Viaje quase de graça com Milhas Aéreas

Blogs > Equipe EcoViagem > Viagens Nacionais > 

Praias desertas da Península de Maraú - BA

A Península de Maraú pertence à APA Maraú (Área de Proteção Ambiental) desde 1997, fator importantíssimo para cuidar muito bem deste pedacinho de paraíso!

16 de Abril de 2003.
Publicado por Equipe EcoViagem  

Apresentação

Península de Maraú

Península de Maraú
Foto: Claudia Silveira

A Península de Maraú pertence à APA Maraú (Área de Proteção Ambiental) desde 1997, fator importantíssimo para cuidar muito bem deste pedacinho de paraíso!

O município de Maraú originou-se de um povoado fundado em 1705, por frades capuchinhos italianos, instalados na aldeia indígena chamada Mayra-hú, que significa belo lugar ou pessoa morena, provavelmente fazendo alusão às baias de águas escuras.

Localizada no litoral sul da Bahia a 180 km de Salvador, 100 km ao norte de Ilhéus, e apenas 38 km de Off-road de Itacaré, passando entre Fazendas, trechos de Mata Atlântica, areia, mangues e muita terra, mais precisamente na região denominada `Costa do Dendê`, Maraú possui clima tropical úmido com temperatura média anual de 28°.

Pescador Mirim

Pescador Mirim
Foto: Marcelo Maestrelli

A Península fecha pelo sul a baía de Camamú, terceira maior do Brasil em volume de águas. A população total é de 18.300 habitantes, sendo que 70% habitam a zona rural.

Primeiro dia

Transporte em Maraú

Transporte em Maraú
Foto: Marcelo Maestrelli

A agência receptiva Maris Turismo nos ofereceu o transfer Off-road de Toyota, de Itacaré direto para a Pousada Lagoa do Cassange, onde ficamos hospedados. Um lugar onde ninguém pode invadir sua paz, o sossego é o lema principal. Muito bem recebidos por pessoas locais, fomos conduzidos ao chalé, com água de côco nos esperando, vista para o mar e redes para todos os lados do jardim florido.

Pousada Lagoa do Cassange

Pousada Lagoa do Cassange
Foto: Marcelo Maestrelli

Envolvidos por outro ritmo, nos aconselharam: `(..) Descansem, se precisarem de espreguiçadeiras na praia, é só avisar!`

A Pousada está localizada na praia de Saquaíra, extensa e muito deserta. A Península possui, ao todo, 40 km de praia com esta característica: DESERTA. Desta forma, não há um leque de opções para comer na região, sem se deslocar até, no mínimo, Barra Grande. Por isso, a Pousada Lagoa do Cassange não deixa a desejar na cozinha. Come-se MUITO BEM.

Restaurante da Pousada

Restaurante da Pousada
Foto: Marcelo Maestrelli

Foi isto que fizemos neste dia, comemos bem, descansamos e caminhamos pela praia de Saquaíra, linda, longa, plana... até o sol se pôr e a lua nascer com um belo banho de mar.

Segundo dia

A Caminho do mergulho

A Caminho do mergulho
Foto: Marcelo Maestrelli

Acordamos com os passarinhos e o som do mar, que já faziam parte da trilha sonora ambiente. Após o café, fomos junto a um grupo de quatro pessoas mais o guia para o Jeep tour. Uma dica para este passeio é maneirar no café, porque o carro pula muito e...., enfim, é bom maneirar!

Mergulho

Mergulho
Foto: Claudia Silveira

A primeira parada do passeio é no Morro do Farol, o ponto mais alto da península, com 51 metros de altura. De lá tem-se a visão de toda a extensão de praias ao norte e ao sul, até o município de Itacaré.

De lá, seguimos viagem para as piscinas Naturais em Taipus de Fora. Fizemos uma caminhadinha de uns 15 minutos por uma praia deserta até chegar no local ideal para mergulho, onde estão os arrecifes de corais. Apesar do tempo, ora bem nublado, ora com uma brechinha do sol, conseguimos nadar com os peixinhos coloridos, remetidos ao universo da leveza e do silêncio. Íamos nadando e, a cada momento, encontrando novas lindas espécies de peixes. O mergulho durou mais do que o previsto, porque ninguém queria sair da água morninha, enquanto a chuva ameaçava do lado de fora.

Bromélias Gigantes

Bromélias Gigantes
Foto: Marcelo Maestrelli

Enfim, a fome bateu e fomos almoçar (o pedido já havia sido feito antes do mergulho, dicas dos guias que conhecem o ritmo dos paulistas X o dos baianos). Pés na areia, brisa no rosto, maresia, e o tempero baiano complementando o paladar com a pimentinha básica! Desta vez, não esquecemos que o próximo passo seria entrar no chacoalha-chacoalha da Toyota.

Lua em Maraú

Lua em Maraú
Foto: Marcelo Maestrelli

Na volta, passamos no Jardim das Bromélias Gigantes, uma trilha de Floresta Atlântica com diversas bromélias com mais de 1 metro de altura espalhadas pelo chão e pelos galhos das árvores, é impressionante!

Quando chegamos na Pousada, a água de côco e o suco natural de Cacau já nos esperavam. De noite fomos convidados pelos proprietários da Pousada Maraú, próxima à Pousada Lagoa do Cassange (não tão próxima, 3 km pela praia!!!) para um jantar. Ou melhor, um delicioso jantar, onde trocamos muitas idéias. Eles vivem há 15 anos em Saquaíra, trabalham com a comunidade, na área de saúde e artesanato, fantástico!

Na ida estava chovendo, fomos a pé pela praia com um guarda-sol! Na volta, ainda pela praia, o céu se abriu e era absurda a quantidade de estrelas que havia no céu. Uma brisa deliciosa completava o clima; para alguém que vive em SP e desconfia até da própria sombra de noite, aquela caminhada de 3 km pela praia era surreal!

Terceiro dia

Ilha do Goió

Ilha do Goió
Foto: Marcelo Maestrelli

De manhã fomos ao Porto do Jobel pegar o Catamarã para o passeio pela Baía de Camamú. Passamos por vilarejos de pescadores como Campinho e Taipus de Dentro, e prainhas paradisíacas. Paramos em uma delas, a Ilha do Goió, onde só existe um casal morando, ele é pescador e ela cuida do bar.

Coqueiral

Coqueiral
Foto: Marcelo Maestrelli

De lá seguimos para a Ilha da Pedra Furada, um local particular, onde é possível entrar mediante uma pequena taxa. Além de uma grande pedra furada, quase todas as pedras da ilha são furadinhas, devido à ação de um molusco, segundo a explicação de nosso guia. As cores estavam fortes e nos encantaram. Demos uma volta na ilha subindo nas pedras e, na volta, passamos por uma gruta, onde acredita-se que, enquanto a atravessamos, devemos fazer um pedido, e então nunca voltar por dentro dela, para que se realize. Dito e feito! Ninguém questionou, só pediu! Vai que dá certo!

Pedra Furada

Pedra Furada
Foto: Marcelo Maestrelli

Próxima parada: almoço na Ilha do Sapinho. A Ilha do Sapinho é um dos Povoados da região, um lugar de gente simples e simpática, onde está um dos restaurantes preferidos dos turistas. Um dos pratos prediletos é o guaiamum, que é cevado no próprio restaurante, o que torna possível escolher a dedo seu pedido vivo! Outra pedida tradicional é a moqueca de lagosta.

Ilha da Pedra Furada

Ilha da Pedra Furada
Foto: Marcelo Maestrelli

Saímos satisfeitos e fomos caminhar por dentro da ilha para conhecê-la melhor e fazer a digestão. Mas em menos de 15 minutos ela já havia acabado! Voltamos à embarcação cruzando a Baía de Camamú por cerca de 1 hora.

No final de tarde estávamos na pousada, ainda em tempo de curtir as redes de frente para o mar. À noite o céu estava estrelado, a comida deliciosa, e o sorriso, o bem-estar e a expressão de leveza, não saíam de nossos rostos.

Serviços

Venturas e Aventuras
www.venturas.com.br
(11) 3872-0362 begin_of_the_skype_highlighting              (11) 3872-0362      end_of_the_skype_highlighting
venturas@venturas.com.br

Maris Turismo e Ecologia
(73) 255-2348
983-4859
maris@maris.com.br

Pousada Lagoa do Cassange
(73) 255-2348
983-4859

Dicas dos autores

Marcelo e Claudia

Marcelo e Claudia
Foto: Divulgação

Para chegar na Península é preciso estar com um carro 4x4 ou contratar os serviços de uma agência para transfers e passeios, pois as estradas são ruins e com muita areia fofa.

Leve filmes extras para a sua câmera; as paisagens são muito lindas e, se você gosta de fotografar, não vai se arrepender.

Ao sair para os passeios, não deixe de levar um dinheirinho para comprar artesanato em barraquinhas de moradores locais. Eles costumam trabalhar com o côco e fazem peças muito bonitas e úteis. Prestigie o povo local!

Não esqueça de levar chapéu, repelente, e um bom protetor solar.

Se você for fazer passeios de toyota pela região, faça refeições leves - as estradas são de areia e o carro chacoalha bastante.

Ao fazer caminhadas pelas praias desertas, respire fundo, reflita, receba a energia do lugar, aproveite! Mas fique atento à maré pois, se ela subir, você terá de caminhar pela areia fofa - que é bem mais cansativo.

Camamu Maraú

Compartilhar nas Redes Sociais

Comentários

Ana Luiza Pinto do Nascimento

 postado: 22/11/2008 11:17:55editar

Nossaaa véi.! Maraú é muito linda.! eu vou falar a verdade de que eu nem sabia que ela existia,mas aí um dia eu tava assistindo televisão e a ví,e simplismente fiquei fascinada.! Perguntei a meu pai se ele ja tinha ido e ele disse que sim,fiquei tão feliz pq já é uma oportunidade de ele ir de novo né? RSRSRS
Amei as praias,as pousadas enfim.! É tudo muito lindo.!
Tenho certeza que um dia eu ainda irei em Maraú.!

Parabéns a todos vocês que conseguiram e conseguem até hoje manter esse monumento histórico vivo.!

Beijos!

 

alcione

 postado: 6/12/2008 12:29:07editar
  • mto lindo de se ver, gostaria mto de ter a oportunidade de conhecer, valeu! Fortaleza-Ceará-Brasil.
 

Rozangela Silva

 postado: 31/1/2009 11:06:12editar

Eu sou fascinada por Marau, desde de 1992 que veraneio todos os anos, festa de fim de ano ate carnaval em Marau, minhas filhas sao apaixonadas por este lugar. Tenho certeza que as praias de Marau, a comecar pela praia dos algodoes sao um pedacinho do ceu, verdadeiros paraisos... Sempre quando posso visita esta terra abencoada.. agora entao que a estrada esta bem melhor... Um grande abraco... Vamos preservar a natureza...

 

adriana duran

 postado: 24/3/2009 17:08:10editar

É meu paraiso!!!!!
Amo esse lugar de paixão

 

Karla Fernandes Foli

 postado: 24/3/2009 17:12:41editar

Acabei de chegar de Maraú! Um Lugar fascinante como nunca havia visto na Vida! Praias Desertas, Águas Cristalinas, Comidas Maravilhosas e Pessoas pra lá de Prestativas! Os megulhos em Taipus de Fora, são Espetaculares!!! Vale pena conhecer esse pedaçinho do Céu!!!

 

thiago

 postado: 14/5/2009 17:32:24editar

Eu nunca fui para essas praias,mais só de ver essas praias maravilhosas,eu sei que ai é um paraiso. Eu queria também ter essa oportunidade de conhecer um dia esse lugar.

 

juarez cosa

 postado: 9/8/2009 11:28:50editar

Amigos, gostaria de conhecer este lugar fantastico porém nao gosto de pacotes turistico, quais as opções de transporte para esse paraíso. Grato

Olá Juarez,

Há algumas formas de chegar a Maraú. Na página inicial do EcoViagem, digite o endereço eletrônico: www.marau.vou.la e conheça as dicas que o EcoViagem dá sobre a Península de Maraú, incluindo acesso à localidade.

Desde já agradecemos o contato
Equipe EcoViagem

Patricia Barros

 postado: 21/10/2009 17:42:58editar

Pra mim não existe outro lugar, é o paraíso e abençoado por Deus, quem tiver a oportunidade de conhecer não se arrependerá nunca.

 

mara

 postado: 22/11/2009 22:12:40editar

E muito lindo é um paraiso dos céus é onde vemos DEUS bem pertinho de nós e vemos como é lindo esse mundão e não precisa ir longe ta bem pertinho de nós.

 

joâo freitas

 postado: 12/2/2010 21:34:34editar

Eu já fui duas vezes é simplesmente maravilhoso esse lugar. Vá antes que descubram e estraguem esse paraiso.

 

 

Últimos boletins

  • 23/Out/09 Tapiraí/SP – sossego, contemplação da natureza e aventura em um só lugar Localizada a cerca de 140km de São Paulo, a pacata cidade de Tapiraí oferece aos visitantes um misto de tranqüilidade e aventura em meio aos encantos da Mata Atlântica
  • 5/Out/09 Jalapão/TO - Na imensidão do paraíso tocantinense A região dos Encantos do Jalapão, no estado do Tocantins, impressiona até os olhos mais apurados
  • 28/Dez/05 São Sebastião/SP - Os tesouros da Serra do Mar Cerca de 103 km das mais belas praias do litoral paulista estão compreendidos em São Sebastião, onde os praticantes de esportes náuticos, como o surf e o windsurf, encontram as condições ideais para a sua prática.
  • 20/Out/05 Caparaó - Na rota das serras mineira e capixaba A expectativa era enorme por saber que iria conhecer o terceiro mais alto pico do Brasil, o Pico da Bandeira, com seus 2.890 metros!
  • 4/Out/05 Extrema - Portal de Minas Situada a 935 metros de altitude na imponente Serra da Mantiqueira, busca encontrar suas raízes como porta de entrada dos bandeirantes paulistas em direção à Minas Gerais.
  • 2/Mai/05 Itararé/SP - A Sentinela da Fronteira Distante 336 km da capital, na divisa dos estados de São Paulo e Paraná, Itararé , cidade do interior paulista, vem se destacando nos roteiros de ecoturismo pela sua biodiversidade, oriunda do encontro harmonioso do cerrado com os campos gerais.
  • 22/Mar/05 PETAR - Os Encantos das Cavernas da Mata Atlântica O Petar, Parque Estadual Turístico Alto Ribeira, é um dos Parque mais antigos do Estado de São Paulo, criado em 1958, com uma área de 35.712 há, visa proteger e conservar o rico patrimônio natural da região do Alto Ribeira.
  • 8/Mar/05 Paranapiacaba/SP - Onde a Natureza e a História se misturam A Vila de Paranapiacaba é um marco da presença Britânica no Brasil, e a única Vila ferroviária conservada desde sua fundação, reunindo um importante Patrimônio Histórico, Cultural e Natural.
  • 1/Fev/05 Botucatu/SP - Bons ares e aventura Para quem quer a adrenalina dos esportes radicais, Botucatu, bem no centro do estado de São Paulo, reserva uma grande surpresa.
  • 25/Jan/05 Bombinhas/SC - A capital sulina do Mergulho Localizada no litoral norte de Santa Catarina, há 60 km de Florianópolis, o município já ganhou fama por suas praias de águas claras e é considerada a capital sulina do mergulho ecológico.

Veja também

Reserva Ecológica Parque do ZizoCanion Guartelá/ PR - O gigante da natureza

 

editar    editar    editar    3.390 visitas    10 comentários