CHEGANDO!!!

Muita coisa mudou desde nosso último diário de bordo. Como perdemos tempo precioso arrumando o carro e pegando a fronteira com a Argentina fechada, achamos que só chegaríamos a Ushuaia nessa próxima sexta-feira. Erramos! Cruzamos toda a Argentina muito rá

  
  

Muita coisa mudou desde nosso último diário de bordo. Como perdemos tempo precioso arrumando o carro e pegando a fronteira com a Argentina fechada, achamos que só chegaríamos a Ushuaia nessa próxima sexta-feira. Erramos! Cruzamos toda a Argentina muito rápido e vamos chegar ao nosso destino ainda hoje, por volta das 15 horas. Nossos amigos Carlos Carbone (Duda) e Christian já estão lá desde ontem preparando a nossa recepção. A tarefa deles é encontrar o ponto mais ao sul do continente e também, seguindo a regra do Guinness, achar uma testemunha local (uma pessoa que resida na cidade e tenha respeitabilidade). Estamos em contato direto com eles pelo nosso Nera e parece que está tudo acertado. Ah, são eles os incumbidos da tarefa de trazer o nosso glorioso Forester de volta ao Brasil. Eu e o Marcelo vamos de avião!
Enviamos este boletim às 11hs desta manhã de quinta-feira, aguardando o navio-balsa que nos levará a Terra do Fogo, cruzando o Estreito de Magalhães. A paisagem é muito bonita, e como estamos em uma latitude baixa, o sol acabou de nascer, dando um colorido todo especial ao local. O Estreito de Magalhães foi muito utilizado antes da criação do Canal do Panamá. Os navios que tinham que contornar as águas turbulentas do Cabo Horn (que divide os oceanos Atlântico e Pacífico) achavam por prudência passar pelo Estreito, com águas bem mais calmas, só que muito mais difícil para a navegação.
Ao todo, já rodamos 22 567 km até agora, e ainda faltam uns 450 até Ushuaia. Ou seja, a nossa travessia será de aproximadamente 23 000 kms. Os recordistas anteriores percorreram 23 500 kms. Essa diferença pode se dar por vário motivos: erro no odômetro (naquela época não havia GPS) e muitas vezes, o odômetro marca mais do que a distância real. Outro motivo pode ser uma variação de caminho, ou até mesmo uma estrada errada. Mas o que vale é que saímos do mesmo lugar, cruzamos o Estreito de Darien demorando o mesmo tempo e vamos chegar exatamente no local de onde eles partiram (Tim Cahill e Gary Sowerby foram de Ushuaia a Prudhoe Bay, caminho inverso ao nosso). Bom, por agora é só, mas logo logo vamos escrever de novo, e se Deus quiser, com o recorde nas mãos!

Estreito de Magalhães.

Estreito de Magalhães.

Nosso tel:
(discar 1º o código da operadora que completa a chamada internacional. Aí no Brasil é 0021)e os números a seguir 870.762.846.975

  • discar devagar, senão dá errado
Já deixamos 22.567 km para trás.

Já deixamos 22.567 km para trás.

  
  

Publicado por em