Malditos deitados provisoriamente em berço esplêndido

Solidários se juntaram aos parentes das vítimas Indignação expressa nos muros do aeroporto: Aviação brasileira, que vergonha! Em meio a milhares de flores, uma mensagem comovente A Avenida Rube

  
  

'Solidários se juntaram aos parentes das vítimas

'Indignação expressa nos muros do aeroporto: Aviação brasileira, que vergonha!

'Em meio a milhares de flores, uma mensagem comovente

'A Avenida Rubem Berta foi liberada para a manifestação

'A emoção dos familiares das vítimas tomou conta de todos os presentes

'A passeata de cinco quilômetros: um triste episódio no Terceiro Mundo

'Em frente ao imóvel acidentado os manifestantes prestaram suas homenagens

'Flávia Caltabiano: o descaso e a incompetência acabaram com a vida do pai de seus filhos

- País do Futuro, Potência dos Anos 2000, Entrada no Primeiro Mundo, Nação Promissora do Século 21...Quanto blefe!

- Calma, cara! Sobre o que é que está falando" Credo, que mau humor!

'Brasileiros exigem o fechamento definitivo de Congonhas e que sua área se transforme em Parque e Centro Cultural

- Mau humor" Estou profundamente triste, revoltado, com ódio, decepcionado, com vergonha de pertencer a essa nação bastarda... Eu, eu...

- Pare de soluçar. Pare!!!!!! Eu te entendo! Também cansei. Todos nós nos desencantamos ao assistir à podridão, à incompetência, à roubalheira, ao deboche, às mentiras, à irresponsabilidade. E tudo isso em nome do Povo, dessa massa iludida e pouco letrada, sem poder assimilar a maior das falcatruas dos últimos tempos.

- Malditos!!!!

- Acalme-se! Neste Berço Esplêndido, os governantes relaxam e gozam! Os banqueiros achacam o cidadão, as montadoras inundam inutilmente as ruas de veículos e mais veículos, as pontes ficam inacabadas, os túneis desabam, os políticos mentem, os honestos se desesperam... Eduardo Bueno descreve a corrupção e a má-fé neste País desde os tempos do Brasil Colônia!

'Basta!Fora! Malditos!!!!!!

- Sei disso! Pela primeira vez depois de anos, décadas, séculos, tínhamos um pouco de esperanças, após tanto sofrimento! E o que ocorreu" Nos deparamos face a uma malta de covardes, de ladrões que relaxam e ainda nos subestimam, acreditando que somos tolos ou mais ignorantes do que essa corja que tomou conta da Nação: empresários corruptores, políticos safados, população mediocrizada pela mídia televisiva e pelo consumismo feroz... Uma criança morre dilacerada na periferia do Rio de Janeiro e não há comoção nacional! Uma empregada doméstica é agredida por burguesinhos estúpidos e o assunto fica restrito à mídia! Não há mais espírito cívico! Impera a novela das oito, o Big Brother, o passeio no Shopping...

- Pois é! E você, nesses últimos 4 anos, tem vivido literalmente nos ares, dentro de aviões, não é mesmo" Certamente se sente um privilegiado.

- Não! Eu me sinto um panaca, que sempre volta tenso para casa porque não consegue pousar na hora que devia; um babaca que, a cada viagem, tem de esperar durante horas para embarcar ou ficar voando em círculos por longos períodos, antes de ter o “privilégio” de aterrissar num aeroporto onde reina o caos, e, ainda por cima, agradecer aos céus por ter sobrevivido!

- Sei como é, meu caro! Não é fácil!

' Cerca de seis mil pessoas enfrentaram o frio de dez graus durante a passeata

- E, o que é pior: além de viver constantemente aterrorizado, saber que estou colaborando com o enriquecimento de companhias aéreas forasteiras, que surgiram do nada e se orgulham de ser "genuinamente brasileiras"! Companhias aéreas que, cobrando o que cobram pelo bilhete, têm o desplante de oferecer aos passageiros míseras barrinhas de cereais à guisa de refeição, e que desfilam na mídia os seus diretores de nariz empinado por se encontrarem entre as maiores fortunas do Planeta! Como é possível enriquecer de tal maneira e tão rapidamente" Em breve, saberemos... Malditos!!!!!

- Ai, ai! E enquanto essa turma e seus coleguinhas de partido zombam do povo, famílias desesperadas perdem a confiança nas instituições, no ser humano, no governo, na vida... Isso não é justo! Mas, por outro lado, o que podemos fazer"

Senhor Presidente da República: Somos Palhaços" Que País é esse"

- Podemos e devemos nos manifestar, ter espírito cívico, exigir que cedam o Poder a quem tem competência para exercê-lo na verdadeira acepção da palavra, dentro de um princípio democrático verdadeiro. Exigir que nos respeitem; que os mercenários proprietários das companhias aéreas paguem pelo mal que causaram; que os representantes de entidades e de empresas do governo que cuidam do espaço aéreo sejam severamente punidos; que se promovam novas eleições imediatamente; e que o povo não se iluda novamente com falsas promessas. Abaixo os corruptos e incompetentes!

- É isso aí!

- Desejamos ter um “verdadeiro” presidente da República, ministros que trabalhem políticos que não roubem, e paz. Queremos paz!

- Claro! Mas, e aqueles que perderam seus entes queridos"...

- É duro raciocinar nesses momentos! Porém, que esse terrível golpe sofrido os leve a compartilhar do espírito cívico que exige mudanças radicais, já! CHEGA!!!!! Malditos!!!!

  
  

Publicado por em