El Calafate - Glaciar Perito Moreno

Noite mal dormida !!! Acordamos 8:30 h , tomamos banho e nem fizemos café no camping. Queríamos sair daquele local rapidamente, afinal de contas não foi o melhor camping onde ficamos. Os banheiros eram sujos e apertados e a água nem estava quente pela man

  
  

Noite mal dormida !!!
Acordamos 8:30 h , tomamos banho e nem fizemos café no camping. Queríamos sair daquele local rapidamente, afinal de contas não foi o melhor camping onde ficamos. Os banheiros eram sujos e apertados e a água nem estava quente pela manhã.
Comemos algo na cidade, aliás compramos no supermercado pães e bifes de diferentes tipos como milanesa, parmegiana e tortilha de batata com ovos ,sucos e fomos para o carro, pé na estrada, almoçar e tomar café da manhã tudo junto, pois já era quase meio dia.
O Glaciar Perito Moreno fica a 90 km da cidade e o trajeto foi percorrido em estrada de asfalto até uma parte. Os 30 km finais são de rípio. Pagamos 20 pesos por cabeça para ter acesso ao parque (cachorros não pagam !!!) e pudemos ver uma das mais lindas paisagens dessa viagem. O local tem uma estrutura para receber turistas do mundo inteiro com mapas , guias , lanchonete, passarelas de acesso aos melhores pontos de observação (aliás, únicos pontos de observação a não ser pelo) , tudo muito velho e desgastado, precisando de uma reforminha urgente.
A vista é linda e a temperatura, por conta do vento que vem do gelo é bem baixa, obrigando-nos a tirar os casacos mais pesados das malas, juntamente com luvas e cachecóis. Tiramos muitas fotos e ficamos esperando que os pedaços da geleira despencassem sobre os lagos causando enormes estrondos com sua ruptura. Descobrimos que existem `caçadores de geleiras` que ficam esperando por horas com máquinas fotográficas e filmadoras esses momentos de ruptura dos glaciares para registrar esses acontecimentos. Presenciamos ,em algumas horas , vários pequenos blocos caindo sobre a água e ficamos impressionados com os estrondos produzidos pelo acontecimento.
Retornamos a cidade e descobrimos haver um vazamento no tanque de combustível da Land. Lá vamos nós de novo atrás de um mecânico. Dessa vez um que fizesse um serviço de solda no tanque. Já eram 19:00 h e o carro ficou por lá com promessa de conserto para as 22 h. Fomos para outro camping , por indicação do mecânico , próximo a polícia local , bem melhor que o anterior , nos instalamos e fomos comprar `cordeiro` para mais um churrasquinho noturno.
Carne temperada ,cervejas geladas , pães , uma saladinha de repolho (perigosa para quem dome em locais apertados como barracas !!!) e `listo` - tudo certo.
Foi delicioso !!!
O tempero , apesar do pouco tempo , ficou no ponto.
Ficamos todos `alegrinhos` com as cervejas e falamos alto e demos muita risada até a chegada do mecânico com a Land. Isso já eram mais de 23:00 h. O Espanhol (mecânico) aceitou uns pedaços de cordeiro e de pão , pegou com as mãos sujas de graxa e tinta, resmungou algo que não entendemos (sobre o ponto da carne) , pediu o pagamento dele e foi embora.
O Beto armou a barraca na capota da Land , o Nilton foi tomar um banho para tirar o `defumado` da churrasqueira e cama para todo mundo.

  
  

Publicado por em