Rio de Janeiro e a Cidade do Samba

Fora da Sapucaí, a magia do carnaval carioca continua viva nos barracões.

  
  
BrasilZÃO.com

- São interessantes e intrigantes estes personagens carnavalescos.
Onde se encontram? Você os fotografou durante o Carnaval?

- Recentemente fui ao Rio de Janeiro e conheci a Cidade do Samba. Trata-se de uma realização da Prefeitura do Rio do Janeiro onde estão concentradas – e apresentadas aos visitantes – obras realizadas através do imaginário humano para a maior festa popular brasileira que ocorre em terras fluminenses, no solo carioca e mais precisamente, no Sambódromo.

- Existem outros Sambódromos no Brasil?

- Sim Senhor. Deixe-me inicialmente comentar sobre o sambódromo do Rio de Janeiro. Cerca de 80 mil pessoas se acomodam para assistir, em um percurso de 700 metros de extensão, as manifestações coloridas, alegres, geniais e sempre inovadoras das 14 escolas de samba cariocas. Já na Cidade do Samba, o conjunto composto de 14 barracões com pé direito altíssimo (7,5 metros de altura) e um espaço generoso de 114 mil metros quadrados, você se extasia ao percorrer o “Solo Sagrado do Samba” que se encontra na junção dos bairros Santo Cristo, Gamboa e Saúde.

- Agora responda à minha pergunta: há sambódromos em outras cidades brasileiras?

BrasilZÃO.com

- O Sambódromo do Rio de Janeiro encontra-se na Rua Marquês de Sapucaí. Foi inaugurado em 1984. O projeto é do arquiteto Oscar Niemeyer e o espaço foi criado e projetado para acolher o desfile organizado pela Liga de Escolas de Samba do Rio de Janeiro, a Liesc. São Paulo também tem o Sambódromo do Anhembi e a capital amazonense festeja na Praça do Sambódromo de Manaus.

- Sambódromos, Samba... Posso ler para você as informações que obtive sobre os principais tipos de samba?

- Pode sim. Depois vamos falar sobre o surgimento e a evolução do Carnaval.

- Vamos lá: “o Samba-enredo surge no Rio de Janeiro durante a década de 1930. O tema está ligado ao assunto que a escola de samba escolhe para o ano do desfile. Geralmente segue temas sociais ou culturais. Ele que define toda a coreografia e cenografia utilizada no desfile da escola de samba.
Samba de partido alto: Com letras improvisadas, falam sobre a realidade dos morros e das regiões mais carentes. É o estilo dos grandes mestres do samba. Os compositores de partido alto mais conhecidos são: Moreira da Silva, Martinho da Vila e Zeca Pagodinho.

BrasilZÃO.com

Pagode: Nasceu na cidade do Rio de Janeiro, na década de 1970, e ganhou as rádios e pistas de dança na década seguinte. Tem um ritmo repetitivo e utiliza instrumentos de percussão e sons eletrônicos. Espalhou-se rapidamente pelo Brasil, graças às letras simples e românticas. Os principais grupos são: Fundo de Quintal, Negritude Jr., Só Pra Contrariar, Raça Negra, Katinguelê, Patrulha do Samba, Pique Novo, Travessos, Art Popular.
Samba-canção: Surge na década de 1920, com ritmos lentos e letras sentimentais, românticas. Exemplo: Ai, Ioiô (1929), de Luís Peixoto.
Samba carnavalesco: Marchinhas e Sambas feitos para dançar e cantar nos bailes carnavalescos. Exemplo: Abre alas, Apaga a vela, Aurora, Balancê, Cabeleira do Zezé, Bandeira Branca, Chiquita Bacana, Colombina, Cidade Maravilhosa entre outras.

Samba-exaltação: Com letras nacionalistas, ressaltando as maravilhas do Brasil, com acompanhamento de orquestra. Exemplo: Aquarela do Brasil, de Ary Barroso gravada em 1939 por Francisco Alves.

BrasilZÃO.com

Samba de breque: Este estilo tem momentos de paradas rápidas, onde o cantor pode incluir comentários, muitos deles em tom critico ou humorístico. Um dos mestres deste estilo é Moreira da Silva.
Samba de gafieira: Foi criado na década de 1940 e tem acompanhamento de orquestra. Rápido e muito forte na parte instrumental, é muito usado nas danças de salão.
Sambalanço: Surgiu na década de 1950 em boates de São Paulo e Rio de Janeiro. Recebeu uma grande influência do jazz. Um dos mais significativos representantes do sambalanço é Jorge Bem Jor, que mistura também elementos de outros estilos.
- Excelente. Espero revê-lo então no dia 2 de dezembro, Dia Nacional do Samba para dar um giro e descobrir o bom samba existente na capital.

- Qual capital? Rio de Janeiro, São Paulo ou Salvador?

  
  

Publicado por em

Nate

Nate

11/08/2010 05:42:11
queria ir