Bonito II – Rio da Prata

A sensação de estar debaixo d’água, observando tudo a sua frente nitidamente, com peixes nadando em sua direção a todo o momento é algo incrível.

  
  

Mais um dia bem ativo, que começou logo cedo. Após “levantar acampamento” fomos ao Rio da Prata novamente onde, dessa vez, ficamos praticamente o dia todo curtindo o rio e as surpresas subaquáticas. A sensação de estar debaixo d’água, observando tudo a sua frente nitidamente, com peixes nadando em sua direção a todo o momento é algo incrível. Curtimos muito mesmo, não só o tempo descendo o rio, mas a caminhada pela mata também. Toda a equipe do Rio da Prata é sensacional e fomos super bem atendidos e recebidos por todos. Nosso muito obrigado ao Marcelo, a Keyty e todo o pessoal! Valeu!

Nitidez total!
São muitos e de todas as cores!

No final do dia, fomos ao Buraco das Araras, sabendo que estávamos correndo contra o tempo e a luz, mas de qualquer forma, conseguimos tirar algumas fotos e acima de tudo conhecer o lugar e a beleza das araras que ali habitam e reproduzem. Tivemos sorte e pudemos participar de uma apresentação que estava sendo feita pela Renata, uma amante das araras, que está fazendo um estudo/trabalho sobre elas. Foi bem legal e muito interessante.

Challenging Your Dreams
Challenging Your Dreams
Challenging Your Dreams
Challenging Your Dreams

Dia seguinte, mais aventura, dessa vez no Hotel Cabanas. Fizemos um circuito bacana de arvorismo e depois uma descida de bóia-cross pelo rio. Fomos também conhecer o Balneário Municipal e acabamos almoçando por lá. De tarde foi mais tranqüilo, então aproveitamos para passear pela cidade e depois trabalhar um pouco no hostel.

A Gruta do Lago Azul

Bonito tem como um de seus cartões postais a Gruta do Lago Azul, e lá fomos nós conhecê-la. Nosso guia Artur foi excepcional e nossa visita bem legal. A gruta é mesmo linda e o tom do azul da água é surpreendente. Haviam nos falado tanto da “escadaria” na volta, mas não foi tão ruim assim! Sem dúvida vale a pena o sacrifício para conhecer esse lugar extraordinário.

No final do dia fomos fazer o treinamento para o rapel no Abismo Anhumas e experimentar nossa roupa para o mergulho dentro da caverna que visitaríamos no dia seguinte. . .

  
  

Publicado por em