Galápagos - Santa fé: Endemismo e Evolução

Após descer do Deep Blue, um luxuoso barco de mergulho, meu próximo transporte e hotel entre ilhas seria o veleiro Merak, uma embracação bem menor, com 16 mts de comprimento.

  
  

Após descer do Deep Blue, um luxuoso barco de mergulho, meu próximo transporte e hotel entre ilhas seria o veleiro Merak, uma embracação bem menor, com 16 mts de comprimento. A aventura começou bem mais cedo do que imaginava pois o barco ja havia partido e tive que encontra-lo na ilha de Santa fé (ou Barrington). A única maneira de fazer isso era me juntar a dois pescadores em um pequeno barco... e la fui eu. Levamos cerca de 1 hora para atravessar de uma ilha para a outra..havia muita onda...e nos molhamos bastante...entretanto foi uma boa experiência. No caminho conversamos sobre pesca e pude ver que esse assunto em Galápagos é coisa séria. Lá os recursos são respeitados. Apenas a pesca artesanal é permitida, e mesmo assim existem limites de quantidade, época e tamanho para diversas espécies. Que bom! Nós mergulhadores agradecemos!

O Embarque, os pescadores e a travessia para encontrar o veleiro Merak
O veleiro

Mal embarquei no Merak e ja partimos para explorar a ilha de Santa fé. Foi um passeio curto, mas podemos observar varios animais endêmicos, ou seja, animais que evoluiram alí e não são encontrados em nenhum outro lugar da Terra. Observamos diversos Leões Marinhos de Galápagos (Zalophus wollebaeki) na praia, a Garça da Lava (Butorides sundevalli), Pombos de Galapagos (Zenaida galapagoensis), a Iguana Terrestre de Santa Fé (Conolophus pallidus- considerada uma subspécie da Iguana terrestre encontrada em ouras ilhas) e alguns dentilhões.

Leões Marinhos de Galápagos (Zalophus wollebaeki)
<br />Garça da Lava (Butorides sundevalli)
Iguana Terrestre de Santa fé (Conolophus pallidus), endêmica de Santa Fé.
<br />Pombos de Galapagos (Zenaida galapagoensis)

Além da rica fauna, observamos uma espécie de cacto que possui o tamanho de uma árvore (Opuntia echios gigantean). Entender como este cacto evoluiu para se tornar uma espécie tão grande ajuda a nós entender mais um pouco o processo de evolução. Um primeiro aspecto é que não haviam outras árvores para competir por recursos e como espécie dominante poderam crescem mais que outras espécies de cactos em outros lugares. Um outro aspecto é que muitos animais dependiam dessa planta como alimento então gerou se uma corrida armamentista de ambos os lados. De um lado os animas com caracteristicas mais favoraveis, como uma Iguana capaz de resistir aos dolorosos espinhos do seu fruto, foram favorecidos pela seleção natural. Do outro, os cactos que cresciam troncos mais e mais altos apresentavam uma vantagem importante, pois escapavam destes predadores terrestres.

Cactos do tamanho de árvores (Opuntia echios gigantean)

Assim acontece o processo contínuo de evolução. Uma vez que uma população é geograficamente isolada de sua população ancestral ela tenderá, com o tempo, a divergir geneticamente. Em algum momento ela poderá se diferenciar o suficiente para ser reconhecida como uma subspécie (ou raça) e, com o passar do tempo, se evoluir ao ponto de não ser capaz de reproduzir e gerar descendentes férteis com a espécie ancestral, ela ganha o status de nova espécie.

Árvore evolutiva das espécies de Iguanas encontradas em Galápagos em tempos presentes

Se entendermos o processo entedemos a biodiversidade de Galápagos, da terra e até nós mesmos.
Partimos dalí para conhecer uma das mais belas ilhas do Arquipélago, a mais antiga de todas, a ilha de Espanhola.

Isto fica para semana que vem,

Grande abraço,

Cristian Dimitrius

Cristian Dimitrius
Wildlife Filmmaker
Cinegrafista de natureza, biólogo e instrutor de mergulho. Trabalha exclusivamente com a produção e captação de imagens de natureza para documentários, matérias de tv e vídeos educacionais. Já esteve pelos 4 cantos do mundo, sempre buscando retratar como a natureza se mostra aos seus olhos.
www.cristiandimitrius.com
Email: cristian@diveadventures.com.br

  
  

Publicado por em

Mayra

Mayra

03/06/2011 16:32:30
eu achei isto muito importanta e isto e bom em trabalhor de escola ensina coisas interessante