Paranapiacaba: Neblina e Mistérios

A uma hora de São Paulo, há mais de um século, resiste bravamente às intempéries e ao crescimento desordenado da Grande São Paulo, a pacata e fascinante Vila de Paranapiacaba.

  
  
A influência européia na arquitetura

- Onde se encontra Paranapiacaba ?

- A uma hora de São Paulo, há mais de um século, resiste bravamente às intempéries e ao crescimento desordenado da Grande São Paulo, a pacata e fascinante Vila de Paranapiacaba. A Companhia Inglesa de Trem, São Paulo Railway, criou a localidade que hoje é patrimônio histórico e encontra-se preservada graças ao esquecimento após a decadência e morte prematura da Rede Ferroviária em terras brasileiras.
A antiga Estação do Alto da Serra, futura Paranapiacaba, surgiu em 1874 naqueles tempos em que tudo era longe e a natureza encontrava-se praticamente intacta. Porém, apesar dos desconfortos causados pelo progresso e o crescimento demográfico, a Vila continua cercada de florestas por todos os lados onde está presente a exuberante Mata Atlântica na Serra do Mar. Em 1945 passou a denominar-se estação de Paranapiacaba até então chamada Estação do Alto da Serra.

Estudantes desfrutam do final de semana

- Conte-me sobre o seu passeio que neste domingo, relatou, iniciou em meio a cerração fechada que confere ares escoceses ao pequeno conglomerado com características britânicas. Em Paranapiacaba encontra-se um pequeno Big Ben, réplica do famoso relógio londrino, estou certo ?

- O relógio tem efetivamente suas características de arquitetura inglesa porém não é espelhado no Big Ben de Londres. Ele apresenta-se majestoso no pátio ferroviário onde jazem carros e vagões que estão apodrecendo ao relento. É triste, é nostálgico e comovente. Temos a impressão que o Poder Público não está sensível para salvaguardar as belezas de Paranapiacaba. Poderíamos ter tão próximo de São Paulo um local de excelência turística onde pulsa o passado recente que é um grande atrativo para os viajantes e visitantes da região Metropolitana da Capital Paulista.

- Você conheceu o Museu do Funicular ? Nesse espaço cultural encontra-se uma exposição de objetos de uso ferroviário além de documentos que comprovam a existência e vida de trabalho de antigos funcionários da extinta Companhia Ferroviária. A Igreja Matriz, singela, domina a paisagem do alto de um morro e faz par com o Museu do Castelo, popularmente chamado de Castelinho, que era a residência do Engenheiro Chefe, responsável pelo "sobre e desce" do trem na Serra do Mar. Outra edificação que merece ser admirada é o Clube União Lira Serrano que surgiu na década de 30. Em seu interior encontra-se a sala de troféus para os vencedores das modalidades esportivas que ocorriam na época.

Já o antigo mercado construído em 1899 é hoje um Centro Multicultural e abrigo onde as crianças se reúnem para brincar quando a chuva é hospedada em dias frios e nebulosos. Vale ressaltar a Casa dos Engenheiros, a Casa Fox e a Casa dos Solteiros com características próprias da arquitetura de Paranapiacaba.

Resumindo: não deixe de visitar a Vila de Paranapiacaba, de participar de seu Festival de Inverno e, por que não, festejar o seu Natal por lá.

Lembranças de outrora
Mão de obra na ferrovia
  
  

Publicado por em

Sandra regina cordeiro

Sandra regina cordeiro

05/01/2011 10:41:31
Sou estudante do curso técnico de guia de turismo da ETC FERNANDO PRESTES e fizemos um passeio à Paranapiacaba há um ano.Sentimos exatamente isso, descaso por parte do poder público, descaso total!
Mas Paranapiacaba tem potencial turístico, sim!!!
Adoramos ver a neblina chegando pontualmente ao final da tarde msio "sinistra"...Misteriosa!
A casa do engenheiro...muito bacana!
Eu, como guia de turismo, gostaria de contribuir para o desenvolvimento de Paranapiacaba e sua divulgação!
Moro em Porto Feliz atualmente, mas sou paulistana com muito orgulho!