A tranqüilidade de despertar ao lado do mar...

Acertamos em cheio quando decidimos passar a noite em Meia Praia, ainda em Lagos, a poucos metros do mar. Acordar com o mar no quintal de casa foi ótimo, pena que não pudemos carregar esse quintal conosco. Aproveitamos parte da manhã para caminhar pela ar

  
  

Acertamos em cheio quando decidimos passar a noite em Meia Praia, ainda em Lagos, a poucos metros do mar. Acordar com o mar no quintal de casa foi ótimo, pena que não pudemos carregar esse quintal conosco. Aproveitamos parte da manhã para caminhar pela areia e molhar os pés na água, um pouco fria. Ficamos ali admirando a paisagem e depois seguimos para Faro, uma das mais importantes cidades do sul de Portugal e capital do estado do Algarve.

O lugar privilegiado que encontramos em Meia Praia

O lugar privilegiado que encontramos em Meia Praia

A viagem foi rápida. Depois de rodar um pouco pela cidade encontramos um estacionamento enorme que fica bem ao lado do centro histórico da cidade. Faro já teve vários nomes. Já foi chamada de Ossonoba, Santa Maria e Hárune. A cidade esteve sob a dominação romana e árabe. Em 1249, Faro foi integrada ao território português completando o ciclo de reconquista cristã do espaço geográfico que hoje é Portugal. Na cidade ainda é possível encontrar os vestígios dos dominadores. Alguns contornos e até mesmo o branco muito freqüente na pintura das casas é uma tradição mourisca.

Nossa vista da janela do quarto...

Nossa vista da janela do quarto...

Preparamos o almoço e depois Patrícia e Fabiula foram até o escritório de informações turísticas para buscar mapas e algumas informações sobre a cidade. Entre as atrações importantes de Faro, gostaríamos muito conhecer a capela dos ossos que fica na Igreja do Carmo. Queríamos compará-la a capela que visitamos em Kutná Hora, na República Tcheca, você se lembra? Mas fomos informadas que àquela hora seria difícil visitar os monumentos e igrejas, já estava tarde. Decidimos deixar para o dia seguinte. Sairíamos cedo de casa e nada ficaria pra trás.

Um pássaro voa tranqüilo depois de ter pescado o seu almoço

Um pássaro voa tranqüilo depois de ter pescado o seu almoço

O próprio serviço turístico de Faro sugere o turista conhecer a cidade em um dia. Um mapa indica o caminho a ser feito a pé, não é muito extenso. A vantagem do lugar é que o centro histórico se concentra em algumas quadras, numa região cercada por muralhas. Algumas poucas atrações estão fora, mesmo assim são de rápido acesso. Bem, isso tudo foi o que o funcionário nos explicou. Vamos confirmar amanhã...

Muralhas que cercam o centro histórico de Faro

Muralhas que cercam o centro histórico de Faro

Demos um pulo na internet para atualizar o site e checar os últimos e-mails. O preço não era caro, mas a conexão era lentíssima. O que normalmente fazemos em menos de uma hora, levamos uma hora e meia para fazer... Tudo bem!

As interessantes e típicas chaminés do Algarve

As interessantes e típicas chaminés do Algarve

Dando uma volta pela cidade, percebemos que as chaminés aqui são quase objetos de arte. Normalmente elas fogem àquela arquitetura tradicional. Aqui ganham várias formas e desenhos. As que mais encontramos foram as arredondadas, sempre pintadas com um branco impecável. E isso não se restringe a Faro, vimos o mesmo em várias outras cidades do Algarve.

Voltamos para o carro e percebemos que éramos vizinhas do trilho do trem. Decidimos mudar o motorhome de lugar. Esperamos o estacionamento esvaziar um pouco e escolhemos uma vaga mais distante da barulheira do comboio (é como os portugueses chamam os trens).

Faro é uma cidade praticamente litorânea. Praticamente porque entre a cidade e o mar existe uma área alagadiça bastante grande que depois fomos descobrir ser o Parque Natural da Ria Formosa. O lugar de preservação é o viveiro de dezenas de flamingos. Pena que não conseguimos avistar nenhum... Para se chegar à praia de Faro é preciso rodar por oito quilômetros, queríamos conhecê-la, mas decidimos fazer isso no dia em que iríamos seguir viagem para Sevilha, na Espanha.

  
  

Publicado por em