Campos Gerais do Paraná

Feliz Aniversário, Rob!

  
  
O Rodrigo e a Patrícia nos receberam super bem!

Seguimos a caminho de Ponta Grossa e quando estávamos chegando à cidade recebemos um telefonema do Rodrigo convidando-nos para passar alguns dias com ele e sua esposa Patricia. Aceitamos o convite e veio bem a calhar, pois não parava de chover! Eles nos receberam super bem e ficamos batendo papo até tarde da noite.

No dia seguinte, tivemos sorte com o tempo (já estava na hora!) e junto com o Leandro (amigo do Rodrigo) que conhece muito bem a região, visitamos cachoeiras e furnas. Nosso primeiro destino foi o famoso Buraco do Padre. A cachoeira estava super cheia e tivemos que atravessar o rio com água até a cintura para chegarmos. O próprio Leandro disse que nunca tinha visto com tanta água, mas mesmo assim, o lugar é bem bonito e valeu à pena a travessia.

Paramos em um barzinho local e para matar a sede tomamos uma “gasosa de abacaxi” e depois a dona do bar, muito simpática e falante, preparou um x-salada para nós. Renovados, seguimos a caminho das Furnas Gêmeas, que são menos conhecidas, mas muito bonitas também.

Nossa próxima parada foi a Cachoeira da Mariquinha. Fizemos uma pequena caminhada pela mata e chegamos à base - que vista incrível! Nos refrescamos na piscina natural e voltamos pelo outro lado, acompanhando o desfiladeiro, de onde conseguíamos avistar o Parque Vila Velha à distância. Foi um dia muito legal, porém cansativo, e nada melhor que um bom churrasco para finalizar.

Lugares deslumbrantes

No dia seguinte, descansados, fomos visitar o Parque Estadual de Vila Velha e vimos os famosos arenitos. Tentamos visitar a Lagoa Dourada, mas devido às chuvas não foi possível o acesso. Conhecemos as imensas furnas do parque, que impressionam bastante, mas infelizmente não foi possível descer pelo elevador. Foi uma pena, pois a sensação de estar dentro da furna e sentir a mudança de clima ao descer é uma experiência única.

Estava na hora de seguir viagem então, nos despedimos de nossos amigos e fomos em direção ao Cânion Guartelá. Super obrigada por tudo Rodrigo e Patricia, passamos dias maravilhosos com vocês. Valeu!

Lavando a alma!
Formações curiosas
É água que não acaba mais

Chegando à entrada do parque, resolvemos fazer a caminhada de 4,5 km até a borda do cânion. A vista é deslumbrante e, apesar da volta ser só subida, vale à pena! Depois seguimos para Prudentópolis onde exploramos algumas cachoeiras da região. A que mais nos chamou a atenção foi o Salto São João, que após uma breve caminhada chega-se ao topo. Mais uma vez, ficamos pasmos com a vista e a queda de 84m, além do grande volume de água! Conversamos um pouco com a família proprietária, descendentes Ucranianos, que ficaram muito felizes em nos receber, pois esta região é pouco conhecida.

Feliz Aniversário, Rob!

Para comemorar o aniversário do Rob, a Grace preparou um café da manhã caprichado com direito a panquecas, ovos fritos e até pão de mel com velinhas. Foi bem divertido e o sol colaborou, pois estava um dia lindo! Feliz Aniversário Rob!

Antes de chegarmos a Curitiba, fomos conhecer a cidade histórica da Lapa. Passeamos pelas ruelas e praças bem preservadas e aprendemos um pouco sobre seu rico passado. Apesar de sua história, é um lugar bem sereno que transmite muita paz e tranqüilidade.

  
  

Publicado por em