais

- "O Verão no Guarujá", na cidade do Guarujá, SP, em agosto de 2004 e em janeiro de 2005;
- "Serra da Mantiqueira", na Fine Art - Espaço Cultural Consigo, em março/abril de 2004;
- "Papel de Salto, 110 Anos de Evolução e Tecnologia", no Memorial da América Latina, em São Paulo, SP, e no Museu da Cidade de Salto, SP, ambas em setembro de 1999;
- "A Patagônia", no Espaço Fotográfico 484, em São Paulo, SP, em novembro de 1995;
- "Paisagens de Monte Verde", no Centro Cultural Vergueiro, em São Paulo, SP, em 1988.

Exposições Coletivas

- "A Fotografia Brasileira Contemporânea", coletiva da NAFOTO, no 1° Mês Internacional de Fotografia de São Paulo, no SESC Pompéia, em São Paulo, SP, em maio de 1993;
- "Oceano Fotográfica", mostra coletiva organizada pela Universidade Federal do Rio Grande, RS, exibida posteriormente na ECO92, no Rio de Janeiro, RJ, e itinerando pelo Brasil durante os anos de 1990 e 1991;
- "1° Foto Sudeste", coletiva na Funarte, no Rio de Janeiro, RJ; no Centro Cultural Vergueiro, em São Paulo, SP; e itinerando pelo Brasil durante os anos de 1989 e 1990;
- "Double TRIP", mostra fotográfica no Espaço GEA, em São Paulo, SP, com a participação de Sidão Tenucci, em 1990;
- "A Cidade Onde Vivo", coletiva na 1ª Bienal Internacional de Fotografia de São Paulo, promovida pela Escola Panamericana de Arte, em São Paulo, SP, em 1983;
- "GSP76 - Grande São Paulo", coletiva no Museu de Arte de São Paulo - MASP, em São Paulo, SP, em 1976.

Mostra Internacional

- "Brasil, Terra e Gente - 500 Anos do Descobrimento", coletiva com vários fotógrafos brasileiros, organizada na África, pela Reflexo, Sandro's Gallery, Harare Zimbabwe, em março de 2000; e no Centro Cultural e de Cooperação França-Nairoby, no Kenya, em junho de 2000. Essa mesma exposição itinerou por outros países da África e posteriormente veio ao Brasil, ficando exposta no Metrô Sé, em São Paulo, SP, durante o Mês Internacional de Fotografia, em maio/junho de 2001.

PROJETO EM ANDAMENTO

Projeto Itatiaia

Parque Nacional de Itatiaia

Parque Nacional de Itatiaia
Foto: Victor Andrade

ITATIAIA foi o primeiro parque nacional que visitei, ainda garoto, lá pelos idos dos anos de 1960, levado pelos meus pais em férias com a família. Com orgulho posso afirmar que pouca coisa mudou por lá desde então e muito menos o meu entusiasmo pela natureza e pelas paisagens especiais da serra da Mantiqueira.

A partir dos anos 80 comecei a visitar o parque como fotógrafo, visitas estas que se acentuaram nos anos 90 quando cheguei a percorrer os arredores e trilhas do parque, muitas vezes em duas ou três vezes por ano, sempre munido de uma ou mais câmeras, varias lentes e filmes. E lá estavam as prateleiras, as Agulhas Negras, as trilhas de campos de altitude, as encostas da serra e sua Mata Atlântica, o rio Campo Belo, as cachoeiras, a parte alta e baixa do parque com seus acessos diferentes, flora e fauna, prontos para serem fotografados, como que posando para minhas lentes nas mais diversas luzes e estações do ano, com sol e chuva, vento e gelo. Percorri seus caminhos sozinho, com um ou mais amigos e até com turmas de quinze a trinta pessoas, quando dos trekkings das agencias de turismo ecológico. Sempre eu era brindado com pelo menos uma foto excepcional, era como se o parque sorrisse com a minha presença, pelo menos era o que eu sentia e retribuía registrando e divulgando as suas belezas.

Não foi a toa que após vencer o premio especial do primeiro concurso fotográfico do Parque Nacional de Itatiaia em 2000, eu doasse as fotos ao Parque em agradecimento.

Portanto ao decidir fazer um livro de fotografias não poderia ser outro senão sobre este lugar que completa agora 70 anos de existência como Parque Nacional, o primeiro Parque Nacional brasileiro, um dos mais bonitos do mundo.

Quero com isto homenagear este lugar que abriu meus olhos e sentidos para uma paisagem ainda intocada ou pouco mexida, me despertou o gosto pelo belo, pelo prazer de estar em comunhão com a natureza, caminhar em suas trilhas e registrar seus contornos, enfim, me acolheu como fotógrafo.

Victor Andrade

Colunistas - Fotografia em viagens

O aeroporto de Saint Maarten

O aeroporto de Saint Maarten

Um aeroporto diferente à beira da praia com aviões pousando rasante em cima dos turistas na areia

Um dia em Bocas del Toro

Um dia em Bocas del Toro

Um passeio de um dia e meio no famoso arquipélago panamenho

Vôo maluco para Bocas del Toro

Vôo maluco para Bocas del Toro

No Panamá, um simples vôo para o norte do país ganha o charme de uma aventura inesperada e prazeirosa

Respeito é Bom e todo mundo gosta

Respeito é Bom e todo mundo gosta

Respeitar as pessoas, avisos e os costumes do lugar pode evitar algum aborrecimento

A Foto que eu não fiz

A Foto que eu não fiz

O fotógrafo sempre tem de estar atento e carregar sua camera consigo

São Gonçalo do Rio das Pedras, no coração da estrada Real

São Gonçalo do Rio das Pedras, no coração da estrada Real

Viagem pela estrada Real e suas pequenas cidades, casas e sua paisagem, um hiato no tempo.

Veja todas colunas: Fotografia em viagens