Adeus Ano Velho, Feliz Ano Novo...

O último dia do ano aqui em Lido di Óstia (lê-se Roma) amanheceu chuvoso e não tinha cara de festa, mas não nos deixamos abater. Fomos ao mercado logo cedo para garantir os ingredientes de nossa ceia de Ano Novo. Excepcionalmente tiramos do cardápio a len

  
  

O último dia do ano aqui em Lido di Óstia (lê-se Roma) amanheceu chuvoso e não tinha cara de festa, mas não nos deixamos abater. Fomos ao mercado logo cedo para garantir os ingredientes de nossa ceia de Ano Novo. Excepcionalmente tiramos do cardápio a lentilha, mas não faltariam farofa bem brasileira, arroz, maionese, uma carninha de porco (nos perdoem os vegetarianos), uma salada e patê de entrada. Reservamos o último dia para ficarmos na cozinha.

Reveillon em Roma: Eurotrip e os nossos anfitriões italianos e brasileiros

Reveillon em Roma: Eurotrip e os nossos anfitriões italianos e brasileiros

No fim da tarde, ligamos para o nosso amigo Adriano Gasparini (o fotógrafo que conhecemos quando demos entrevista a rádio Rai) para convidá-lo para nos fazer uma visita ainda em 2003 ou em 2004... Combinamos que nos veríamos no dia seguinte, no café da manhã... Cláudia e Patrícia aproveitaram que estávamos na beira da praia e foram ofertar umas flores brancas para Iemanjá...

Não poderiam faltar na nossa ceia a brasileiríssima farofa...

Não poderiam faltar na nossa ceia a brasileiríssima farofa...

Seguimos com a preparação da nossa ceia ao som de músicas bem brasileiras e já começamos a “beliscar” a mesa de Fim de Ano. De repente, ouvimos um batuque do lado de fora do carro. “Tem gente aí”, disse a Cláudia... Abrimos a porta e lá estavam Adriano e sua namorada Monia. Resumindo a história, Adriano cruzou metade de Roma e mais um pouco para ir nos buscar para passar a meia-noite na casa da mãe dele com todo o restante da família que vive aqui em Roma.

... e a maionese

... e a maionese

Precisamos de alguns minutos para arrumar a casa e caímos na estrada. Em pouco mais de meia hora chegávamos ao aconchegante apartamento dos Saccorro e Gasparini na Itália. Conhecemos todos, uma verdadeira família ítalo-brasileira! Adriano disse que não ficaria bem em casa se não nos buscasse. O convite foi um presente, a noite foi encantadora. A lentilha que não preparamos, Rosana, mãe de Adriano, preparou. O jantar estava delicioso.

De entrada, uma salada de tomate com mussarela de búfala...

De entrada, uma salada de tomate com mussarela de búfala...

Pouco antes da meia-noite fomos para a imensa varanda do apartamento ver os fogos de artifício de Roma. Assim como no Brasil, os italianos adoram muita luz e barulho na virada do ano.

e um deliciosos patê francês

e um deliciosos patê francês

Dez, nove, oito, sete, seis, cinco, quatro, três, dois, um... FELIZ ANO NOVO!!!!!!!!!!!!!! Pela primeira vez na vida, começamos o ano num país tão distante do nosso país e cheias de roupas para suportar o frio. Mas não deixamos de cantar as músicas brasileiras tradicionais de Ano Novo e a saudade de quem deixamos no Brasil quase ficou esquecida, graças aos nossos novos amigos.

Depois foram servidos os doces e todos se reuniram para jogar a tômbola (bingo, para nós brasileiros). As conversas seguem animadas, ora em português, ora em italiano. Depois de tanta emoção, Adriano e Monia nos convidaram para dar uma volta por Roma nesse iniciozinho de 2004. Fabiula não agüentou o sono e se entregou aos braços de Morfeu. Mas Cláudia e Patrícia aceitaram o convite.

Já eram mais de três da madrugada e as ruas de Roma não estavam tão congestionadas, mesmo assim havia bastante movimento. Conhecemos o Auditório da Música (um complexo futurista de arquitetura arrojada composto por três prédios), depois seguimos para o centro da cidade. Fomos para na Fontana de Trevi que ainda estava tomada por italianos e turistas. O lugar é belíssimo, no primeiro dia do ano parece ainda mais mágico. Fizemos os nossos pedidos, jogamos as tradicionais moedinhas e saímos de lá com uma rosa cada uma, presente de Ano Novo de Adriano.

Quando chegamos no carro, o relógio já marcava seis da manhã... Boa noite quase bom dia nesse primeiro de janeiro de 2004...

  
  

Publicado por em