Berchtesgaden - Alemanha (parte II)

...continuação No alta da montanha a Kehlsteinhaus (Ninho da Águia) Kehlsteinhaus (Ninho da Águia) - construído a 1834 metros de altitude, o ninho foi entregue pelo partido nazista a Hitler como presente de aniversário nos seus 50 anos em 1939. O

  
  

...continuação

No alta da montanha a Kehlsteinhaus (Ninho da Águia)

No alta da montanha a Kehlsteinhaus (Ninho da Águia)

Kehlsteinhaus (Ninho da Águia) - construído a 1834 metros de altitude, o ninho foi entregue pelo partido nazista a Hitler como presente de aniversário nos seus 50 anos em 1939. O Führer reclamava do ar rarefeito to topo da montanha. Por isso, quase nunca o visitava. Ele esteve lá no alto apenas três vezes. Foi neste lugar que, em 1945, soldados franceses encontraram uma sala de reuniões e outros depósitos fechados que guardavam milhares de garrafas dos mais preciosos vinhos e champanhes, além de obras de arte saqueadas dos países invadidos pelos alemães na Segunda Guerra.

Interior do prédio onde hoje funciona o museu de Berchtesgaden

Interior do prédio onde hoje funciona o museu de Berchtesgaden

A megalomania de Hitler exigiu a construção de um acesso exclusivo que o levasse até a Kehlsteinhaus. Conforme o seu desejo, deveria ser construído um elevador, por dentro da rocha, no coração da montanha. A porta do elevador era laminada a ouro, bancos acolchoados garantiam o conforto e linhas telefônicas ligavam o líder diretamente a Berlim, Paris, Londres e outras cidades importantes no mundo. Os operários precisaram de três anos para entalhar o poço na rocha dura. Durante a obra, muitos operários morreram, já que todo o material necessário era carregado àquela altitude nas costas, quase sem nenhuma condição de segurança.

As fotos contam a história de Hitler em Berchtesgaden, aqui com Goebbels e a família.

As fotos contam a história de Hitler em Berchtesgaden, aqui com Goebbels e a família.

O acesso ao Ninho da Águia fica a 6,5 quilômetros de onde hoje funciona o estacionamento do museu – antes a casa de hóspedes do complexo. A esta altura, se chega à boca de um túnel de 124 metros construído no interior da rocha. Outros 124 metros para cima são feitos em 41 segundos de elevador, também no coração na montanha, como nos tempos de Hitler. Antes de abandonarem Berchtesgaden, os nazistas sabotaram o elevador, enguiçando-o. Toda a estrutura foi recuperada anos mais tarde durante a ocupação norte-americana.

O museu reúne mais de 900 peças entre fotos, objetos, documentos e filmes

O museu reúne mais de 900 peças entre fotos, objetos, documentos e filmes

Visitas guiadas ao Ninho da Águia podem ser marcadas pelo telefone (08652) – 64971 ou 62172. O escritório fica no posto de informações turísticas de Berchtesgaden. Na internet acesse www.eagles-nest-tours.com. E-mail: info@eagles-nest-tours.com .

Berchtesgaden hoje - Do antigo complexo, construído aos poucos a partir de 1933, restam apenas a antiga casa de hóspedes - onde agora funciona um museu que conta a histórica do lugar, as agruras do Holocausto e alguns episódios da Segunda Guerra Mundial -, um hotel que já existia antes dos nazistas se instalarem na região, a rede de túneis que forma o bunker (esconderijo subterrâneo) e o Ninho da Águia, transformado em um restaurante com vista panorâmica das montanhas e vales. Dali do alto, o raio de visão pode alcançar até 200 quilômetros. Ideal para o ego de quem quer ter a sensação de por alguns minutos ser o dono do mundo.

Museu - Do fim da guerra até 1996, quando os americanos devolveram o lugar aos alemães, o acesso era restrito. Desde 1952, nem mesmo ruínas existem mais, apenas o bunker, aberto no mesmo ano para visitação. Somente em 1999 é que o Instituto de História Contemporânea de Munique e Berlim reuniu um valioso material da época – um acervo com mais de 900 fotos, documentos, filmes, objetos e registros sonoros, disponíveis ao público pela primeira vez - e organizou uma exposição permanente sobre a história de Obersalzberg e a ditadura nacional-socialista, abrindo então o museu no dia 20 de outubro. Nada melhor para compreender os fatos do que estando onde eles aconteceram, mesmo anos depois.

horários – de 1º de abril a 30 de outubro: todos os dias das 9h às 17h.
de 1º de novembro a 31 de março: de terça a domingo das 10h às 15h.
fechado nos dias 1º de janeiro, 1º de novembro, 24, 25 e 31 de dezembro.

localização - A cidade alemã fica a 25 quilômetros de Salzburgo, na Áustria. A fronteira é quase imperceptível, ainda mais quando se trata de uma região montanhosa cortada por pequenos vales, onde se formaram algumas cidadezinhas. Por isso, prepare-se para enfrentar uma estrada estreita e que leva até bem alto a cerca de 1834 metros de altitude onde hoje funciona o museu. Para o Ninho da Águia são mais sete quilômetros de estrada, feitos somente de ônibus, e mais 124 metros, de elevador rocha acima.

na internet – www.berchtesgadener-land.com ,
www.ifz-muenchen.de ,
www.obersalzberg.de
www.eagles-nest-tours.com

e-mail – info@obersalzberg.de

A Lufthansa voa diariamente para a Alemanha, com conexão em Frankfurt para diversas cidades. Até 28 de julho, a passagem aérea em classe econômica para Alemanha, ida e volta, custa US$ 1.184 de segunda a quinta-feira e US$ 1.221, de sexta a domingo. Para mais informações e
reservas, basta ligar (11) 3048 5800 e no Rio (21) 3687 5000. Ou pela Internet www.lufthansa.com.br

  
  

Publicado por em

JAVERT

JAVERT

20/02/2010 00:52:38
Realmente excelente. Estava em dúvida da localização, bem como da visitação ou contatos. O site explica tudo direitinho, com telefones e links para contato. Ajudou-me muito para minha viagem em junho de 2010. Parabéns a todos e obrigado.