Brasileiros e Brasileiras, Senhores e Senhoras

Nós estamos precisando de educação, de assistência médica pública, de transporte coletivo, de cultura, de respeito à natureza, de moral e de espírito cívico.

  
  
BrasilZÃO.com

- Não seria Brasileiras e Brasileiros, Senhoras e Senhores?
- A ordem dos fatores não altera o produto meu amigo.
- Qual produto? Enlouqueceu? Falo sobre nossos conterrâneos.
- Os Brasileiros e as Brasileiras estão face à uma grande mudança que poderá ocorrer no Brasil. Os representantes da classe média - aquela que paga impostos, que tem como filosofia o "contas a pagar", que é constantemente pressionada pelo Governo seja através de uma lei trabalhista equivocada, injusta, "nojenta", seja pela série de encargos que paga mensal e anualmente; esta comunidade "esquecida" é responsável pela arrecadação de bilhões de reais que são esbanjados por mandatários incompetentes, corruptos, gananciosos e nada humanos.
- Compreendo o seu ponto de vista. Entretanto a Nação está amadurecendo. Boa parte dos eleitores passou a sua mensagem no primeiro turno e estará atenta ao próximo Governo seja ele representado por um Senhor ou uma Senhora. Como está não dá mais. Basta!!!
- Basta sim senhor. Basta sim senhora. Nós estamos precisando de educação, de assistência médica pública, de transporte coletivo, de cultura, de respeito à natureza, de moral e de espírito cívico.

BrasilZÃO.com

- Educação moral e cívica? Isso é coisa do passado. O verdadeiro patriotismo está fora de moda. Para angariar votos basta "empurrar" a população desatenta ao consumo frenético e desenfreado. Vende-se milhões de aparelhos celulares (aparentemente já há praticamente um exemplar por habitante. Que horror !!!). As pessoas se endividaram para comprar carros em 36, 48 ou 72 prestações. Não há critério nenhum e a "bolha" vai estourar com certeza em breve.
- Como reverter esta situação? Às vezes tenho a impressão de que já não há mais saída. O brasileiro e a brasileira são consumidores vorazes, quase analfabetos, incultos, desinteressados pelas realidades de seu próprio País e não se sentem integrados no continente sul-americano, no espírito latino-americano ou na sensação de pertencer a uma Nação que deve estar coesa em seus comportamentos e na sua cultura. Não existe mais o ser Brasileiro.
- Também ando assustado. Nossa imagem no exterior está seriamente comprometida. Na Europa Rica, os brasileiros são vistos como seres do mundo da prostituição ou jogadores de futebol incultos e arrivistas. Nossa política governamental externa comete gafes, umas após as outras: Cuba, Honduras, Irã, Venezuela... Somos "amigos" e "coniventes" com os piores regimes ditatoriais existentes na superfície terrestre.

BrasilZÃO.com

- Eu não ! Não me inclua. Ou "inclua-me fora disso".
- Não adianta espernear meu amigo. Tenho viajado muito e às vezes tenho vergonha de dizer que sou brasileiro. "O filme está queimado".
- Mas nem tudo está perdido. Apesar das enganações, das pesquisas dirigidas, da forçação de barra para que o Poder atual se eternize, boa parte dos brasileiros, e das brasileiras, já não se deixa mais ludibriar. Somos voz ativa e continuaremos lutando para que o Brasil seja um local onde todas as culturas e todas as raças convivam de forma digna e tenham um governo que realmente nos represente.
- Viva o Brasil Multicultural.
- Viva a nossa dignidade. Não nos deixemos ser tratados como tolos!!!!

  
  

Publicado por em