Dia de receber visitas

Durante toda a manhã aproveitamos para colocar em dia o nosso diário de bordo e editar as centenas de fotos que não cansamos de fazer. No final da tarde, após atualizarmos o site, voltamos para casa a fim de preparar um delicioso cachorro-quente, especial

  
  

Durante toda a manhã aproveitamos para colocar em dia o nosso diário de bordo e editar as centenas de fotos que não cansamos de fazer. No final da tarde, após atualizarmos o site, voltamos para casa a fim de preparar um delicioso cachorro-quente, especialidade da Fabiula.

Ponte das Correntes e vista da região de Peste, na capital

Ponte das Correntes e vista da região de Peste, na capital

Arrumamos tudo e ficamos aguardando a chegada de nossos convidados, Klayber e Miriam, que chamaram outro amigo. Acabamos conhecendo mais um brasileiro que vive aqui há uns cinco anos, o Daniel. Um carioca filho de pai húngaro e mãe brasileira que veio conhecer o país e acabou se apaixonando por Budapeste e ficou. Daniel nos deu um mapa do país e nos indicou alguns lugares bonitos para conhecermos. Como precisava acordar cedo no dia seguinte, ele não ficou muito tempo conosco. Mas, prometeu voltar.

Depois de longos bate-papos, resolvemos jogar cartas. Os jogos foram variados, rodadas de mau-mau, bate-mão e desconfio (um jogo novo que aprendemos com a Miriam). Ficamos até as duas horas da manhã nos divertindo. Uma noite mais do que agradável com nossos novos amigos.

  
  

Publicado por em