Tapiraí/SP – sossego, contemplação da natureza e aventura em um só lugar

Localizada a cerca de 140km de São Paulo, a pacata cidade de Tapiraí oferece aos visitantes um misto de tranqüilidade e aventura em meio aos encantos da Mata Atlântica

  
  
Cachoeira do Chá - o cartão postal da cidade

Com cerca de 8 mil habitantes, a pequena cidade de Tapiraí torna-se grande quando o assunto é preservação. A cidade aparece em 3º lugar no estado (atrás somente de Ilhabela e Ubatuba) e em 9º lugar no país em preservação de áreas naturais com 87% de sua área preservada, segundo o IPMA – Instituto para Preservação da Mata Atlântica.

A

Tendo cerca de 80% do município inserindo em uma APA – Área de Preservação Ambiental, foi tombada pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade, recebendo o título de “Reserva da Biosfera”.

Por sua importância no ecossistema e dona de fauna e flora rica e diversificada, a cidade é alvo de contempladores da natureza e aventureiros, mostrando forte potencial para o ecoturismo e turismo de aventura.

O principal atrativo da cidade é a Cachoeira do Chá, com uma queda de 35m, mas não é a única. No “ranking” das mais famosas estão, após a Cachoeira do Chá, a Cachoeira do Alecrim, com uma pequena queda de 4m, seguida da Cachoeira do Limoeiro e a Belchior. Mas Tapiraí ainda possui 18 cachoeiras já catalogadas e outras tantas que nem nomes possuem.

As principais fontes de renda da população vêm da contratação de pessoas na única indústria da cidade, que trabalha com a reciclagem de óleo, visando a importância das questões ambientais; dos típicos galpões de lavagem de legumes, que chegam à cidade para limpeza e depois são encaminhados para as cidades da região e São Paulo; além de comércios varejistas.

Com todas essas informações e um convite do COMTUR (Conselho Municipal de Turismo), o EcoViagem foi até Tapiraí conhecer os atrativos da cidade e respirar o ar puro da Mata Atlântica.

Primeiro Dia de Passeio – “Reconhecendo o Terreno”

O estilo rústico dá o charme da pousada

Mesmo com um tempo frio e chuvoso, saímos de São Paulo rumo à Tapiraí. Ao chegar à cidade já pudemos “sentir” a Mata Atlântica ao redor. Fomos até a Pousada Recanto dos Pinheiros, a 700m da divisa com a cidade de Pilar do Sul, um lindo lugar para se hospedar e estar em contato com a natureza. A pousada possui ótima infraestrutura além de conforto e diversão. Com acomodação em chalés muito bem estruturados, a pousada ainda conta com piscina, sauna, campo de futebol, pesque-pague e trilhas. As refeições são um detalhe a parte, feitas em fogão à lenha, aquele gostinho caseiro dá um toque super especial.

As refeições são preparadas no fogão a lenha

Quando chegamos fomos recebidos com um belo café-da-manhã preparado pela Silvana e auxiliado pela Julia. Em seguida nos acomodamos em um chalé, descansamos e logo estávamos á mesa novamente, dessa vez para saborearmos um almoço feito no fogão à lenha.

À tarde saímos na companhia da Silvana e do Sergio para conhecer um pouco da cidade, a visão da mata está por toda a parte. Durante o passeio passamos por um grande lago com peixes da espécie tilápia e black, bastante utilizado para a prática de pesca esportiva. Em seguida fomos até o centro da cidade, passamos pela praça central, vimos o terminal rodoviário da cidade e visitamos o terminal turístico (posto de informações turísticas de Tapiraí) inaugurado em 1995.

A noite fomos convidados para um jantar muito especial na casa do Zé Luis e da Isabel, amigos do Sergio e da Silvana, onde pudemos conhecer um pouco mais da história de Tapiraí e também a história do palmito Jussara e do palmito pupunha. Ainda conhecemos o Professor e sua esposa, o Ivan e sua esposa e o Gil, ótimas pessoas que tornaram nossa noite muito especial.

Chalés da Pousada Recanto dos Pinheiros
O lago é bastante procurado por praticantes da pesca esportiva
Terminal Rodoviário da cidade - ponto de chegada de muitos visitantes
Terminal Turístico
Um delicioso jantar na companhia de novos amigos, na casa do Zé Luis e da Isabel

Segundo Dia de Passeio – 9ª etapa do Circuito Terra Rasgada de Trekking

A cidade recebeu a 9ª etapa do Circuito Terra Rasgada de Trekking

Nosso segundo dia de passeio em Tapiraí começou, obviamente, com um belo café da manhã na companhia do Sergio e da Silvana na Pousada Recanto dos Pinheiros. Em seguida saímos rumo ao centro da cidade, ponto de partida das equipes que participaram da 9ª etapa do Circuito Terra Rasgada de Trekking organizado pela Tae Fit Adventure.

Uma atividade com duração de 4 horas, onde as equipes percorreram trilhas, atravessaram cachoeiras e contemplaram as mais belas paisagens da Mata Atlântica.

Equipe

Com três categorias, desde a mais técnica para os experientes - Graduados, passando pela intermediária - Trekker até a mais simples - Turismo, para os novatos, o trekking reuniu no centro de Tapiraí 23 equipes e um total de 120 pessoas prontas para a aventura.

Dentre as equipes participantes estava a equipe “La Cucaracha Te Cubanos”, formada por um grupo de estudantes de 16 a 18 anos da Escola Técnica Rubens de Faria e Souza, de Sorocaba. Gustavo, Monica, Vitor, Daniel e Gustavo já haviam participado da 7ª etapa do trekking, realizada em Itu e da 8ª etapa, realizada em Votorantim. Mesmo com a experiência das etapas anteriores a equipe estava ansiosa. “Acho que essa etapa será mais difícil que as outras que participamos, principalmente, por ter mais horas de duração”, disse Gustavo.

Cachoeira do Alecrim

Em seguida, partimos para conhecer a Cachoeira do Alecrim, outro atrativo natural muito procurado na cidade. A cachoeira possui uma queda de cerca de 4m e é bastante conhecida por ter fácil acesso e grande beleza.

Depois de contemplar tal paisagem, fomos até a comunidade de Ribeirão das Antas, onde os moradores trabalham com artesanato feito de bambu. Conhecemos Dona Ana, artesã que há tempo realiza o trabalho. Ela fez questão de nos mostrar alguns de seus produtos. Perto dali, conhecemos Dona Elisa, que também produz o artesanato de bambu. “A gente faz para ganhar um dinheirinho e sustentar nossa família. Os visitantes gostam e compram”, disse Dona Elisa.

Fizemos nossas compras de artesanato e voltamos à pousada para saborear um delicioso almoço preparado pela Julia. Conhecemos um pouco mais da pousada e descansamos a tarde para recuperar as energias e encarar a estrada de volta á São Paulo.

Depois de uma semana inteira chovendo, as equipes encontraram algumas dificuldades durante a trilha
Capela Santo Antonio do Alecrim, a caminho da cachoeira do Alecrim
Dona Ana mostra seu artesanato de bambu
As cestas produzidas por Dona Elisa na comunidade de Ribeirão das Antas
A caminho do monjolo na comunidade de Ribeirão das Antas

Palmito Jussara X Palmito Pupunha

Antigamente o forte de Tapiraí era o extrativismo de carvão, lenha e palmito Jussara (euterpe edulis). Porém, após a criação da APA na região, a extração foi proibida. A retirada do palmito Jussara (que antes era encontrado em abundância na Mata Atlântica) hoje é escassa. Por este motivo, surgiu a necessidade de adaptação, com a plantação do palmito pupunha bastante conhecido na Floresta Amazônica.

Hoje, vários moradores da região estão aos poucos introduzindo o palmito pupunha em suas plantações, evitando o corte dos raros focos de palmitos Jussara que ainda restam na região. Essa mudança evita a extinção total do palmito Jussara que é eliminado de forma muito fácil, por ter somente um corte ao contrário do palmito pupunha que possui “vida longa”.

Circuito Turístico Aventuras e Lazer

A neblina aparece a qualquer hora do dia

Circuito formado pelas cidades de São Miguel Arcanjo, Capão Bonito e Ribeirão Grande, todas na região sudoeste do Estado de São Paulo, tem como principal objetivo permitir ao visitante não somente belas paisagens e lazer, mas também história, cultura e adrenalina, através da prática de esportes de aventura.

É nesse circuito que, em breve, Tapiraí será inserida e terá a oportunidade de divulgar ainda mais suas belezas e história.

Segundo o inventário da oferta turística do município, Tapiraí já possui 9 Selos Turísticos, que afirmam a sua vocação turística. Em 1996 recebeu da EMBRATUR o Selo de Município com Potencial Turístico; para o período de 1997 a 1999, foi Prioritário para o Desenvolvimento do Turismo e também Engajado no Programa de Melhorias da Qualidade do Produto Turístico em 1998, também o de Município Prioritário para o Desenvolvimento do Turismo para 1997/1998 e em 1999 e, no ano 2000, foi declarado Município Engajado no Programa de Municipalização do Turismo – PNMT/EMBRATUR (1998/2000).

Com a participação nesse circuito, o COMTUR de Tapiraí está trabalhando duro para melhorar o turismo na região, pensando principalmente na Copa de 2014 e nas Olimpíadas de 2016, criando projetos que visam melhorias na cidade tanto para os moradores quanto para os futuros visitantes.

Quer conhecer Tapiraí?

- Tapiraí tem um clima bastante agradável e possui acesso fácil por suas estradas.
- Por causa das características da região, a neblina cai constantemente e a qualquer hora do dia, então cuidado redobrado para evitar acidentes.
- Para quem é alérgico a insetos, a dica é levar repelente contra eles!
- A região possui inúmeros rios e cachoeiras que são ótimos para a prática de esportes radicais, mas tome cuidado, verifique as questões de segurança para não haver surpresas desagradáveis

Serviços

Pousada Recanto dos Pinheiros
Estrada da Saudade, S/N (divisa com Pilar do Sul)
Telefone: (11) 2421-5890 / (11) 7478-0050

Restaurante do Tutu
Av. Profº Natan Chaves, nº 210 – Centro
Oferece refeições à la carte e self-service de culinária caseira.

Por: Thaís Serrano / EcoViagem

  
  

Publicado por em

Adriana Marciano

Adriana Marciano

15/01/2011 10:43:44
Olá tenho uma irmã que mora em um belo sitio em Tapiraí,sempre que posso dou uma escapadinha para lá;o lugar é maravilhoso tem uma quantidade enorme de passáros coloridos e até tucanos que vem se alimentar das frutas no sitío.Voces só não falaram da festa do gengibre que acontece na cidade no inverno,raiz típica da região os moradores desenvolveram varios pratos com essa iguaria;vale a pena conferir.

Silvios

Silvios

17/11/2009 01:26:07
Sou de São Paulo e já fiz várias visitas à essa cidade de clima muito agradável e belas paisagens.
Parabéns à equipe pela ótima reportagem.
Estou enviando uma foto de 2006 dessas lindas nativas, que registrei em uma das minhas visitas na cidade.
Um grande abraço à todos da equipe EcoViagem.
http://img3.orkut.com/images/milieu/1248812450/1248838434803/505264246/ln/z1n8o18h.jpg?ver=1248838435&sig=16f6jha

|]]

Equipe EcoViagem

Equipe EcoViagem

Olá Silvios, Agradecemos seu comentário. A cidade tem realmente um clima muito agradável!! Abraços, Equipe EcoViagem (Thaís)
Silvia Regina

Silvia Regina

04/11/2009 19:49:39
Achei ótima a cidade, a pousada um charme! Nem sempre deixo minha opinião por todas as matérias, mas amo o estilo de pousadas que vcs escolhem p/ ficar. E o bom é que a gente vai junto c/ vcs! Até a próxima aventura!

Equipe EcoViagem

Equipe EcoViagem

Olá Silvia, Agradeço por deixar aqui sua opinião! Até a próxima!!! Abraços, Equipe EcoViagem (Thaís)
Cecilia

Cecilia

02/11/2009 12:09:40
Realmente, vale a pena conhecê-la.Eu a conheci antes desta reportagem.
O Sergio e a Silvana são nota 1000, combinam plenamente com o local harmonioso
abraços

Lenna

Lenna

30/10/2009 12:02:42
Que lindo Thaís, gostei muito!
Queria ter te acompanhado nesta aventura também... rsrs
Parabéns pela matéria e assim que tiver outro roteiro aqui pelo Tocantins vou te convidar!!!

Equipe EcoViagem

Equipe EcoViagem

Olá Lenna, Que maravilha poder ter seu comentário nas minhas matérias. É um enorme prestígio! Quanto ao roteiro no Tocantins - convite feito, convite aceito!! rsrs. É só chamar que eu vou!! Forte abraço, Equipe EcoViagem (Thaís)
Luzia

Luzia

30/10/2009 11:40:30
Conheço Tapiraí, é tudo isso que foi mostrado por vocês e mais um pouco.

Equipe EcoViagem

Equipe EcoViagem

Olá Luzia, Então já pode dizer que não estou mentindo..rs! A cidade é maravilhosa mesmo, vale a visita! Abraços, Equipe EcoViagem (Thaís)
JORGE VELOZ comodoro adventure

JORGE VELOZ comodoro adventure

29/10/2009 21:22:34
PARABÉNS, MUITO BONITO O LUGAR EXCELENTES FOTOS.

Equipe EcoViagem

Equipe EcoViagem

Obrigada Jorge. Na verdade, o lugar ajuda!! Agradeço o comentário!! Equipe EcoViagem (Thaís)
Sonia

Sonia

29/10/2009 21:19:29
Então Thais, tem um valor lá em cima de 80,00 a que se refere a diária de suíte ou chale, casal ou individual, você pode me dizer, bjus

Equipe EcoViagem

Equipe EcoViagem

Olá Sonia, A diária é de R$80,00 no chalé com suíte. Para maiores informações entre em contato com a Pousada Recanto dos Pinheiros: Telefone: (11) 2421-5890 / (11) 7478-0050
Lúcia lima

Lúcia lima

29/10/2009 14:16:47
Olá, eu trabalho com turismo, sou de Salvador-BA e fiquei encantada com o lugar, gostaria de informações mais detalhadas de como chegar e como conseguir guia, ok! A matéria está maravilhosa parabens à toda equipe.

Equipe EcoViagem

Equipe EcoViagem

Olá Lúcia, Você obter maiores informações sobre Tapiraí aqui: [[http://ecoviagem.uol.com.br/brasil/sao-paulo/tapirai/|]] ou www.tapirai.sp.gov.br. Agracedemos o comentário! Abraços, Equipe EcoViagem (Thaís)
Sonia

Sonia

28/10/2009 20:24:49
Achei lindo o lugar, o fogão a lenha, a pousada bem aconchegante, vou tentar conhecer assim que puder. Não tinha ouvido falar antes desta matéria.

Equipe EcoViagem

Equipe EcoViagem

Olá Sonia, Realmente, o lindo é lindo! A pousada super aconchegante e a comida no fogão à lenha, então...rsrs, maravilhosa!!! Recomendo que reserve um final de semana e vá conhecer esta linda cidade. Abraços, Equipe EcoViagem (Thaís)
ELZA CRUZ/TURISMÓLOGA

ELZA CRUZ/TURISMÓLOGA

28/10/2009 09:40:21
BEM LEMBRADA TAPIRAÍ,POIS CONTEMPLAÇÃO É UMA SEGMENTAÇÃO TURÍSTICA QUE COMO TODAS DEVEM SER EXALTADAS.PARABÉNS A FOTÓGRAFA THAÍS SERRANO.
ELZA CRUZ/TURISMÓLOGA.

Equipe EcoViagem

Equipe EcoViagem

Olá Elza! Agradeço o comentário. Abraços, Equipe EcoViagem (Thaís)
Silvana

Silvana

23/10/2009 22:42:40
Adorei a matéria, quero agradecer a Thais pela reportagem que vai contribuir muito para desenvolver o turismo do nosso município.

Equipe EcoViagem

Equipe EcoViagem

Olá Silvana, Eu é que agradeço toda a hospitalidade e paciência! Espero que essa matéria possa ajudar, pelo menos um pouquinho, no desenvolvimento turístico da cidade! Grande abraço! Equipe EcoViagem (Thaís)