Londres é a nossa São Paulo...

Num passeio descompromissado por Londres, fugindo dos destinos turísticos tradicionais, é possível conhecer uma cidade completamente diferente da Londres rica e organizada que freqüentemente vemos pela televisão. E não é preciso andar muito para a perifer

  
  

Num passeio descompromissado por Londres, fugindo dos destinos turísticos tradicionais, é possível conhecer uma cidade completamente diferente da Londres rica e organizada que freqüentemente vemos pela televisão. E não é preciso andar muito para a periferia para ver ruas imundas, estações de metrô e túneis para pedestres pra lá de mal cheirosos, que mais parecem banheiro público ao ar livre.

A tradicional marca do metrô londrino, o mais antigo do mundo

A tradicional marca do metrô londrino, o mais antigo do mundo

Bem no coração de Londres, a pouquíssimas quadras de Picadilly Circus, uma feira de frutas e verduras deixa, no fim da tarde, um rastro de sujeira mais parecido com Cidade do Leste, no Paraguai, na fronteira com Foz do Iguaçu. Pelo menos lá era assim quando começamos a expedição em fevereiro desse ano.

Conhecemos o bonito e o feio de Londres

Conhecemos o bonito e o feio de Londres

A criminalidade por aqui chega a ser assustadora. E não é apenas porque fomos vítimas dos ladrões. Parece que cada morador de Londres tem uma história pra contar. São poucos os que ainda não viveram uma experiência dessas. Alguns londrinos chegam a carregar o cartão de crédito por baixo da roupa. Quem vive aqui há pelo menos cinco ou seis anos comenta que de um ano e meio pra cá a situação tem piorado muito.

Muitos que chegam como turistas acabam ficando por aqui

Muitos que chegam como turistas acabam ficando por aqui

A violência à mão-armada não é comum, mas a insegurança já começa atingir a todos. Muitos têm medo da entrada de países do Leste Europeu na Comunidade Européia. Na verdade, nos sentimos muito mais seguras na Polônia, Hungria e República Tcheca do que aqui.

Apesar disso tudo estamos adorando Londres. Parece engraçado... Londres é a nossa São Paulo. Uma cidade de tudo e de todos. Tem gente que diz que a cidade é o coração do mundo, talvez até seja... Com tantas culturas misturadas, às vezes, fica difícil saber qual é o estilo inglês por aqui.

Bem, nesses dias temos conhecido muita gente. No nosso vai-e-vem em busca de novos parceiros conhecemos muitos brasileiros que viram em Londres a possibilidade de uma vida diferente, quem sabe até melhor do que no Brasil. Conhecemos Clênio, da Mizz Brazil (uma loja especializada em música brasileira), ele nos indicou a Marina, da ML Properties (uma empresa de acomodação em Londres), ela por sua vez nos apresentou ao Carlos, da WA (uma companhia de transferência de dinheiro). Conhecemos ainda outro paranaense, Victor da Uno.

Por falar em brasileiros em Londres, é impressionante a quantidade de pessoas do norte a sul do Brasil que está na capital inglesa. Na Oxfort Street, é mais comum ouvir o português do que o inglês, sem exagero. Um bar, que fica nos fundos de uma loja de conveniência, é super freqüentado por brasileiros. O Bar do Luiz é um ponto de encontro. No mural, dezenas de bilhetinhos oferecem vagas para dividir apartamento, emprego e outros tantos se oferecem para trabalhar. No balcão, feijão, farofa e empadinha. Os preços não são caros para o padrão londrino e os brasileiros se divertem...

  
  

Publicado por em