A medieval Rothenburg ob der Tauber

No fim de semana deixamos Nuremberg, cidade que gostamos muito, assim como a anterior Munique. Estamos indo agora rumo a Maintal, onde alugamos o motorhome. Precisamos voltar pra lá pra buscar material de divulgação que nos foi enviado do Brasil e uns pre

  
  

No fim de semana deixamos Nuremberg, cidade que gostamos muito, assim como a anterior Munique. Estamos indo agora rumo a Maintal, onde alugamos o motorhome. Precisamos voltar pra lá pra buscar material de divulgação que nos foi enviado do Brasil e uns presentinhos dos amigos que fizemos pelo caminho. Além, é claro, de alguns ajustes que o nosso carro está precisando: pequenos vazamentos que precisam de conserto, o cabo de eletricidade que não está funcionando...

Vista da cidade medieval no Vale do Tauber

Vista da cidade medieval no Vale do Tauber

No caminho para Maintal (a poucos quilômetros de Frankfurt), aproveitamos para conhecer Rothenburg ob der Tauber, que fica no cruzamento da Rota Romântica (no sul da Alemanha) com a Rota dos Castelos (de Mannheim, na Alemanha, a Praga , na República Tcheca).

A cidade tem casas encantadoras e arquitetura tradicional

A cidade tem casas encantadoras e arquitetura tradicional

O lugarejo de pouco mais de dez mil habitantes parece ter parado no tempo, há uns trezentos ou quatrocentos anos. Mesmo tendo sido parcialmente destruída num terremoto em 1356 e durante o fim da Segunda Guerra Mundial, a cidade foi reconstruída e hoje é protegida por leis de preservação. Cercada por muralhas, Rothenburg é uma cidade medieval encantadora.

O entardecer em Rothenburg

O entardecer em Rothenburg

Começamos a nossa visita pelas fortificações mais imponentes da muralha, na parte sul. O lugar é interessante e ainda podem ser encontrados canhões utilizados para proteger a cidade. Seguindo em direção a Marktplatz (Praça do Mercado), passamos por dezenas de casas antigas, algumas com madeirame à vista, chamadas de “fachwerhhaus”. As vitrines são cheias de brinquedos e artigos típicos (como canecos de chopp). A cidade é repleta de pequenos hotéis e pousadas, além de simpáticas padarias, onde se pode provar uma delícia típica da região: o schneeballen. O doce é feito de um emaranhado de massa frita, tem o formato de uma bola, é coberto por açúcar, canela ou chocolate.

Fachadas da cidade medieval

Fachadas da cidade medieval

Devido à situação geográfica acima do rio, o abastecimento de água era um problema antigamente em Rothenburg. Por isso, em toda cidade existem diversas fontes de água. Além de fornecer água potável para a população, as fontes eram um reservatório para apagar os incêndios. A fonte de São Jorge (também chamada de Herterichsbrunnen), de 1608, é a maior delas e se localiza na praça do mercado. Ela tem uma profundidade de oito metros e uma capacidade de cem mil litros. A Rathaus (prefeitura) é a mais importante construção da Marktplatz e mistura os estilos gótico e renascentista.

O calor que está fazendo aqui na Europa é tanto que durante o passeio na cidade qualquer sombra era um convite ao descanso. O nosso carro, infelizmente, não tem ar condicionado, por isso quando voltamos, ele mais parecia um forno e a água que saia das torneiras era morna... como se refrescar desse jeito? A temperatura só fica um pouco mais agradável depois do pôr-do-sol (quase às dez horas da noite)...

  
  

Publicado por em