Completamos os três mil quilômetros

Na nossa primeira noite de volta a Alemanha, já percebemos que esse país é mais gelado do que a Holanda, onde já estávamos acostumadas. Logo cedo, preparamos os roteiros para chegar os locais que pretendíamos ir: agências de viagens, imprensa, prefeitura

  
  

Na nossa primeira noite de volta a Alemanha, já percebemos que esse país é mais gelado do que a Holanda, onde já estávamos acostumadas. Logo cedo, preparamos os roteiros para chegar os locais que pretendíamos ir: agências de viagens, imprensa, prefeitura e alguns pontos turísticos.

Antigo cemitério no centro de Hanôver

Antigo cemitério no centro de Hanôver

Hanôver é uma cidade lindíssima, bastante moderna, com mais de 600 mil habitantes. Pouco sobrou do lugar depois da Segunda Guerra Mundial. O primeiro trabalho foi a visita às agências. Visitamos três, duas que já trabalham com o Brasil e outra que não. O que nos chamou atenção foi não termos encontrado na vitrine de nenhuma delas cartazes com paisagens ou preços de pacotes para o Brasil. O que víamos muito eram informações sobre Cuba, ilhas espanholas e gregas. Deixamos o nosso material e aproveitamos pra falar do encanto que são as Cataratas do Iguaçu.

Visita à agência de turismo

Visita à agência de turismo

Na visita à imprensa, não tivemos muito êxito. Num dos maiores jornais da cidade, a jornalista responsável estava sem tempo e num outro periódico não encontramos ninguém. Tudo bem... é assim mesmo. Tentamos novamente na próxima.

Eurotrip entrega material sofre Foz em outra agência

Eurotrip entrega material sofre Foz em outra agência

Por fim, fomos dar uma volta na cidade. O nosso carro ficou estacionado num local bem central. O que permitiu que caminhássemos pelo centro. Visitamos a Marktkirche St. Georg und St. Jacobus, datada de 1357. Esta construção se transformou em ruínas durante a Segunda Guerra, mas foi reconstruída perdendo um pouco da beleza inicial que pode ser vista em pinturas e retratos fixados na parede da igreja. Neste bairro medieval, encontramos características construções do século 15 com madeirame à vista.

Pão com salsichão: uma delícia

Pão com salsichão: uma delícia

Um cemitério antigo e as ruínas de uma igreja bem no centro de Hanôver surpreendem. Quem descuida pode até pisar sobre as lápides porque não existem muros. Conhecemos então a prefeitura da cidade. Um prédio lindíssimo que fica em frente a um imenso lago. O lugar é bucólico e encantador. Infelizmente não tínhamos muito tempo para ficar admirando a paisagem. Mas o tempo que dispúnhamos foi muito bem aproveitado. O lanche foi tipicamente germânico: pão com salsichão e alguma mostarda.

Pegamos estrada novamente rumo a Hamburgo. No meio do caminho, completamos três mil quilômetros de viagem. Passamos a noite num outro estacionamento à beira da estrada. A noite estava gelada, perto da meia-noite os termômetros marcavam apenas um grau. Que frio brbrbrbrbr!!!

  
  

Publicado por em