Dias para recuperar o fôlego e o caixa da expedição

Na sexta-feira descansamos e muito... Quando lembrávamos da saga de Natal não sabíamos se ríamos ou chorávamos. Tínhamos que controlar os nervos e os gastos, já que havíamos feito uma grande extravagância para chegarmos até o motorhome no dia de Natal. O

  
  

Na sexta-feira descansamos e muito... Quando lembrávamos da saga de Natal não sabíamos se ríamos ou chorávamos. Tínhamos que controlar os nervos e os gastos, já que havíamos feito uma grande extravagância para chegarmos até o motorhome no dia de Natal. O caixa permaneceu fechado na sexta-feira e no sábado. Aproveitamos para escrever, editar fotos e organizar as filmagens.

Um dos belíssimos túmulos na Basílica São Pedro

Um dos belíssimos túmulos na Basílica São Pedro

Descobrimos que no último domingo de cada mês não há cobrança de ingressos para quem quer visitar o Museu do Vaticano. Conhecer a Capela Sistina era um dos nossos desejos desde que chegamos aqui. Então nos programamos para a visita.

Túmulo do Papa João Paulo I

Túmulo do Papa João Paulo I

O domingo amanheceu chuvoso, meio sem graça. Mesmo assim nos preparamos e fomos rumo ao centro de Roma. É claro que antes nos certificamos de que haveria trem e metrô para voltarmos para casa. Estamos um pouco distantes, por isso quando chegamos ao Vaticano já passava do meio-dia.

O trabalho impressionante de Michelângelo na Cúpula da Basílica São Pedro

O trabalho impressionante de Michelângelo na Cúpula da Basílica São Pedro

Seguimos as placas que indicavam o museu. No caminho, percebemos que uma multidão fazia o caminho inverso ao nosso. Mas não nos impressionamos e seguimos. A poucos metros da porta do museu, vimos um cartaz informando que ele fica aberto somente até as 12h20, ou seja, já não conseguiríamos mais entrar. Vocês já perceberam que nós não damos uma dentro quando se trata de Vaticano...

Detalhe da coluna de Bernini no altar principal da Basílica

Detalhe da coluna de Bernini no altar principal da Basílica

Acabamos visitando mais uma vez a basílica. Prestamos mais atenção aos detalhes e descemos até a cripta onde estão os restos mortais de São Pedro e os túmulos de vários papas.

Estação Cristóforo Colombo em Lido di Óstia

Estação Cristóforo Colombo em Lido di Óstia

Tomamos o rumo de volta pra Lido di Óstia meio desenchavidas. Desembarcamos no terminal de trem e caminhamos uns dois quilômetros para buscar o carro no camping onde o havíamos deixado novamente por questões de segurança.

Foi difícil pregar o olho nessa noite. Uma ventania baixou em Lido di Óstia e o nosso motorhome, junto com outros seis que estavam do nosso lado, não parava de balançar. Em uma determinada hora o vento formou uma tempestade de areia. Nossa sorte é estarmos dentro do carro e nós só pretendíamos botar o pé na rua na segunda-feira pela manhã.

  
  

Publicado por em