Visitas ao consulado e agências

Hoje é dia de visitas oficiais. Arrumamos então todo o material de divulgação e cartões necessários e mãos à obra. A primeira parada da lista é no Consulado do Brasil em Barcelona. Aqui temos um encontro já marcado em Madri pelo nosso amigo Hildebrando (d

  
  

Hoje é dia de visitas oficiais. Arrumamos então todo o material de divulgação e cartões necessários e mãos à obra. A primeira parada da lista é no Consulado do Brasil em Barcelona. Aqui temos um encontro já marcado em Madri pelo nosso amigo Hildebrando (da Embaixada) com o senhor Francisco, do setor comercial. Fomos muito bem recebidas por este catalão de nascimento, que conseguiu a cidadania brasileira graças aos seus sérvios prestados ao Consulado do Brasil em Frankfurt.

Cláudia e o cônsul José Marcus Vinícius de Sousa no consulado do Brasil em Barcelona

Cláudia e o cônsul José Marcus Vinícius de Sousa no consulado do Brasil em Barcelona

Organizadíssimo, o senhor Francisco nos mostrou todo o material que dispõe no consulado para a promoção do Brasil aos espanhóis. Como na maioria das Embaixadas e Consulados por onde já passamos, muito do que ele dispõe para mostrar aos interessados foi arquitetado por ele mesmo, como listas de endereços para consulta na internet, disquetes com informações gerais do nosso país e kits com panfletos sobre as coisas do Brasil. “É claro que isto está muito aquém daquilo que realmente serial o ideal, mas antes o que temos do que nada”, apontou.

Visita na agência Viajes Ibéria

Visita na agência Viajes Ibéria

Francisco fez questão de que conversássemos com o cônsul geral, senhor José Marcus Vinícius de Sousa. Enquanto aguardávamos o encontro, nosso anfitrião nos deu dicas sobre o melhor caminho a fazermos até a Itália, passando pelo sul da França. Nos indicou as épocas em que certamente pegaríamos neve na estrada e quais as estradas mais segura então. Com certeza vamos aproveitar todas as dicas e fazer assim uma viagem mais tranqüila de volta à Alemanha.

Praça Catalunha no coração de Barcelona

Praça Catalunha no coração de Barcelona

Na conversa com o cônsul-geral, ele elogiou muito este nosso trabalho e o classificou como uma aventura muito gratificante e enriquecedora. Aproveitando seus conhecimentos de latim, nos falou um pouco sobre a etimologia da palavra aventura que, segundo ele, deriva do verbo latino “venire”: daquele que vai ao vento, à sorte. Lembrou da época dos Grandes Descobrimentos e até de algumas propagandas de companhias marítimas cariocas que anunciavam a data e a hora da partida de seus navios levando em conta sempre se “assim o permitissem Deus e os bons ventos”. Ao parar para pensar nas palavras que o senhor cônsul nos disse, pudemos ter uma boa reflexão sobre tudo pelo que já passamos até agora durante a viagem e até mesmo sobre o que fizemos antes da partida.

Las Ramblas, uma das avenidas mais famosas da Espanha

Las Ramblas, uma das avenidas mais famosas da Espanha

Do Consulado, que fica no Passeig da Gracia, seguimos para a região da Praça Catalunha e da agitadíssima e viva Las Ramblas, onde fizemos algumas visitas pontuais a agências de viagens. Em todos, Foz do Iguaçu é bastante conhecida pelos clientes que viajam até lá durante a passagem pelo Brasil ou mesmo pela Argentina. Segundo uma das agentes, a facilidade garantida pelo airpass favorece muito na escolha dos espanhóis pela Terra das Cataratas entre os destinos a que têm direito. Este bilhete especial disponibilizado pela Varig permite viagens entre até nove cidades brasileiras durante 21 dias a partir do primeiro vôo. Uma maravilha!

Magnífica vista da Sagrada Família à noite

Magnífica vista da Sagrada Família à noite

No intervalo de uma visita e outra, aproveitamos para ver uma mostra de fotografia latino-americana. A exposição reúne trabalhos de fotógrafos do México, Peru, Cuba, Colômbia, Argentina, Guatemala, Costa Rica, Venezuela, Equador e do Brasil. Entre os brasileiros estão Mario Cravo Neto, Eustáquio Neves, Kenji Ota, Penna Prearo, Cássio Vasconcellos, Miguel Rio Branco, Vik Muniz e a londrinense Fernanda Magalhães. Quem quiser saber um pouco mais sobre esta exposição que vai até 11 de janeiro pode consultar o site www.bcn.es/virreinaexposicions . Assim pudemos matar um pouco as saudades dos nossos talentos tupiniquins.

Na volta pra casa, com a noite caindo, ou melhor, com o dia escurecendo - afinal, por aqui nesta época do ano antes das seis da tarde já está tudo escuro - demos um pulinho até a Sagrada Família para poder apreciar esta magnífica obra de Gaudí, agora iluminada pelos refletores. O cenário é realmente impressionante... algo que jamais se esqueça. Como é bom poder observar estas maravilhosas criações do homem!

Amanhã bem cedo estaremos na estrada novamente...

  
  

Publicado por em