A noite do rock progressivo em Montreux

O principal auditório do festival lotou para assistir ao Yes. A maioria do público já tinha cabelos brancos. Também, a banda inglesa de rock progressivo comemora no ano que vem 35 anos. Quando o primeiro cd foi lançado em 69, a formação da banda era difer

  
  

O principal auditório do festival lotou para assistir ao Yes. A maioria do público já tinha cabelos brancos. Também, a banda inglesa de rock progressivo comemora no ano que vem 35 anos. Quando o primeiro cd foi lançado em 69, a formação da banda era diferente da atual: Jon Anderson (vocal), Chris Squire (baixo e vocal), Tony Kaye (teclados), Bill Bruford (bateria) e Peter Banks (guitarra). No quarto disco, ¨Fragile¨, de 1972, entraram Stevie Howe (guitarra e vocal) e Rick Wakeman (teclados). No ano seguinte foi a vez de Alan White (bateria). Deste então, os integrantes da banda continuam os mesmos.

Os dinossauros do rock progressivo: Yes

Os dinossauros do rock progressivo: Yes

Para quem não conhece, o rock progressivo é marcado por trechos de instrumentais com canções longas e vocais melódicos. O estilo abarca ainda grupos como Pink Floyd, Jethro Tull e King Crimson. O show levou ao êxtase a platéia que cantou os antigos sucessos e não cansou de aplaudir os músicos. Stevie Howe hipnotizou a platéia, que fez silêncio absoluto para ouvir seu solo de violão.

Jon Anderson é o vocalista da banda desde os primeiros anos da banda

Jon Anderson é o vocalista da banda desde os primeiros anos da banda

A noite foi inteiramente dedicada ao Yes, que não dividiu o palco com ninguém. A apresentação da banda durou cerca de três horas, com intervalo de 20 minutos. Embora não sendo apaixonadas pela banda, não poderíamos perder a oportunidade de conferir de perto esses dinossauros do rock. E, valeu a experiência!

O público delirou durante os solos de Stevie Howe

O público delirou durante os solos de Stevie Howe

Assim nos despedimos de Montreux. Depois de quase uma semana de shows, nós encerramos o festival de Jazz com muito rock, mas ele continua até o dia 22 deste mês.

A platéia de quarentões e cinquentões

A platéia de quarentões e cinquentões

Valeu Maria Bethânia, Gilberto Gil, Chico César, Falamansa, Cidade Negra, Luciana Mello, Jair Rodrigues, Jair de Oliveira e João Gilberto por nos trazerem um pouco do Brasil e nos ajudar a matar a saudade da terrinha amada!

Valeu Montreux, e até uma próxima...

  
  

Publicado por em