Domingos Martins e Pedra Azul

Nossa próxima parada foi a Pedra Azul, em Domingos Martins. Mais uma vez ficamos surpresos com a estrutura e as pousadas pitorescas.

  
  

Deixamos o Parque Nacional do Caparaó e logo estávamos no Espírito Santo.

Chegando à Venda Nova do Imigrante tivemos uma agradável surpresa ao descobrir sobre o Agroturismo da região. Não perdemos tempo e fomos logo conhecer algumas fazendas e suas iguarias. Nossa primeira parada foi para ver o artesanato e alguns quitutes da Cláudia e Tia Cila.

Challenging Your Dreams

Descobrimos também o grande potencial dessa região com a quantidade de plantações de café, a maioria com qualidade para exportação. Fomos atrás do Museu do Café, mas infelizmente estava fechado. Porém, tivemos sorte e conhecemos a Cooperativa ProNova onde fomos muito bem recebidos e aprendemos muito sobre o café, desde os grãos às técnicas de aprovação. O Rob se empolgou e deu uma de degustador profissional . . . e até que não se deu mal!

Seguimos nosso passeio para uma fazenda famosa pelos seus antepastos, especialmente o de berinjela. Provamos de tudo um pouco e saímos de lá com algumas “lembrancinhas” que foram saboreadas durante os próximos dias.

Challenging Your Dreams

Visitamos muitas outras fazendas, dentre elas a Carnielli onde provamos alguns queijos e o tradicional socol (uma espécie de salame) da região. Conversamos bastante com a senhora que nos atendeu, muito simpática, e ela até nos ajudou a encontrar lugar para acampar naquela noite.

Nossa próxima parada foi a Pedra Azul, em Domingos Martins. Mais uma vez ficamos surpresos com a estrutura e as pousadas pitorescas. Infelizmente elas estavam fora do nosso budget, fica para uma próxima oportunidade. De qualquer maneira percorremos a Rota do Lagarto de carro e depois, apesar do tempo estar nublado e um pouco chuvoso fomos fazer a caminhada dentro do Parque Estadual. O parque é muito bem estruturado, os passeios são feitos com guias do parque e, além disso, têm um material de divulgação muito bom. Pena que mais parques não oferecem o mesmo!

Enfim, devido ao mau tempo não pudemos chegar até as piscinas e sim apenas até a base da pedra, mas mesmo assim foi um passeio bem legal que valeu a pena. Sem dúvida a Pedra Azul e sua região nos surpreenderam e deixaram boas lembranças.

  
  

Publicado por em