Dia Mundial da Fotografia - 19 de Agosto

A fotografia, o fotógrafo, sua importância e noções de como é o mercado e preços sugeridos.

  
  

Aproveitando o momento, comemoramos nesse 19 de Agosto o Dia Mundial da Fotografia, onde colocarei alguns exemplos de fotos minhas para mostrar de alguma forma a importância dela no Jornalismo, no dia a dia, e até em suas vidas, como lembranças.

Eduardo Andreassi
Eduardo Andreassi
Eduardo Andreassi
Eduardo Andreassi
Eduardo Andreassi
Eduardo Andreassi

A grande maioria de minhas fotos estão publicadas em mídias idôneas, jornais impressos e revistas segmentadas, abordando assuntos diversos, como divulgação do Turismo, roteiros, cidades, Automobilismo, Gastronomia, Fotojornalismo e muitos outros.

Eduardo Andreassi
Eduardo Andreassi
Eduardo Andreassi
Eduardo Andreassi
Eduardo Andreassi
Eduardo Andreassi
Ensaios - Books

Créditos e valores de investimento

Começo dizendo de referências de preços. A grande maioria acha que nós profissionais, vivemos de caridade. Muitos pedem fotos e ainda dizem que em troca darão os créditos (nome do autor da foto).

Para esclarecer definitivamente isso, dar os créditos em fotos é Lei, prevista de pena se não for seguida.

E completando, nós fotógrafos profissionais, quando damos orçamento, geralmente seguimos uma tabela própria que ARFOC-SP (A Associação de Repórteres Fotográficos e Cinematográficos no Estado de São Paulo) sugere. Lógico que cada caso é um caso e na prática, o valor praticado chega a ser até menos.
Quer tem uma noção? Clique em ARFOC acima.

Eduardo Andreassi
Eduardo Andreassi
Eduardo Andreassi
Eduardo Andreassi
Eduardo Andreassi
Eduardo Andreassi

Trabalhamos como outro qualquer. Passamos horas madrugadas adentro preparando o material a ser entregue. Estudamos muito. Investimos pesado em equipamentos (e quase todos os fotógrafos não fazem seguro), fora o gasto com manutenção das Câmeras. E tudo isso tem que ser contabilizado.

Um pouco de História

Com o surgimento da fotografia digital, qualquer cidadão com uma câmera embutida no celular tem a possibilidade de desempenhar o papel antes reservado aos fotojornalistas. O problema central dessa disputa passa por antigos dilemas da fotografia, que ganharam força com a facilidade da pré-edição e manipulação da imagem. Caso as previsões se concretizem, os fotojornalistas que sobreviverem aos cortes nas redações assumirão um papel diferenciado nos meios de comunicação, executando apenas matérias especiais e convivendo com registros do cotidiano executados por fotógrafos amadores.

A fotografia surgiu na primeira metade do século XIX, revolucionando as artes visuais. Sua evolução deve-se a astrônomos e físicos que observavam os eclipses solares por meio de câmeras obscuras, princípio básico da máquina fotográfica.

Com o passar dos tempos, a câmera obscura foi sendo reduzida de tamanho, de modo que artistas e pesquisadores pudessem carregá-la com facilidade por onde andassem.

Com o surgimento da fotografia digital, no final dos anos 1980, todo o glamour conquistado pela fotografia analógica tende a entrar em declínio. A evolução dos equipamentos digitais aponta para o aniquilamento gradual da fotografia analógica nos próximos anos. Os grandes fabricantes já anunciaram o fechamento de fábricas e a não-confecção de materiais para o amador da fotografia analógica, acabando com o fascínio exercido durante décadas pelos laboratórios fotográficos de revelação e ampliação e transformando a prática tão comum da fotografia analógica em coisa primitiva. Na opinião dos defensores da fotografia digital, a velha forma de captação de imagens sobreviverá apenas na memória de veteranos fotógrafos incapazes de se adaptar às novas tecnologias.

A fotografia digital provocou uma ruptura entres os profissionais da imagem, principalmente fotojornalistas, dando origem a três categorias de profissionais no mercado de fotografia: a primeira é formada por veteranos fotógrafos, a segunda, por fotógrafos que vêm acompanhando a morte gradativa da fotografia analógica, e a terceira, por fotógrafos mais jovens, que assistem ao nascimento da fotografia digital.

A primeira categoria, a dos fotógrafos veteranos, conhecidos como geração analógica, é formada por profissionais que sempre se dedicaram à velha forma de captação de imagens. Eles encontram grande dificuldade de se adaptar às novas tecnologias. Computadores e programas para tratamento de imagens não fazem parte do vocabulário desses profissionais, que, aos poucos, vão se vendo forçados a uma aposentadoria precoce.
(Divulgação)

A fotografia e sua importância

Eduardo Andreassi
Eduardo Andreassi
Eduardo Andreassi
Eduardo Andreassi
Eduardo Andreassi
Eduardo Andreassi

Como citei em colunas anteriores (vide Dicas de Fotografia), fotografia está diretamente relacionado com o profissional, evidente.
Em um mundo como é o nosso hoje, a fotografia está presente em todos os momentos. Seja de câmeras comuns, digitais, de celulares, a imagem se tornou um elemento central.

A fotografia nasceu em preto e branco, e os filmes e comerciais que hoje tanto vemos, surgiu através dela.

Sejam em noticiários, mídias, eventos ou outros, é notório que a fotografia junto com a informação dá mais destaque e chama a atenção do público.
Outras vezes, somente uma imagem e sem dizeres, já fala por si só. Eis a importância dela!

Eduardo Andreassi
Book - Ensaio

Acostumado a cobrir roteiros, vejo a carência desse Brasil no quesito acervo fotográfico. Ou não os tem ou são tiradas por qualquer um, sem preparo.

Quando tratamos de assuntos profissionais como esse, é necessário e imprescindível que contratem fotógrafos profissionais e dêem a ele, o devido valor.

Os resultados serão belas fotos, muita divulgação que aguçará os olhares dos passantes, turistas.
Um investimento que vale a pena.

Hotéis, receptivos, lojas, aniversários, comemorações e tantos outros acontecimentos e locais, fazem uso dos serviços dos fotógrafos profissionais. Seja efetivo ou Free-Lance.


Quer um exemplo disso? O Parceiro Lojas Mundo Terra.

Os resultados do investimento feito por eles estão surgindo e alavancando suas vendas. Vide negritado no nome acima.


Conclusão

A conclusão que faço é exatamente a mesma que citei em uma das matérias realizadas.

E de repente, todo mundo virou fotógrafo. Ótimo, aproveite e faça você mesmo, como lazer, hobby ou terapia, mas seja consciente quando o assunto é reconhecer a profissão de fotógrafo.

Valorize o trabalho do fotógrafo assim como você valoriza o seu. Deixe que eles o façam quando se tratar de um assunto importante, seja desde uma "simples" e importante lembrança até um acervo de imagens de cidades e ambientes, como eu costumo efetuar também.
Investimos tempo, amor, estudo, equipamentos caríssimos e muita dedicação para termos nossos trabalhos reconhecidos e comercializados. Passamos horas a fio, madrugadas adentram editando fotos, preparando as câmeras e não podemos errar quando estamos trabalhando.

Seguimos uma ética e tabela de referências!

Book - Ensaio

Isso sem mencionar o quanto alguns lugares, pessoas e outros pagam por horas de trabalho, utilizando sua própria câmera Profissional. Chega a ser algo que nos sentimos sem dignidade alguma, para não usar outra expressão mais vulgar e conhecida.

E para quem pensa que quando estamos trabalhando (fotografando) uma festa, por exemplo, que também estamos nos divertindo, engana-se.
Estamos trabalhando.

Enfim, eu não poderia deixar de dar esse desfeche em Pró da Classe, pois vulgarizaram ou não tem conhecimento, que fotos profissionais e fotógrafos profissionais, trabalham com isso e sobrevivem, ou tentam, com esse ofício.

Ensaio

Parceria e Apoio

Lojas Mundo Terra

Lojas Mundo Terra

Mundo Terra - Sua loja de camping, viagem, lazer, esporte e aventura.

Com mais de 12 anos de mercado e milhares de clientes atendidos em todo o Brasil, comercializa produtos para camping, aventura, trekking, mergulho, eletrônicos, utensílios domésticos, roupas de inverno, corrida, de esportes ou mesmo roupas casuais e sociais.
As Lojas Mundo Terra promovem ações - palestras, workshops, bazar de descontos - que proporcionar ao público - homens, mulheres, adolescentes e crianças – muitas informações interessantes.

Missão: melhorar a qualidade de vida da sociedade e CONTRIBUIR para uma transformação e desenvolvimento do "SER".

Com um atendimento único, inovador e diferenciado, oferece aos seus clientes o produto ideal para cada tipo de situação e necessidade.
Atende em todo o Brasil.

SAC: (11) 3031.6399
Site: http://www.mundoterra.com.br

• Lojas Físicas

Moema (SP)- Al. dos Nhambiquaras, 809 - F: (11) 5051.4473
Pinheiros (SP)- Av. Pedroso de Moraes, 1085 - F: (11) 3037.7195
Higienópolis (SP) - Rua Maria Antônia, 80- F: (11) 3256.0066
Campinas (SP) - Rua Santa Cruz, 45 - Cambuí - F: (19) 3365.1511

SAC: (11) 3031.6399
Site: http://www.mundoterra.com.br


Editora Photos

Editora Photos

Portal Photos
O seu portal de FOTOGRAFIA - tutoriais, dicas e lançamentos.

• Site: http://photos.uol.com.br

Loja Photos
Um mergulho no Universo Fotográfico - Livros e DVDs para quem quer aprender a fotografar –

• Site: http://www.lojaphotos.com.br


Serviços oferecidos - Eduardo Andreassi

Ações feitas por Órgãos Governamentais, como Fam Tour, Fam Press ou Press Trip, têm como objetivo divulgar a região através dos jornalistas e suas mídias.

Agregando os três ofícios - Fotografia/ Jornalismo/Comunicação - desenvolve um trabalho de cobertura, redação e divulgação de assuntos diversos.

Fotografias de ambientes, fachadas, gastronômicas, fotografias esportivas e ensaios, cobertura de eventos - shows, atrações, espetáculos, apresentações - turismo e fotojornalismo.
Ainda, atua como freelancer (ou efetivo) em Cobertura de Eventos, Workshops, Shows, apresentações, cerimônias e ensaios fotográficos (moda, books).

No Jornalismo, realiza assessoria de imprensa, notas e reportagens sobre infinitos temas.

Comprometido com a veracidade dos fatos e com a satisfação do cliente, realizo um trabalho minucioso, registrando do modo mais fiel possível e procurando resgatar a essência do Ser e da Mãe Natureza.

Havendo interesse nos serviços ou surgindo dúvidas e sugestões - assim como divulgar sua empresa, seus serviços e o potencial turístico do seu destino, contate-me.

Fotografias sem emprego de Photoshop e/ou manipulação de imagem

Eduardo Andreassi
Contato: E-mail: edu_andreassi@hotmail.com
• www.eduardoandreassi.com
• www.andreassifotos.com.br
• http://eduardoandreassi.ecoviagem.com.br

FanPage Facebook

F: (55) 11 99494.2697 Claro- São Paulo

(55) 11 99546.4222 - Vivo - São Paulo

Copyright 2014- Eduardo Andreassi - Todos os direitos reservados
Todas as fotos deste álbum virtual estão protegidas pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº. 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das minhas imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e autorização.

  
  

Publicado por em

Christiane

Christiane

29/07/2013 11:07:09
Parabéns!!! Eduardo...mais uma vez pelo artigo e explicações e de fotos belíssimas!!!!

Eduardo Andreassi

Eduardo Andreassi

Obrigado Christiane. Espero que faça bom uso desse texto e necessitando de algo, me contate. Um abraço, Eduardo Andreassi
Grazi Carneiro

Grazi Carneiro

19/08/2012 20:50:00
Edu... sabe que adoro suas materias, ja estava com saudades das suas dicas de fotografia, concordo em tudo, principalmente na parte dos roteiros, tem sim que ser fotografados por profissionais. Parabéns pelo trabalho.

Eduardo Andreassi

Eduardo Andreassi

Como vai Grazi? Obrigado pelas palavras de elogio e incentivo. Quando a máquina burocrática e seus respectivos responsáveis acordarem para esse tema, que diz respeito às fotografias feitas por profissionais e/ou matérias, divulgadas em veículos IDÔNEOS, talvez seja tarde demais. Quem sabe divulgar e fotografar flagrantes que denigrem a imagem do local? Sim, creio que desse modo, além de ter muito mais repercussão, irá atrair a atenção de gestores e responsáveis. Obrigado pela sua participação.
Giuliana Andressi

Giuliana Andressi

22/08/2011 17:58:09
muito legall:)

Eduardo Andreassi

Eduardo Andreassi

Muito obrigado amore por participar e comentar. E parabéns, pois se coloquei fotos suas de ensaios e books, é porque você é modelo e a minha favorita. Beijos :)) Eduardo Andreassi www.eduardoandreassi.com.br www.andreassifotos.com.br
Moacir Rodrigues

Moacir Rodrigues

20/08/2011 09:00:50
Olá Eduardo!
Parabéns pelos seus artigos, além de excelente fotógrafo, escreve muito bem, "revelando" um ótimo jornalista.
Obrigado pelas suas informações fotográficas. Tocou-me a respeito do fotógrafo profissional.
Eu tinha o mês de Abril, como o da fotografia e suas
comemorações devido a luminosidade e não distorção das cores como ocorre nos meses de verão?
Um grande abraço,
Moacir Rodrigues

Eduardo Andreassi

Eduardo Andreassi

Caro Moacir, Muitíssimo obrigado pelas palavras de elogios aos meus trabalhos e profissão. Realmente faço com amor e muita dedicação as fotografias e jornalismo. Um pequeno exemplo: - [[http://www.diariosp.com.br/_conteudo/2011/05/68162-palmas+contrastes+e+descaso+com+os+mais+humildes.html|]] - o|]] resultado são esses que divido com vocês. Desculpe-me mas mesmo não entendendo muito sua dúvida, vou comentar. Em qualquer época, sol, chuva, primavera, inverno é possível obter fotos lindas. Depende do momento e do teu olhar, além de algumas técnicas básicas. Considero para paisagens, aqui em SP, o mês de inverno excelente para isso, devido ao contraste de cores no céu e tempo mais estável. Mas como deve ter visto, tenho fotos de todas ocasiões e épocas do ano, inclusive fotos feitas com sol-a-pino, que são complicadas, não dando resultados tão bons como em um fim de tarde. Obrigado novamente pelas palavras e por participar. Abraços. Atenciosamente, Eduardo Andreassi www