Urubici e São Joaquim

Deixamos Floripa para trás, passamos pelo Parque Estadual da Serra do Tabuleiro e seguimos para Braço do Norte onde iniciamos a subida pela Serra do Corvo Branco.

  
  
Donos do Mundo!

Deixamos Floripa para trás, passamos pelo Parque Estadual da Serra do Tabuleiro e seguimos para Braço do Norte onde iniciamos a subida pela Serra do Corvo Branco. Logo nos encantamos com o visual e paramos para fotografar e filmar, aproveitando também para fazer um lanche.

Quando estávamos chegando à cidade de Urubici tivemos uma grande surpresa - encontramos uns amigos de Brusque e acabamos ficando uma noite com eles. Conhecemos o Vale e a Pedra da Águia com a ajuda do nosso guia Pedro. Fizemos um pouco da trilha até os Campos, mas como estava bem ruim, resolvemos dar meia volta e não arriscar. A paisagem é linda e a trilha acompanhando o rio com as araucárias em volta torna tudo ainda mais bonito. Muito obrigado por tudo Cátia, Pedro, Valentine e Aroldo. Adoramos o tempo, apesar de curto, que passamos juntos.

Parada para o lanche
Hi Lift please!
Um pintura ou uma verdade?
Rumo ao desconhecido

No dia seguinte fomos visitar o Morro da Igreja e a famosa Pedra Furada. Deu vontade de chegar até ela, mas acabamos optando por não fazer a caminhada desta vez . . . quem sabe em uma próxima visita. Passamos pela cachoeira Véu da Noiva e depois no pitoresco Chalé do Clé, com uma vista especial. À tarde encontramos com nosso amigo Sérgio do Graxaim Ecoturismo e Aventuras e fomos até o Morro Campestre, outro lugar muito bonito que gostamos bastante. Acampamos no Arroio do Engenho, um lugar super gostoso com piscina natural, criação de truta e uma cachoeira linda. Adoramos Urubici e com certeza é uma região que deve ser conhecida. Gostaríamos de agradecer o Sérgio pela sua ajuda e atenção. Valeu!

Por caminhos tortuosos passamos!

Na saída de Urubici visitamos a Cachoeira do Avencal com seus 100m de altura, imponente e bela. Depois seguimos para Bom Jardim da Serra fazendo a travessia por dentro do Parque Nacional São Joaquim. A trilha pelo parque foi demais, mas nos perdemos um pouquinho (depois de receber uma informação falsa) e ao fazermos a volta em um terreno acabamos atolando! Engatamos reduzida e bloqueio, mas não teve jeito, a roda dianteira direita e a traseira esquerda estavam rodando. O Hi-Lift entrou em ação e rapidamente estávamos fora do atoleiro, deu tudo certo. Seguimos pela trilha atravessando pontes, abrindo/fechando porteiras e fomos presenteados com um lindo pôr-do-sol. A paisagem com as lindas araucárias e o céu colorido formou um visual deslumbrante.

Passamos a noite em Bom Jardim da Serra e na manhã seguinte descemos a conhecida Serra do Rio do Rastro. Paramos diversas vezes para registrar a descida e também para ver os milhares de quatis que habitam pela região.

Laguna foi nossa próxima parada, onde ficamos alguns dias, antes de subirmos a serra novamente até o PN Aparados da Serra.

  
  

Publicado por em

LOURACI

LOURACI

13/03/2011 14:39:18
não conheço A I N D A !!!, tenho certeza que em breve conhecerei.
achei LINDISSIMAS as fotos e que bilissimo os lugares.
parabens! Nós os brasileiros deveriamos valorezarmos mais NOSSO BELO BRASIL

Grace Downey e Robert Ager

Grace Downey e Robert Ager

Obrigada pelo seu comentário. O lugar é mesmo lindo, não deixe de conhecer, pois não vai se arrepender! Boa sorte com duas aventuras! Beijos e Abraços, Grace e Robert
Vera Lucia

Vera Lucia

03/07/2010 15:56:45
A Serra do Rio do Rastro é lindíssima