Primavera – cenário para falcatruadores

Primavera é um distrito que pertence a Rosana, última cidade no extremo sudoeste do Estado de São Paulo

  
  

Primavera – cenário para falcatruadores

Religiosidade e crença na região de Rosana

- Gostaria muito que, dessa vez, você falasse sobre Primavera que é um destino tranqüilo e bonito do Município de Rosana.

Esforços para respeitar a natureza

- Espere. Tenho algumas informações diferenciadas, tanto sobre Primavera quanto sobre Rosana. Você sabe onde se encontram estas localidades?

- No Estado de São Paulo, próximo ao Mato Grosso do Sul e Paraná. Está na região administrativa de Presidente Prudente. Existe, nesse Distrito, um grande esforço feito para conscientizar os habitantes quanto à importância do reflorestamento e do respeito à natureza tendo em vista os múltiplos exemplos de devastação já ocorridos nos estados vizinhos, em terras paranaenses e sul mato-grossenses. Todos nós sabemos que as maiores reservas de araucárias já não se encontram mais no Paraná. É necessário ir a Campos do Jordão para se ter uma idéia do que fora outrora a belíssima região dos pinhões.

Arquitetura arrojada no interior paulista

- E do lado de cá, em terras paulistas, temos consciência da fúria devastadora que assola a região do Cerrado. Porém há algo pior nisso tudo.

Mensagem importante aos habitantes de Primavera

- O que seria ainda mais nefasto do que o desaparecimento de espécies nativas, vegetais e animais de nosso querido Sudeste Brasileiro?

Paz e harmonia na igreja católica<br />

- Vou ler para você o que encontrei hoje na internet e ficará certamente pasmo quanto às ações desenvolvidas para prejudicar os brasileiros e, no caso especifico o Município de Rosana e o Distrito de Primavera. Me entristece alertá-lo quanto a esses assuntos que, infelizmente, assolam toda a Nação Brasileira:

“Campo Grande (MS) - A Diretoria Geral da Polícia Civil (DGPC) colaborou com as polícias do Estado de São Paulo e Federal no cumprimento de mandados de busca e apreensão e de prisões, solicitados por uma carta precatória itinerante do judiciário paulista da comarca de Rosana (SP).

Delicadeza e fé em Primavera

Segundo o delegado da Polícia Civil (PC) e Diretor Geral do DGPC, Fernando de Paula Lousada, “a operação foi feita de forma excelente em parceria. Uma vez que constantemente nos deslocamos para outros estados de posse de uma Carta Precatória Itinerante, e o judiciário do estado nos fornecer toda a estrutura aos nossos policiais, para que possamos solucionar as ocorrências criminais de Mato Grosso do Sul”.

A Operação Mexilhão Dourado, iniciada nesta manhã (6), cumpre 47 mandados de prisão e 65 de busca e apreensão. Em Mato Grosso do Sul, os mandados estão sendo cumpridos em São Gabriel do Oeste, Três Lagoas e na Capital.

Além dos municípios de Mato Grosso do Sul, Gramado (RS), Presidente Prudente, Colina, Rosana e seu Distrito Primavera (SP), têm envolvidos na operação. Entre eles estão ex-prefeitos, vereadores, empresários e comerciantes, acusados de participar de uma quadrilha que comandava um esquema de fraudes na Prefeitura de Rosana, no interior de São Paulo.

O Rio Paranapanema, tesouro líquido

A polícia já prendeu pelo menos 20 acusados hoje. Dois são de Campo Grande, acusados de participar de fraudes em concorrências públicas, peculato, corrupção e formação de quadrilha. O grupo teria faturado R$ 35 milhões em dois anos com irregularidades em licitações públicas”.

- Nossa. Veja como somos inocentes. Quando passei por Rosana e por Primavera fiquei extremamente satisfeito ao conhecer mais uma região do Brasil onde, aparentemente, se vive de maneira tranqüila e saudável. Confesso que estas notícias me entristecem. Devemos nos unir a fim de lutar contra estes movimentos e estas atitudes que ainda prevalecem por todo o País. Certamente o nosso movimento de divulgar e difundir o que o Brasil tem de bom, aos poucos, irá tomando conta do espírito de uma parte importante da camada da população. Desenvolvemos um trabalho de formiga, porém, atingiremos o nosso objetivo: Respeito ao Brasil, Respeito à cultura e, sobretudo, Respeito ao próximo.

- Por isso não consigo esquecer o que vi por aquelas bandas. A vista é maravilhosa. No Distrito de Primavera prestei atenção no “falar” dos pássaros, nas placas de sinalização, nos feitos do ser humano que incluem facilidades para o nosso bem-estar. Certamente nem todos fazem parte desse movimento maléfico de desvio de verbas destinadas à comunidade. Por isso, repito, fico chocado ao constatar que um pequeno grupo de pessoas consegue fazer tanto mal a tanta gente. Passo então a minha mensagem para todos aqueles que nos lêem. Visite Rosana e descubra o delicioso Distrito de Primavera. No verão, no outono, no inverno ou... na primavera!!!

  
  

Publicado por em

Poliane Correia Ines

Poliane Correia Ines

08/05/2009 09:01:00
Bom eu moro em Primavera e acho essa cidade maravilhosa pra morar pois é calma e bonita .Aqui em Primavera não existe roubo nem outras coisas que faz a população viver e fazer o "Mal".