Tom Jobim é homenageado no Festival de Montreux

Hoje a noite será dedicada quase que exclusivamente ao grande compositor brasileiro Antonio Carlos ‘Tom’ Jobim, ao embalo doce da Bossa Nova. Apresentam-se João Gilberto e M2S (Paula e Jacques Morelenbaum e Ryuichi Sakamoto), encerrando assim a passagem d

  
  

Hoje a noite será dedicada quase que exclusivamente ao grande compositor brasileiro Antonio Carlos ‘Tom’ Jobim, ao embalo doce da Bossa Nova. Apresentam-se João Gilberto e M2S (Paula e Jacques Morelenbaum e Ryuichi Sakamoto), encerrando assim a passagem dos brasucas pelos palcos do 37° Jazz Festival de Montreux.

Paula Morelenbaum abriu a noite

Paula Morelenbaum abriu a noite

Para os que não o conhecem, Jacques Morelenbaum é violoncelista de Caetano Veloso, Gal Costa e Milton Nascimento e já trabalhou com o saudoso Tom Jobim, o maestro da Bossa Nova. Juntos, os Morelenbaum e Sakamoto (pianista, compositor, maestro e ator) gravaram o cd ‘Casa’. A noite promete… Apesar de afinada, Paula não tem presença de palco tornando o show um pouco cansativo.

João Gilberto, bem mais simpático que o habitual

João Gilberto, bem mais simpático que o habitual

João Gilberto não permitiu que fossem feitas fotos suas durante o show e nem mesmo a movimentação dos cinegrafistas durante a sua apresentação... ele é um mala ou não é? Apesar das exigências, o compositor estava mais simpático do que de costume, sorriu e brincou com a platéia. Chegou até a atender pedidos. `Garota de Ipanema` foi um deles. Embora João Gilberto tenha tocado grandes sucessos, durante o show muitas pessoas deixaram o auditório.

O criador da Bossa Nova junto com Tom Jobim atendeu a pedidos da platéia

O criador da Bossa Nova junto com Tom Jobim atendeu a pedidos da platéia

Até o dia 19, quando termina o festival deste ano, teremos ainda as presenças de Yes, Simply Red e Jamiroquai. O diretor e fundador do festival, Claude Nobs, anunciou hoje durante uma entrevista que existe um projeto em conjunto entre o Festival de Montreux e o Ministro da Cultura Gilberto Gil em realizar o festival no Brasil, nos estados da Bahia, Pernambuco e Rio de Janeiro. Vamos aguardar e torcer...

Na ordem: Fabiula, Evelin, Alexsandro, Stephan, Léo, Claudia, Ruti e Patricia

Na ordem: Fabiula, Evelin, Alexsandro, Stephan, Léo, Claudia, Ruti e Patricia

Somente um país quase continente como o Brasil pode oferecer uma pluralidade musical tão grande. Foram três noites de festival com ritmos bem diversificados, todos com sucesso de público. Salve Brasil!!!

Antes de virmos para os shows de hoje, fomos convidadas para tomar um vinho com Léo, um brasileiro que conhecemos há poucos dias em Vevey. O encontro foi em um gramado na beira do Lago Léman. Lá conhecemos sua irmã Ruti e seu cunhado Alexsandro, além dos seus também novos amigos suíços Evelin e Stephan. Ficamos de nos encontrar mais tarde, depois dos shows desta noite.

As fotos dos shows deste domingo você pode acompanhar a partir dessa segunda-feira. Até lá…

  
  

Publicado por em