Muita chuva e folga no domingo

Tínhamos decidido que o domingo seria destinado para conhecer o que ainda faltava de Lisboa: a catedral da Sé, o elevador Santa Justa, o Castelo de São Jorge, o Mosteiro São Jerônimo (que só conhecemos por fora) e outras tantas atrações da cidade. Mas nos

  
  

Tínhamos decidido que o domingo seria destinado para conhecer o que ainda faltava de Lisboa: a catedral da Sé, o elevador Santa Justa, o Castelo de São Jorge, o Mosteiro São Jerônimo (que só conhecemos por fora) e outras tantas atrações da cidade. Mas nossos projetos foram literalmente por água abaixo. Acordamos com uma chuva torrencial que se estendeu por todo o dia. Tivemos que aproveitar um pequeno intervalo da chuvarada para ir ao mercado, a poucos passos do motorhome.

O teleférico faz parte do complexo construído para a Expo 98

O teleférico faz parte do complexo construído para a Expo 98

À noite, acompanhamos os telejornais portugueses que mostraram os estragos: ruas cobertas d’água, carros arrastados pela força da enxurrada, casas alagadas e pessoas contabilizando os prejuízos. O rio Tejo, que banha Lisboa e outras cidades de Portugal, subiu repentinamente causando os problemas. Ainda bem que estávamos num local bem alto e completamente seguro...

A bandeira brasileira ao lado de outras tantas em frente ao shopping Vasco da Gama

A bandeira brasileira ao lado de outras tantas em frente ao shopping Vasco da Gama

Como o domingo de trabalho se tornou um domingo de folga, acordamos bem tarde e aproveitamos o dia pra fazer absolutamente nada... Na verdade, assistimos à TV, uns dois ou três filmes. Para a sorte dos portugueses, há canais abertos que apresentam um filme grudado no outro no domingo. Tudo bem que não são exatamente estréias, mas é melhor do que ter que agüentar Faustões e Gugus... Outro detalhe, aqui os filmes não são dublados, são legendados. E aí tivemos um pequeno problema. Como a nossa TV é minúscula, as legendas eram quase microscópicas, mas conseguimos nos divertir mesmo assim...

O Oceanário de Lisboa

O Oceanário de Lisboa

Acabamos esquecendo de comentar alguns detalhes sobre o nosso passeio de ontem. Na saída do oceanário, demos uma volta no complexo que foi construído para a Expo 98 e vimos o centro comercial Vasco da Gama, o Pavilhão do Conhecimento e a belíssima Estação Oriente. Como o nome já diz, uma estação de ônibus e metrô super arrojada. À noite o lugar fica ainda mais bonito por causa da iluminação. Ainda na estação, não conseguimos desviar de uma feira do livro. Uma infinidade de livros bons e baratos. Que loucura!

Detalhe da bela Estação Oriente

Detalhe da bela Estação Oriente

Adormecemos na torcida de uma segunda-feira de sol...

Feira de Natal do Livro na capital portuguesa

Feira de Natal do Livro na capital portuguesa

  
  

Publicado por em