Do Colorado ao Grand Canyon

Os Garcias nos emprestaram sua cabana em Colorado Springs . . . a mordomia continuará!

  
  
A cabana

Os Garcias nos emprestaram sua cabana em Colorado Springs . . . a mordomia continuará! Foi incrível, pois apenas passaríamos alguns dias ali, mas em menos de uma hora parecia que estávamos morando lá a mais de um mês, pois tiramos praticamente tudo do carro . . . a cabana tornou-se nosso ‘lar’.

A cabana é linda e fica em um lugar super gostoso e tranqüilo. Durante nossa estadia, aproveitamos ao máximo o fato de termos uma cozinha completa e até fizemos ‘brownies’, ‘biscuits’ e o Rob também se divertiu com um cardápio mais incrementado.

Em Colorado, visitamos ‘Garden of the Gods’, um parque repleto de rochas avermelhadas, ideais para escalar e fazer caminhadas. A Grace adora esse lugar (ela já havia estado lá durante seu ano em Kansas) e foi bom poder estar lá durante nossa viagem. Fizemos umas caminhadas e brincamos um pouco de escalar . . . foi bem divertido! Fomos também conhecer o ‘Centro Olímpico’ e passamos pelo ‘Old Colorado’.

As rochas avermelhadas

Além da diversão, conseguimos resolver o probleminha que tínhamos com o guincho e também tivemos que fazer ajustes com nosso fogareiro, para conseguirmos usar o propano. Por sorte encontramos com o Mike, que trabalha com carros importados, e ele nos apresentou para um senhor que fez uma adaptação na nossa mangueira, e assim apenas tivemos que comprar um bujão novo. Estávamos prontos para muitas refeições mais. . .

Nossa estadia em Colorado teve que ser prorrogada, pois esquecemos todos nossos documentos em Dodge City. Falamos com a Tia e ela nos enviou pelo correio . . . chegaram inteiros e então estávamos ‘livres’ para prosseguir.

Pois é . . . estava na hora de deixar nosso ‘lar temporário’ de lado e seguir na estrada. Mais uma vez queremos agradecer aos Garcias pela gentileza, sua amizade e por nos proporcionar ótimos dias em Colorado.

Nós e as rochas

Tendo passado pelo deserto do Arizona, depois de um longo dia de viagem, chegamos ao tão esperado Grand Canyon, que não nos decepcionou nem um pouco!

Optamos por visitar o ‘North Rim’, e ao chegarmos lá, no final da tarde, fomos logo apreciar esta grandeza natural. As cores das rochas, os raios de luz do pôr-do-sol e a floresta aos redores tornaram aquele momento fantástico! Tiramos algumas fotos e caminhamos um pouco, beirando o canyon, apenas respirando o ar puro e simplesmente pensando “Estamos no Grand Canyon!”

Fomos buscar um lugar para acampar e descobrimos que todos os ‘campsites’ estavam lotados . . . percorremos os ‘sites’ perguntando se alguém estava disposto a dividir o espaço conosco. Tivemos sorte e logo a barraca estava montada e estávamos cozinhando nosso jantar.

Rob apreciando o Grand Canyon

Acordamos cheios de energia e prontos para explorar a região. Resolvemos fazer uma caminhada de uns 15km – ‘North Kaibab Trail’, que descia o canyon até um ponto chamado ‘Roaring Springs’. Infelizmente não chegamos até o Rio Colorado, mas a sensação de estarmos caminhando dentre o canyon era única.

Enquanto caminhávamos, nossos pensamentos rolavam soltos e muita coisa passava na nossa mente. . . mesmo uma terapia.

A descida foi bem mais tranqüila que à volta, mas mesmo assim a caminhada foi ótima. Paramos no mirante ‘Cococino’ onde a vista era espetacular. Terminamos exaustos, mas super contentes e se pudéssemos, faríamos outras trilhas também. Infelizmente tínhamos que seguir adiante então subimos na Land Rover e ‘pé na estrada’ a caminho de Las Vegas.

Mirante 'Cococino'

Uma coisa é certa, um dia voltaremos para o Grand Canyon e faremos a travessia do ‘North Rim’ ao ‘South Rim’, que consiste em um trekking de uns cinco dias, passando pelo Rio Colorado, quem sabe até poderemos incluir um ‘rafting’. Que tal? Quem topa?

  
  

Publicado por em