Rio de Janeiro, um desafio para Eduardo Paes

  
  

- Você tem ido ao Rio de Janeiro?

Arte popular em telha de cerâmica

- Sim! Graças à produção fotográfica que estamos realizando para registrar o acervo arquitetônico e cultural da Cidade Maravilhosa, tenho tido o privilégio de descobrir os encantos em rincões perdidos, em becos de vilas operárias, em fachadas de edificações imponentes e em detalhes dos imóveis de época, embora o Rio não tenha sido objeto de cuidado verdadeiro por parte das administrações locais nas últimas décadas.

Corpo de Bombeiros. Brava gente, brasileiros que trabalham para socorrer o próximo

- É verdade. Mas algo está mudando. E para o bem! Soube que a Zona Portuária e o Centro antigo da capital fluminense serão revitalizados. Recentemente o prefeito Eduardo Paes solicitou a verba necessária para as obras junto ao Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo o que, certamente, beneficiará essa região esquecida e abandonada, que poderá ser transformada em um pólo cultural, comercial e turístico de alta relevância, como ocorreu em Buenos Aires (Porto Madero) e Belém do Pará (Estação das Docas).

Porta artística do Mosteiro de São Bento

- Tomara que dê certo e que, finalmente, o Rio de Janeiro recupere o seu brilho e o seu glamour. Os atrativos são muitos, e comenta-se que de 2010 a 2013 a maior feira de negócios do mundo do futebol acontecerá também em terras cariocas.

Despacho, macumba, um ritual de vingança

- Excelente, não é mesmo? É impossível não amar esta admirável metrópole, porém há muito por ser feito, pois o estrago ocorrido é muito grande. Será que tem solução?

Melancolia no cemitério. Bairro do Caju

- Se depender do atual prefeito, Eduardo Paes, algo de muito positivo ocorrerá e beneficiará os habitantes, os visitantes e os turistas, que desejam, todos, usufruir da Baía da Guanabara, da Capital Imperial, ao conviver com a alma carioca e os cenários exuberantes que a natureza ofereceu aos fluminenses. Diz o Prefeito: "Por um longo período, vivemos uma espécie de romantismo social. Em nome de resolver determinadas questões, a política fluminense foi aceitando a convivência com a irregularidade, com a ilegalidade. Mas o que era apresentado como alternativa para os mais pobres foi descambando para a marginalidade. A desordem no Rio de Janeiro passou a ser endêmica, e hoje se manifesta das mais variadas formas".

5.º Batalhão de Policia, uma edificação histórica

- É um raciocínio lúcido e lógico, de alguém que está finalmente decidido a colaborar e exigir que o dia-a-dia dos cariocas melhore e volte à normalidade.

- Deixe-me continuar lendo para você o que foi publicado nas páginas amarelas da Revista Veja de 20 de maio de 2009. Se Eduardo Paes mantiver a sua palavra, se conseguir realmente realizar o que propõe e pretende, em breve o Rio se transformará no principal Pólo Cultural e Turístico da América Latina. Posso continuar lendo?

- Pode.

Bairro da Urca – Fortaleza e história do Brasil

- "Nossa meta é que o Rio tenha um papel de cidade global do Cone Sul. Ou seja, que se torne um centro de tomadas de decisões, como sede de grandes empresas. Para que atinjamos esse objetivo, o Rio precisa aprimorar a sua rede de comunicações e de transporte e tornar-se um centro difusor de conhecimento no Brasil e na América do Sul." Ele afirma ainda: "Quero que o Rio seja a cidade dos pós-graduados, dos doutores. Outro aspecto é investir em atividades econômicas que respondem hoje por uma parcela importante do PIB mundial: entretenimento, turismo, lazer, cultura, moda, design e esporte".

Casa de Banho deDom João VI – patrimônio histórico

- Mas como ele atingirá essas metas? O projeto me parece ambicioso e a tarefa quase que impossível.

- Não creio que seja impossível. E por isso torço pelo Rio de Janeiro e espero que Eduardo Paes não volte atrás em seus propósitos. Para chegar ao alvo, o prefeito ainda comenta: "Há um conjunto de práticas que podem ser usadas como exemplo: Nova Iorque, o caso de maior sucesso no mundo de restabelecimento de ordem urbana; Bogotá, que superou o problema da criminalidade extrema; e Barcelona, que aproveitou de maneira extraordinária a realização dos Jogos Olímpicos de 1992”.

Cortiço e invasão no bairro da Lapa

- Vamos então parabenizar o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e torcer para que ele vença a corrente contra, supere as dificuldades e as burocracias e, histórica e heroicamente, restabeleça a cidadania na mais bela cidade das Américas.

- É isso aí!

  
  

Publicado por em

DAIANE

DAIANE

10/04/2014 16:28:51
EU TENHO NOJÓ SÓ DE VER ESSA PALAVRA MACUMBA

CARLLITO JOSE

CARLLITO JOSE

01/03/2011 00:50:10
OBRIGADO POR DEFENDER O NOSSO BAIRRO (CAJU)POIS ESTAMOS
ABANDONADO HA MUITO TEMPO ,ENTREGUE AS BARATAS E RATOS
VIVENDO COMO PORCO COMENDO LAVAGEM E RESPIRANDO POLUIÇAO,TOMANDO BANHO DE AGUA DE CHUVA,RESTO NAÕ PRECISA FALAR POR QUE JÁ ESTAMOS JUNTO DELE.(CEMITERIO)

Maria de Fátima

Maria de Fátima

24/05/2010 17:04:09
Sou gaúcha, mas amo o Rio de Janeiro assim como o meu Rio Grande do Sul. Concordo plenamente contigo quando dizes que é a cidade mais linda das Américas e torço muito para que o poder público possa deixar essa cidade MARAVILHOSA para se visitar e viver.

Augusto

Augusto

15/07/2009 23:32:41
Silvana. Havia um penis cortado e manchas vermelhas simulando sangue( veja com olho critico a foto) . Macumba nao e' religiao. Se formos falar de religiao (umbanda, candomble', budismo entre tantas outras) ai sim poderemos discutir a questao de tolerancia ou nao.O que nao e' o caso nesse artigo, se o entendi bem. Seria interessante ler os seus argumentos. Abracos, Augusto.

Silvania gomes

Silvania gomes

13/06/2009 17:32:30
Despacho, macumba, vingança, tem alguma ponta de intolerância religiosa neste comentário ou estou enganada? Quem disse que trata-se de vingança ou algo do mal? Vc. se esqueceu de mencionar o diabo...