Ainda em Lourdes

Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre a história da cidade de Lourdes. Um filme de 30 minutos nos esperava no Centro de Informações do Santuário, bem em frente à Basílica. Enquanto Patrícia e Cláudia ficaram no carro, Fabiula, seu Taufer e dona Elair se

  
  

Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre a história da cidade de Lourdes. Um filme de 30 minutos nos esperava no Centro de Informações do Santuário, bem em frente à Basílica. Enquanto Patrícia e Cláudia ficaram no carro, Fabiula, seu Taufer e dona Elair seguiram para o centro. O dia não estava colaborando muito para os passeios, já que de tempo em tempo caía uma chuva fina que hoje não nos pegou despreparados como ontem.

No detalhe da capela a lembrança de um dos pedidos: Rezem o terço

No detalhe da capela a lembrança de um dos pedidos: Rezem o terço

A projeção do filme é gratuita e está disponível em várias línguas, basta marcar um horário. O vídeo é bastante ilustrativo e relata a vida da pequena Bernadette, as Aparições de Nossa Senhora, seus milagres, a construção do Santuário e as peregrinações. Lourdes recebe todos os anos mais de 6 milhões de visitantes. Destes, pelo menos 80 mil são doentes a procura de “um sentido para o seu sofrimento físico e moral”.

As orações e a chama das velas nunca cessam no Santuário

As orações e a chama das velas nunca cessam no Santuário

Santa Bernadette - como veio a ser chamada desde o dia 08 de dezembro de 1933, quando foi canonizada pelo papa Pio XI - tem seu corpo e rosto mantidos intactos na capela do convento de Nevers, a 800 quilômetros de Lourdes. Milagre ou não, sua expressão serena está lá exposta, para crédulos e incrédulos, depois do corpo ter passado por três exumações e ser atestado que não havia passado por nenhum processo químico ou de conservação.

Os fiéis diante da gruta e da imagem da Imaculada Conceição

Os fiéis diante da gruta e da imagem da Imaculada Conceição

Ainda em Lourdes é possível conhecer as casas onde a pequena Bernadette viveu com os pais e os irmãos antes e depois das 18 Aparições. A cerca de quatro quilômetros dali, em Bartrès, está a pequena casa, onde a filha mais velha de Louise e François Soubirous passou alguns meses de inverno protegendo-se do frio antes de retornar a sua cidade.

Esta região já trazia uma tradição em receber a visita de peregrinos. Quando Bernadette vê a Imaculada Conceição em 1858, Nossa Senhora de Garaison, a 75 quilômetros de Lourdes, já era um centro mariano desde 1515, quando a Virgem Maria apareceu para Anglèse de Sagazan, uma pequena pastora de 12 anos.

O Guia Oficial dos Santuários indica seis caminhos de peregrinação para os fiéis, partindo de Bartrès (4 Km), Bétharram (15 Km), Ibos (22 Km), Pau (40 Km), Tournay (30 Km) e Piétat (30 Km). A primeira dela aconteceu em 1872. Um ano mais tarde, 183 peregrinações levam a Lourdes 140 mil fiéis. Com elas nascem também as grandes cerimônias: o culto eucarístico, a procissão e bênção dos doentes e a bela procissão das velas. Esta última foi apreciada por Cláudia e Patrícia, depois que a primeira turma voltou para o motorhome já cansada do dia de caminhada pelas vielas da cidade sagrada.

Quem quiser acompanhar o Terço rezado direto da Gruta de Lourdes pode acessar a internet no endereço www.radiopresence.com das 10h30 às 11h diariamente (lembrando que no Brasil estamos no horário de verão, por isso agora as transmissões acontecem uma hora antes). Quem quiser saber mais sobre o Santuário, as histórias de Lourdes e as mensagens de Nossa Senhora pode consultar também o site www.lourdes-france.com .

  
  

Publicado por em