As operadoras de Hamburgo

Hoje é dia de fazermos as visitas às operadoras e falar da nossa querida Foz do Iguaçu. Saímos cedo. Desta vez foram quatro as agências, apenas uma delas não faz viagens para o Brasil – mais uma oportunidade de criarmos interesse em clientes novos. O que

  
  

Hoje é dia de fazermos as visitas às operadoras e falar da nossa querida Foz do Iguaçu. Saímos cedo. Desta vez foram quatro as agências, apenas uma delas não faz viagens para o Brasil – mais uma oportunidade de criarmos interesse em clientes novos. O que nos chamou atenção é que, assim como em Hanôver, a preferência dos turistas é pelas ilhas espanholas e também por Cuba. Foram propagandas desses dois destinos que mais observamos nas vitrines das agências.

Para Babett Mesecke, a língua portuguesa é uma barreira para os alemães

Para Babett Mesecke, a língua portuguesa é uma barreira para os alemães

Em uma das agências, descobrimos que apenas seis pessoas viajam para o Brasil por ano em outra, 15 pessoas. Essa é a informação não tão boa, a notícia satisfatória é que a maioria inclui no destino as Cataratas do Iguaçu. Segundo uma das agentes, a língua é uma das barreiras para os alemães, por isso também a escolha por países europeus.

  
  

Publicado por em