Em breve deixaremos a República Tcheca

Enquanto aguardamos a solução de umas poucas questões que ainda nos seguram na República Tcheca, aproveitamos a tranqüilidade de Ceske Krumlov para curtir um pouco a cidade. Em breve estaremos voltando a Praga e depois seguimos para a Áustria. Daqui até o

  
  

Enquanto aguardamos a solução de umas poucas questões que ainda nos seguram na República Tcheca, aproveitamos a tranqüilidade de Ceske Krumlov para curtir um pouco a cidade. Em breve estaremos voltando a Praga e depois seguimos para a Áustria. Daqui até o final da expedição o ritmo da viagem vai ser outro: pé na tábua, quase sem descanso. Afinal, o nosso tempo está correndo e ainda temos muitas coisas a serem feitas e os próximos países – outros 16 - também são bem maiores.

Na praça central de Ceske Krumlov, turistas passeiam sem compromisso

Na praça central de Ceske Krumlov, turistas passeiam sem compromisso

O passeio a pé por entre as vielas de Ceske Krumlov encanta a todos que gostam da nostalgia das cidades pequenas e milenares, por onde correm pequenos rios. O sol renova o sorriso no rosto das pessoas, as janelas das casas voltam a se abrir e não faltam vizinhos conversando assim sobre a cabeça dos incontáveis turistas. As lojas de artesanato vivem cheias e as câmeras fotográficas não têm descanso. Não é por menos, pra cada lado que se olhe se tem uma bela paisagem de cartão postal. Turista leva uma vida boa, não?

Um brinde com a melhor cerveja do mundo: a Pilsner Urquell

Um brinde com a melhor cerveja do mundo: a Pilsner Urquell

Sentadas em um barzinho à beira do rio Vlatava bebendo uma típica cerveja tcheca, pra não dizer a melhor, pensávamos: ‘Que pena que Ceske Krumlov é tão longe do Brasil! Seria ótimo pegarmos o carro no final de semana e vir pra cá...’ Não custa nada sonhar, não é gente? Bem, nem é tanto sonho assim, quem sabe se não viemos todas morar e trabalhar aqui na República Tcheca mais tarde... Tudo é questão de se planejar.

Às margens do rio Vlatava, toda a tranqüilidade e beleza das pequenas cidades tchecas

Às margens do rio Vlatava, toda a tranqüilidade e beleza das pequenas cidades tchecas

Depois de um belo dia de sonhos e elucubrações, voltamos pra o carro. Famintas, queríamos fazer algo bem gostoso e rápido de se preparar. Pensamos então em um grill. Preparamos tudo e curtíamos o cheirinho bom das lingüiças assando, quando fomos surpreendidas por uma tempestade relâmpago, acompanhada de um quase tufão. Que correria... segura isso, segura aquilo, recolhe aquele outro. Ufa, conseguimos ajeitar tudo a tempo. Mas, o jantar teve que ser dentro de casa mesmo, com o carro balançando por causa da ventania. A gente passa por cada uma... Tudo pra sair um pouco da rotina! ;-)

...não nos cansamos de admirar a torre do castelo Krumlovsky Zamek, agora cercada de verde

...não nos cansamos de admirar a torre do castelo Krumlovsky Zamek, agora cercada de verde

  
  

Publicado por em