Salvador e os Guardiões do Pelourinho

O patrimônio arquitetônico-cultural desconhecido dos próprios baianos

  
  

Salvador e os Guardiões do Pelourinho

- Às vezes fico imaginando o quanto sua vida é dinâmica. Viaja sem parar, conhece novas pessoas, visita lugares inusitados e pouco a pouco vai desvendando os mistérios de nosso país. Você tem amigos?

Alimento para todos em Salvador: um sonho possível?

- Tenho, inúmeros. Por quê?

O patrimônio arquitetônico-cultural desconhecido dos próprios baianos

- Porque acredito que seja quase que impossível dar continuidade aos relacionamentos distantes, encontros fortuitos, em momentos raros, pois você está sempre ausente nessa dinâmica frenética de viagens incessantes.

- Dinâmica frenética? Engano seu. Por onde passo levo saudades, recordações, sonhos e desejos de novas realizações. Em Salvador, por exemplo...

Falar de amor em Itapuã...

- Vários foram os seus projetos para a capital baiana. Cito alguns: o guia turístico e cultural de Salvador, a ação “Guardiões do Pelourinho”, a divulgação da Santa Casa de Misericórdia... Eram, pelo que realizo, idéias, apenas idéias sem continuidade ou concretização, estou correto?

Forte de São Marcelo

- Não, não está. Adoro Salvador. Sinto-me feliz – e às vezes frustrado e triste – quando percorro as ruas tortuosas do Pelourinho e constato que tudo é muito difícil lá por cima, no nosso querido Nordeste. Mesmo assim, tenho boas novidades.

- Ah, que bom. Já o vi criticar o Carnaval de Salvador, reclamar do desdém que os soteropolitanos têm para com o seu patrimônio histórico, denunciar o mau gosto das edificações modernas dos bairros periféricos e sem expressão arquitetônica. Criticar o aspecto visual da orla marítima; enfim, que notícias positivas você tem para nós?

Elevador Lacerda

- Ontem, no final do dia, ao conversar com um Diretor da Bahiatursa – orgão estadual responsável pela divulgação e incremento do turismo em todo o Estado – soube que finalmente, ações concretas vão ser tomadas para amenizar, direcionar e melhorar a vida dos meninos de rua que permanecem sem rumo naquele local espetacular que, por ordem de Dom João III, Rei de Portugal, tornou-se uma cidade - fortaleza denominada São Salvador.

A religiosidade na Bahia

- Adoraria ter o poder de entrar no túnel do tempo e assim assistir à chegada da caravela que trazia o primeiro Governador Geral do Brasil – Tomé de Souza - em 1549. Certamente a Baía de Todos os Santos era um local idílico, natureza virgem, águas límpas e praias imaculadas. Do Porto da Barra iniciou a história dessa imponente, gloriosa, bela e maltratada capital brasileira... Naqueles tempos, se encontrava nas redondesas o Arraial do Pereira: pequeno núcleo urbano em pleno território Tupinambá, a nação indígena daquelas terras.

Farol da Barra, testemunho da história baiana

- Acorda sô!!! Volte ao presente. Falemos dos Guardiões do Pelourinho. Qual é a sua idéia?

A influência africana nos ritos

- A minha idéia é simples embora complexa. Cerca de 30 meninos vivem soltos pelas ruelas do centro histórico. São boas pessoas, seres ágeis, inteligentes e inoportunos. Têm como único meio de sobrevivência a mendicância, o roubo, o assédio inadequado aos turistas e passantes. Sempre acreditei que, com boa vontade e através de uma ação verdadeiramente humanitária, o problema seria resolvido ao contar com essas crianças para acolher dignamente os visitantes, recepcioná-los, em uma oportunidade de serem úteis à comunidade e, finalmente, estarem inseridos de maneira real no quotidiano cívico do bairro.

Tradição e negritude

- Compreendo. Mas onde está a dificuldade? Por que você não leva adiante pra valer essa idéia? Isso não é somente um projeto. A meu ver é uma missão, uma obrigação!

Festividade religiosa – o sincretismo

- Pois é meu amigo. Voltando a citar a minha mencionada conversa com Paulo Guaranys, ressalto que, finalmente, as autoridades locais deram ouvidos aos gritos de alarme e ecos para levar adiante a possibilidade de oferecer, devolver, e propiciar dignidade e orgulho a esses meninos e meninas de rua.

Lazer no quotidiano dos soteropolitanos<br />

- Lembra-se daquele pequeno engraxate que relatou sua experiência de fuga de Aracajú para Salvador, dentro da boléia de um caminhão? –“Moço, eu sou um homem sofrido. Tenho só 9 anos, deixei o meu passado lá no Sergipe e sonho seguir para São Paulo onde poderei ficar rico...”

Manifestações folclóricas em Salvador

- É triste, não é mesmo? O amadurecimento precoce dessa criança, vítima de uma sociedade injusta, ignorante, arrogante e omissa nos faz encontrar uma leva de desajustados por todo o país. Por isso fiquei muito feliz com a notícia de que no próximo dia 31 de outubro, poderemos enfim, dar continuidade à concretização desta possibilidade real de contribuir para o bem estar dos futuros Guardiões do Pelourinho.

  
  

Publicado por em

Marcele

Marcele

26/8/2013 19:15:10
A pesquisa foi boa, mas não achei o que queria

Jamillyja

Jamillyja

6/3/2009 09:09:56
Nossa!!!! que lugar lindo! com tantas belezas naturais e arquitetonicas ficamos ate sem saber onde olhar.. Oxente que lugar arretado sô!

Raquelly

Raquelly

15/2/2009 10:40:22
salvador e uma cidade muito linda acho que eu vou passa carnaval ai

Rosangela Vilela

Rosangela Vilela

1/12/2008 14:05:32
Salvador me encanta sempre, minha experiência é de muita energia , de um povo de garra, lutador e que defende muito a sua cidade. E isto admiro muito.O que me entristece é o descaso com um lugar de tanta história e atrativos.E de tanta influencia para todos os brasileiros em sua cultura e comportamento.E lembremos que Salvador é uma cidade de grande importância no Turismo do Brasil, porque tudo se iniciou por lá. O nosso Brasil se fez conhecido turísticamente,por Salvador junto com o Rio de Janeiro.É um marco grande para o Turismo no Brasil.E assim outras cidades brasileiras se fizeram também conhecidas.Moro em Maceió, que se enquadra também como umas das capitais mais bonitas do Brasil, com suas belas praias e também temos problemas semelhantes de descaso com o patrimônio natural, cultural e histórico,mas o governo estadual juntamente com o municipal estão empenhados para mudar este perfil.Mas o trabalho é grande, envolvendo também a qualificação profissional que também é de muita importância...
Rosangela Vilela - Bacharela em Turismo -Pós-Graduada em Administrração do Turismo.

Marcia Pinho

Marcia Pinho

27/11/2008 20:28:49
Cheguei de Salvador e Morro de São Paulo ontem. Adorei tudo que vi. O povo bainhano é educado e amável. O Pelô é lindo, seus tambores emocionam.Desejo que nunca chegue aí a guerra que temos aqui no Rio de Janeiro.Voltarei outras vezes!

Olimpia

Olimpia

27/11/2008 15:35:28
Sou guia de turismo, e fico muito feliz por saber que tem gente querendo cuidar de gente que este projeto Guardiões do Pelourinho siga para frente e de a estes pequenos pelo menos a oportunidade para serem melhores atualmente moro em BH e Salvador é tudo de bom para o turista mas será que é tudo de bom para a comunidade?

CELESTE AIDA GESTEIRA PAIVA

CELESTE AIDA GESTEIRA PAIVA

25/11/2008 20:20:45
SOU BAIANA, MORO NO RIO, E ATE HOJE FICO LOUCA PRA VOLTAR A BAHIA. MAS INFELIZMENTE ESTA SITUAÇAO JA VIROU FONTE DE RENDA DE POLITICOS E OUTROS...AINDA EM SALVADOR EXISTE MUITO PRECONCEITO..CREIO QUE DEVERIA HAVER UMA COLABORAÇÃO DO PROPRIO POVO BAIANO, DA SOCIEDADE.

Claudia Ribeiro

Claudia Ribeiro

23/11/2008 14:37:43
Como brasileira, por vezes, me sinto envergonhada por toda esta situacao, onde governantes e sociedade dao as costas para um problema tao grave como este, deixando desamparados e aniquilando sonhos de milhares de criancas e adolescentes. Opino por projetos sociais serios para controle de natalidade e recolhimento destes menores, porem um recolhimento a lares especializados, onde possam ser dado uma vida digna, com educacao, cultura, lazer, amor e felicidade. Por outro lado, embora tenha ideias, nao sei como implementa-las e nem como ajudar. Nao sao divulgados meios de participacao da sociedade para a cooperacao de problemas cronicos como este.
Amo Salvador e todo o Nordeste, mas a miseria me assusta, incomoda e me choca. Vivo no Rio, onde a miseria praticamente nao existe como em outros locais do pais, pois aqui pelo menos existe o que comer, pela generosidade do povo, conforme pesquisa feita pelo proprio Fantastico. Porem sou de opiniao de que mais importante do que dar o peixe, e ensinar a pescar. Gostaria de ensinar muita gente a pescar, mas sinceramente, nao sei por onde comecar!

Pedro Alves da Silva

Pedro Alves da Silva

22/11/2008 15:56:25
As fotografias de Diego Gazola renovam as imagens que tenho de Salvador na mente, parabéns por tanta inspiração.Tomara que o social seja mais lembrado tão somente na Bahia mas em todo o Nordeste onde encontramos tantos jovens sonhadores, em busca de uma chance de inclusão.Oxalá os deuses afros inspirem nossos governantes para apoiarem e transformarem os necessitados jovens em guardiões do nosso patrimônio cultural.PedroA.Silva Radialista DRT2731 Juazeiro-Bahia

Valderez kruger borges

Valderez kruger borges

22/11/2008 14:20:07
Sou guia de turismo, ainda não conheco, muitos lugares deste lindo Brasil, mas ainda poderei conhecer, acho muito importante para meu aprendizado, todas são ótimas mas está de Salvador foi muito bem elaborada, até nas fotos,salvo todas, estão de parabéns!!!!

Fábio Ávila

Fábio Ávila

Obrigado Valderez, continue viajando conosco!
Talita

Talita

20/11/2008 11:09:20
EU AMO A BAHIA!!!!!!!!!!
MOREI 2 ANOS EM PORTO SEGURO!! E 1 ANO ENTRE ITACARÉ E SALVADOR, TO LOUCA PRA VOLTAR!!!!!!!!!!!!!!
BAHIA QUE NÃO ME SAI DO PENSAMENTO.....

Juliana de carvalho Rocha

Juliana de carvalho Rocha

19/11/2008 15:45:10
Também sou formada em Turismo e gostaria muito de trabalhar na área e de preferencia em Salvador...Meu grande sonho é conhecer essa terra cheia de encantos...

Fábio Ávila

Fábio Ávila

Olá Juliana, onde você atualmente? Talvez possamos colaborar com o seu sonho. Explique melhor.
Derly Garcia Veloso

Derly Garcia Veloso

19/11/2008 10:33:32
Salvador,Rio de janeiro,Recife e outras cidades maravilhosas é mais bonito que muitos Países, mas infelizmente a população brasileira não dá valor as belezas locais(naturais e culturais).Fora o governo que não se preocupa com infra-estrutura, mão de obra qualificada e insentivo turístico...
Bacharel em Turismo /Pos Graduanda em Gestão Estratégica de Recursos Humano.

LUCAS AGRA PIMENTEL

LUCAS AGRA PIMENTEL

18/11/2008 19:20:48
O Povo baiano é cheio de carinho, hospitalidade, cultura...são tantos os valores desse povo sofrido, que mesmo na pior das situações, seguem com um sorriso largo no rosto. O problema é a administração pública, a ausencia dos orgãos de fiscalização. A última VT saiu o ranking de diversos setores do turismo...e incrivelmente o estado da Bahia ficou em segundo lugar como sendo o segundo melhor estado para o tuirmso...isso se deve a cultura baiana e aos atrativos naturais dessa terra...se tivessemos mão-de-obra qualificada seria o melhor lugar do mundo para o turismo...enfim ABS LUCAS AGRA PIMENTEL - ADMINISTRADOR/ TÉCNICO EM TURISMO E BACHARELANDO EM TURISMO

Maria atarcilia da silva

Maria atarcilia da silva

18/11/2008 19:05:40
achei lindo essas fotos me manda nome e dicas de pousadas e e reservas

Fábio Ávila

Fábio Ávila

Olá Maria, segue dois locais com valores distintos porém fantasticos: 1) www.lavillabahia.com 2) www.pflores.com.br