Bélgica e Holanda

Deixamos a França e seguimos para a Bélgica...foram 367km de Paris à Bruxelas

  
  
Grace e DD

Deixamos a França e seguimos para a Bélgica...foram 367km de Paris à Bruxelas, onde nos encontramos com a Família Renier (amigos da Grace). Foi muito legal rever a DD (Audrey) e passar alguns dias com ela e sua família.

Na primeira noite ficamos em casa batendo papo e matando um pouco a saudades, o que foi muito gostoso! No dia seguinte, fomos conhecer Bruxelas com nossa ‘guia’ DD. Antes de irmos ao centro, caminhamos por uma região muito bonita beirando um rio e também fomos conhecer a sede escoteira onde a DD é chefe. Seguimos de metrô (muito limpo e organizado) para conhecermos um pouco da ‘Cidade Baixa’.

‘Manneken Pis’

A ‘Grand Place’ é impressionante! O ‘Hotel de Ville’, com sua grande torre predomina porém, os prédios ao redor do pátio central (do início do século XVIII) com incríveis esculturas esculpidas em suas fachadas, fazem da ‘Grand Place’ o lugar fascinante que é. Depois vimos a famosa estátua ‘Manneken Pis’ (do menino fazendo xixi), que relata a lenda do herói de Bruxelas...Seguimos nosso tour para a ‘Cidade Alta’ onde vimos a Catedral, o Palácio Real e o Palácio da Justiça dentre outros marcos da cidade.

Tivemos que experimentar o famoso ‘snack’ da Bélgica, a tradicional ‘batata no cone’ com sua escolha de molhos tal como tártaro, curry, maionese e outros mais exóticos...yum yum, muito bom! Depois fomos levados pela DD a um bar bem tradicional de Bruxelas chamado ‘Mort Subite’ onde você tem a variedade entre centenas de cervejas diferentes para escolher. Os Belgas levam sua cerveja bem a sério e cada uma é servida no seu copo específico, cada qual com seu formato diferente e com o nome da cerveja gravado no copo. Tivemos tempo apenas para experimentar uma ou duas mas foi muito bom. Porém se fosse pelo Rob nós ficaríamos lá por uma semana! Pelo outro lado, tentamos convencer a Miriam a experimentar uma cerveja Belga mas ela preferiu uma opção mais saudável...

'Mort Subite'

À noite, saímos para jantar e depois recebemos um tour ‘Bruxelas by Night’ super completo, o que nos deu mais uma visão de quão bonita é Bruxelas. No dia seguinte nos despedimos da Família Renier, pois infelizmente estava na hora de seguir adiante para Amsterdã. Nossa estadia em Bruxelas foi maravilhosa devido aos ótimos anfitriões que tivemos. Muito Obrigado por tudo Francis, Bernadete, DD e Gregory!

Já na Holanda

Mais uma ‘fronteira’ e logo estávamos na Holanda, chegando em Amsterdã. Nunca vimos tantas bicicletas! Alguém dirigindo um carro é um ‘pobre coitado’ quando comparado às milhares de bicicletas que rodeiam a cidade e que tem preferência em todos os cruzamentos! Coisa de louco mesmo...bicicletas por toda parte com direito a estacionamento de vários andares, estilo ‘shopping center’, muito engraçado para não dizer doido, para nós que não estamos nada stumados com isso.

Passeamos pela cidade brevemente de carro e logo fomos procurar um camping nos arredores. Optamos pelo camping perto do aeroporto e a noite fomos conhecer Amsterdã e a famosa ‘zona da luz vermelha’, o que nos chocou bastante! O fato de ser um lugar super turístico do jeito que é, você vê crianças, idosos, famílias e jovens percorrendo todas as ruas ‘naturalmente’. A região é rodeada com as ‘mulheres de programa’ fazendo seu trabalho legalmente e muitas drogas sendo oferecidas. Em nossa opinião, a beleza de Amsterdã propriamente dita, com seus canais e diversas ilhas é confundida e/ou perdida devido a tudo isso que ocorre. Saímos da ‘zona vermelha’ e fomos comer uma pizza, onde conversamos bastante sobre tudo isso. Cada um de nós com nossas visões e opiniões mas com certeza levou a um bom debate e fez com que pensássemos em várias coisas...

Despedida da Miriam

Na manhã seguinte, às 5:00am estávamos no aeroporto de Amsterdã, e nos despedimos da Miriam, que estava a caminho de volta para São Paulo. Valeu Mi por passar esse tempo conosco e participar do ‘Challenging Your Dreams’. Foi muito legal ter você aqui durante este período!

Ficamos mais uma noite em Amsterdã e depois partimos rumo à Alemanha...antes de nos aventurarmos para Escandinávia.

  
  

Publicado por em