Lá embaixo, a deliciosa Santa Catarina

Urubici-SC – Ué! Vamos falar novamente sobre Santa Catarina! – Sim, senhor! Você daí, longe, no Amazonas, e eu, daqui do outro lado do mundo, na Oceania. O que me fascina e me leva a escrever sobre Santa Catarina é sua incrível diversidade

  
  

Urubici-SC

– Ué! Vamos falar novamente sobre Santa Catarina"!

– Sim, senhor! Você daí, longe, no Amazonas, e eu, daqui do outro lado do mundo, na Oceania. O que me fascina e me leva a escrever sobre Santa Catarina é sua incrível diversidade cultural, além da espetacular quantidade de atrativos naturais e da riqueza e importância de seu calendário de eventos.

Bandeiras de Florianópolis, Brasil e Santa Catarina

– É verdade!

– São tantas as razões que fica difícil, até, enumerá-las. Tem o instigante Sítio Histórico e Arqueológico do Contestado, em Irani; o Museu Histórico de Santa Catarina, em Florianópolis; a marcante presença alemã em Treze Tílias; a sinuosa e estonteante Estrada da Serra do Rio do Rastro... E o mundo rural, então" Todos esses motivos me empolgam a viajar por aquelas paragens... me atiçam o desejo de participar daquelas vidas...

– Como assim"

Museu do Contestado em Irani-SC

Museu Histórico de Santa Catarina, em Florianópolis

– Refiro-me às festas e tradições populares. Vou citar alguns exemplos: em Janeiro, logo no início do ano, ocorre em Imbituba a Festa Nacional do Camarão.

– Que delícia!!!

O Grande Oeste Catarinense reserva belas surpresas

– Acalme-se! Deixe-me falar! Ainda em Janeiro, temos a espetacular festa comemorativa do aniversário de Pomerode, enquanto, no mesmo período, acontece a Festa de Nossa Senhora dos Navegantes, em Laguna. A Procissão Marítima nos leva a refletir seriamente sobre as diferentes manifestações de fé e de religiosidade dos habitantes do Sul do País.

Lages-SC

– Por isso, acredito e concordo com você quando afirma que o turismo cultural pode e deve ser realmente melhor explorado em Santa Catarina. As formas de vida no interior do Estado, as festas pagãs, como o Carnaval de Florianópolis – quando bonecos gigantes dão graça à representação dos hábitos locais –, os campeonatos de esporte e aventura ou o rodeio, que também é realizado em Laguna, todos esses eventos nos proporcionam a oportunidade de degustar um pouquinho da fantástica vida catarinense!

Final de tarde no Vale dos Encantos, Joinville-SCC

– Exatamente!

– Interessante! Mas, me fale um pouco mais sobre os atrativos naturais catarinenses. Afinal, “nem só de praias vivem os habitantes de Santa Catarina”. Estou certo"

Um das poucas praias continentais de Florianópolis

– Certíssimo! Vamos, então, contemplar as águas catarinenses. Há muitas opções de lazer junto ao precioso liquido naquelas terras. Um bom exemplo é o Salto Peperi-Guaçu, junto à fronteira com a Argentina. Um intenso volume de água, que impressiona e encanta os visitantes.

– E o rio Uruguai"

Museu da fazenda do Barreiro em Urupema-SC

Estrada do Rio do Rastro na Serra Catarinense, uma das mais sinuosas do Brasil

- Para quem gosta de ecoturismo e de esportes de natureza, é um verdadeiro achado! Ali se encontra um universo particular voltado à prática de atividades náuticas. Para os mais resistentes, canoagem; aos mais sofisticados, esqui aquático ou jet ski... Mas se você deseja mesmo sentir-se deslumbrado, a pedida é conhecer o Salto do Yucumã.

Detalhe de janela em Treze Tílias-SC

– Onde fica"

– Na semana que vem eu te conto.

– Viajar é bom demais da conta, não é mesmo"

– Sem dúvida! Mas, desde que você esteja devidamente informado sobre o local ou região que pretende visitar, e desde que tenha o verdadeiro espírito aventureiro. Uma alma de viajante!

Santa Catarina foi pioneiro no segmento de turismo rural

– É isso aí! Espírito desbravador! Viva as diferenças!!!

– Viva! E conviva com o multicultural. Na próxima vez, desvendaremos a mais extensa corredeira do mundo e suas quedasd’agua com mais de 10 metros de altura!

– Yucumã!

– Yesssss!

  
  

Publicado por em