Não viajou? Fotografe os parques da sua cidade!

Os parques reúnem muitos atrativos que merecem ser fotografados: belas paisagens, pássaros coloridos, árvores, flores... gente bonita e saudável!

  
  
Entardecer no Parque do Ibirapuera, São Paulo - SP / Dados da foto: ISO 100, F5.6, 1/250s

Julho! Férias escolares! Tempo de pegar o carro, ou avião, e viajar para bem longe de casa e curtir novas emoções...
Mas nem todo mundo faz isso! Algumas pessoas tiram férias em outras épocas do ano. Outras pessoas estão em férias, mas não podem viajar agora e permanecem na cidade!
Pois esse período possibilita realizar diversos passeios que seriam até mesmo estressantes em outras épocas.
Adoro a cidade no período de férias! Diminuem os carros nas ruas, o trânsito flui melhor, é mais fácil chegar a qualquer lugar!
Esse é o momento de explorar os parques de sua cidade.
Imagino que toda cidade tem parques, praças e outras áreas verdes que abrigam uma infinidade de belas paisagens e seres vivos muito interessantes!
Nesse texto vou me referir ao Parque do Ibirapuera, mas as oportunidades fotográficas mencionadas certamente existem em outras áreas verdes semelhantes!

O que fotografar?

Tenho especial interesse por fotografia de natureza, sejam fotografias macro (de coisas pequenas), sejam fotografias de paisagens.
Juntamente com o Jardim Botânico, o Parque do Ibirapuera é um dos locais que oferece melhores oportunidades para a fotografia de natureza na cidade de São Paulo.

Entardecer no Parque do Ibirapuera, São Paulo - SP / Dados da foto: ISO 100, F6.3, 1/640s

Existem atrativos que merecem ser fotografados em todo o parque! Desde o nascer do sol até o anoitecer, cada raio de luz ilumina detalhes da natureza que possuem rara beleza.
A neblina da manhã cria efeitos muito interessantes entre as árvores, que deixam passar apenas alguns raios de luz por suas copas.
O lago abriga em suas margens uma grande quantidade de cisnes, irerês, garças, mergulhões e outras aves aquáticas de grande beleza. Além dessas, pode-se encontrar beija-flores, bem-te-vis, sabiás, gaviões, pica-paus e muitas outras.
As frondosas árvores que margeiam as alamedas impressionam por suas formas grandiosas, troncos com formas e texturas muito interessantes. As flores podem ser encontradas o ano todo, principalmente no Viveiro Manequinho Lopes.
É possível visitar o Parque do Ibirapuera todos os fins de semana com o objetivo de fotografar natureza, encontrando paisagens e situações completamente diferentes a cada vez!
Por fim, o entardecer na ponte sobre o Lago do Ibirapuera é inesquecível! Certamente é um dos meus locais preferidos para fotografar! Vale a pena conhecer!
As fotos a seguir foram feitas em vários passeios, em diferentes estações ao longo do ano.

*Paisagem

Amanhecer no lago do Parque do Ibirapuera, São Paulo - SP / Dados da foto: ISO 100, F4.5, 1/640s

Muitas vezes caminhamos olhando apenas o que está logo à frente, tomando cuidado para não tropeçar ou cair em buracos.
Isso é importante para evitar acidentes, mas pode nos levar a perder belíssimas paisagens ao nosso redor!
Ao passear no parque procure estar atento aos pequenos detalhes e também à paisagem que o cerca!
Especialmente no entardecer e amanhecer busque o Sol!
Procure luzes, sombras, reflexos, elementos interessantes no horizonte...
Valorize o céu e as nuvens, ou a ausência delas!
Tente registrar os elementos representativos do local em que você está: estátuas, monumentos, fontes...
Fotos desse tipo são um "mapa" que indica a localização de elementos interessantes que serão fotografados mais de perto.
Elas mostram onde você esteve!

*Pessoas

Não me sinto a vontade ao fotografar pessoas que não conheço, ainda mais se isso for feito de maneira “não combinada”. Por essa razão tenho poucas imagens desse tema.
Algumas vezes, em passeios fotográficos, meus amigos registram todo e qualquer indivíduo “interessante” que encontram no caminho. Não costumo fazer esse tipo de foto, pois parece que estou invadindo a privacidade do outro.
Quando pessoas fazem parte de uma cena interessante e a foto não mostrará seu rosto, ou isso ocorrerá de forma pouco evidente, procuro fazer a fotografia sem incomodar, discretamente.
O respeito ao próximo é essencial em todos os momentos!

Pessoas praticando esportes no Parque do Ibirapuera, São Paulo - SP / Dados da foto: ISO 100, F4.5, 1/160s
Garota contemplando o lago no Parque do Ibirapuera, São Paulo - SP / Dados da foto: ISO 100, F5.0, 1/250s
Homem contemplando o lago no Parque do Ibirapuera, São Paulo - SP / Dados da foto: ISO 200, F4.5, 1/200s

Ainda assim, esse é um tema que agrada muita gente! Essas fotos ajudam a representar o local visitado, seu público e as atividades que ali ocorrem.

*Flores

Jardim florido, multicolorido, no Parque do Ibirapuera, São Paulo - SP / Dados da foto: ISO 80, F3.5, 1/80s

As flores são relativamente fáceis de fotografar, pois não fogem como as aves e outros animais. Elas são encontradas nos jardins dos parques, nas árvores... crescendo em todo lugar.
Não é preciso nenhuma lente especial para fotografá-las. Câmeras compactas usadas da forma correta produzem imagens maravilhosas. Algumas de minhas fotos foram feitas com uma Canon Powershot S5IS, outras com uma Canon A510.
As flores estão ali, paradas, esperando! Aproveite essa situação e planeje a sua foto. Dê a volta ao redor da flor, escolha a posição em que o fundo é mais agradável.
Observe a direção da luz. Busque uma posição em que as cores e formas da flor sejam valorizadas pela iluminação.
Caso você queira fotografar detalhes da flor, configure sua câmera para a função MACRO (geralmente indicada por uma florzinha). Esse recurso possibilita que você aproxime a câmera do objeto a ser fotografado, obtendo foco em uma distância que em outras regulagens não é possível.
Fotografe o jardim e a seguir se aproxime de uma das flores para fotografar seus detalhes!

Jardim florido no Parque do Ibirapuera, São Paulo - SP / Dados da foto: ISO 200, F5.0, 1/200s
Flor cor de laranja no Parque do Ibirapuera, São Paulo - SP / Dados da foto: ISO 200, F5.0, 1/200s
Flor de Margarida no Parque do Ibirapuera, São Paulo - SP / Dados da foto: ISO 200, F2.5, 1/2000s
Flor de Strelitzia no Parque do Ibirapuera, São Paulo - SP / Dados da foto: ISO 100, F2.8, 1/500s

Experimente! Varie a composição! Fotografe em diferentes posições!
Analise o resultado de cada foto! Aprenda com cada clique!

* Árvores

Geralmente olhamos para elas de longe ou caminhamos em sua sombra sem prestar atenção em seus detalhes.
Nos parques, por serem plantadas de forma planejada e margeando alamedas, elas costumam apresentar belas formações muito fotogênicas.
Preste atenção aos canteiros e na disposição das árvores.
Afaste-se delas e busque padrões em sua distribuição. Você poderá fazer algumas fotos bastante interessantes.
Por outro lado, aproxime-se delas e observe a textura de seus troncos. Elas formam desenhos abstratos muito bonitos.
Por fim, olhe para cima! Observe a trama de galhos dirigindo-se em direção ao Sol! Eles crescem sinuosamente, formando belos desenhos.
Deite-se no chão, sob uma árvore, e passe um tempo contemplando... Fotografe os raios de luz passando por entre as folhas.

Silhueta de árvore no Parque do Ibirapuera, São Paulo - SP / Dados da foto: ISO 200, F5.5, 1/250s
Fila de árvores no Parque do Ibirapuera, São Paulo - SP / Dados da foto: ISO 200, F4.0, 1/50s
Casca de árvore no Parque do Ibirapuera, São Paulo - SP / Dados da foto: ISO 200, F4.0, 1/200s
Galhos de árvore no Parque do Ibirapuera, São Paulo - SP / Dados da foto: ISO 100, F5.6, 1/60s

*Animais

Ao contrário das flores, os animais costumam fugir quando nos aproximamos deles para fotografá-los.
Para driblar essa situação é preciso tomar alguns cuidados, evitando movimentos bruscos e ruídos.
Os passarinhos, menores e mais ariscos, costumam ficar "de olho no fotógrafo", fugindo assim que a distância fica aquém de sua zona de conforto.
Cisnes e outras grandes aves típicas de parques geralmente associam o ser humano com comida, pois grande número de visitantes joga pedaços de pão e bolacha para eles. Isso é proibido!
Fotografar animais geralmente exige que o tempo de exposição seja menor, pois eles se movem!
Isso significa que você deve regular o obturador para uma maior velocidade, evitando fotos tremidas.
Apesar da maior dificuldade, fotografar animais pode ser bastante gratificante devido ao seu comportamento.
Procure variar o enquadramento, fazendo fotos de detalhes do animal ou de suas ações.
Esteja atento à possibilidade de encontrar filhotes, pois eles sempre geram fotos "simpáticas"!

Cisne branco no lago do Parque do Ibirapuera, São Paulo - SP / Dados da foto: ISO 400, F4.5, 1/1600s
Detalhe de um cisne branco no lago do Parque do Ibirapuera, São Paulo - SP / Dados da foto: ISO 200, F5.0, 1/320s
Cisne negro com filhote no lago do Parque do Ibirapuera, São Paulo - SP / Dados da foto: ISO 200, F5.6, 1/640s
Reflexo de um cisne negro no lago do Parque do Ibirapuera, São Paulo - SP / Dados da foto: ISO 400, F5.0, 1/160s

Fotografe tudo!
Registre os vários momentos de seu passeio!
Ao observar as fotos mais tarde você perceberá que um dia no parque pode ser muito gratificante!
Bons passeios e boas fotos!
Um grande abraço.
Carlos Eduardo Godoy.
www.cecgodoy.pro.br
www.twitter.com/cecgodoy

  
  

Publicado por em

Rene

Rene

09/08/2010 15:17:24
Oi Carlos, você saberia de alguma legislação que trate de fotografias feitas no no Jardim Botanico ou no Jardim Zoologico, visto trtarem-se de parques "fechados"?

Carlos Eduardo Godoy

Carlos Eduardo Godoy

Oi Rene, Boa tarde. Cada parque tem suas normas em relação a esse tema. Sugiro que entre em contato com a administração de cada um deles. Abraços. Carlos Eduardo.
Fernanda

Fernanda

28/07/2010 09:44:42
Essas fotos são simples e ao mesmo tempo lindas!!quem observa a natureza sempre encontra paisagens exuberantes..sou fascinada pela natureza. O seu trabalho ficou ótimo,parabéns!!!

Carlos Eduardo Godoy

Carlos Eduardo Godoy

Oi Fernanda. Muito obrigado pela visita e comentários. Abraços. Carlos Eduardo.
Jonatan

Jonatan

13/07/2010 12:11:19
Você usa algum tipo de filtro para fotografar nas várias horas do dia?

Carlos Eduardo Godoy

Carlos Eduardo Godoy

Oi Jonatan. Boa tarde. Sim, dependendo da altura e intensidade do Sol eu costumo utilizar um filtro polarizador ou um filtro UV. Abraços. Carlos Eduardo.
Sona

Sona

11/07/2010 21:28:28
Achei a ideia maravilhosa!

Carlos Eduardo Godoy

Carlos Eduardo Godoy

Oi. Boa noite. Que bom que gostou da idéia! Então pegue a câmera, aproveite o inverno com belos finais de tarde e faça fotos maravilhosas. Abraços. Carlos Eduardo.
Marcial rosa de Oliveira

Marcial rosa de Oliveira

11/07/2010 10:04:08
Parabens!! Lindas fotos,adoro fotografar paisagens tambem;

Carlos Eduardo Godoy

Carlos Eduardo Godoy

Oi Marcial. Boa noite! Muito obrigado pela visita! Boas fotos! Abraços. Carlos Eduardo.
JOÃO

JOÃO

10/07/2010 22:33:58
Fotografar parques é uma boa sugestão. O problema é que na minha cidade não tem parque e as praças são diminutas. Salvam-se os arredores pois para uma cidade de 100 mil habitantes, a natureza está próxima e fácil de ser fotografada sem perda de muito tempo. Aí está mais uma sugestão: descubra os encantos dos arredores de sua cidade. A natureza agradece.

Carlos Eduardo Godoy

Carlos Eduardo Godoy

Oi João. Boa noite. Até mesmo em pequenos jardins é possível encontrar grande quantidade de flores e pequenos animais para fotografar! Explore todos os recantos e praças de sua cidade. Tenho certeza de que não se arrependerá! Abraços. Carlos Eduardo.
Ana Maria Araujo

Ana Maria Araujo

10/07/2010 21:47:28
Carlos, que ideia maravilhosa, vc. fez o endoturismo. Prática que deveria ser incentivada principalmente com crianças e jovens, conhecer sua propria cidade como se fosse um turista.Para as cidades de vocação turistica seria importante que fizesse parte do programa escolar a Educação para o turismo

Carlos Eduardo Godoy

Carlos Eduardo Godoy

Oi Ana Maria. Boa noite. Gostei da definição! Concordo com suas idéias. Geralmente pensamos em viajar para conhecer novos locais quando muitas vezes ainda não conhecemos a própria cidade. Abraços. Carlos Eduardo.
Silma

Silma

09/07/2010 14:08:22
Ótima, sua sugestão.
E é sempre tão prazeroso fazer esses passeios e registros!
Obrigada

Carlos Eduardo Godoy

Carlos Eduardo Godoy

Oi Silma. Boa tarde. Aproveite o belo céu azul e sol do fim de tarde... Boas fotos! Abraços. Carlos Eduardo.
ESTEVAO VIANNA / TEODOLINA

ESTEVAO VIANNA / TEODOLINA

08/07/2010 19:13:19
acho lindo. adoro fotografar flores e paisagens.
amanhã mesmo, vou ao centro de minha cidade acesit/timóteo MG, para fotografar os ipês-rocho, que estão floridos na praça prrimeiro de maio.hoje estive lá de tarde.estavam mais que lindos. só flores.
estevao vianna

Carlos Eduardo Godoy

Carlos Eduardo Godoy

Oi Estevão. Boa tarde! Obrigado pela visita! Os ipês realmente são lindos. Aproveite a oportunidade. Boas fotos! Abraços. Carlos Eduardo.
Heloise Martins

Heloise Martins

08/07/2010 00:09:37
Estou achando esses boletins ótimos!
E as foto belíssimas.
Parabéns e obrigada por dividir informações!

Carlos Eduardo Godoy

Carlos Eduardo Godoy

Oi Heloise, Bom dia. Muito obrigado pela visita e pelos comentários. Volte sempre! Semanalmente publicaremos novos boletins! Abraços. Carlos Eduardo.
R.Mian

R.Mian

07/07/2010 06:30:56
Lindas as fotos . Realmente não podemos deixar de fotografar , por que depois de algum tempo quando olhamos as fotos , elas nos ajudam a recordar de muitos detalhes daquele dia .

Carlos Eduardo Godoy

Carlos Eduardo Godoy

Oi R.Mian. Bom dia. Concordo com você! Agradeço pela visita. Abraços. Carlos Eduardo.
Luciana broggini

Luciana broggini

06/07/2010 19:36:03
Adorei as fotos Carlos, está de parabéns! fiz um curso recentemente e gosto + de paisagens.....tem uma que fiz que ficou bem parecida com a sua....abraços e continue enviando seus cliques

Carlos Eduardo Godoy

Carlos Eduardo Godoy

Oi Luciana. Boa noite. Muito obrigado pela visita e pelos comentários! Abraços. Carlos Eduardo.