Espanha – gerais

Vários países dentro de um único. Assim é a Espanha, o terceiro maior país da Europa, com uma população que se aproxima dos 40 milhões de pessoas. Uma nação de quatro idiomas oficiais (espanhol, euskera, galego e catalão), com duas metrópoles (Madri e Bar

  
  

Vários países dentro de um único. Assim é a Espanha, o terceiro maior país da Europa, com uma população que se aproxima dos 40 milhões de pessoas. Uma nação de quatro idiomas oficiais (espanhol, euskera, galego e catalão), com duas metrópoles (Madri e Barcelona) que rivalizam em importância e com paisagens variadas, praias e montanhas nevadas, assim como os costumes e gastronomia de seu povo.

O entardecer no Paseo del Prado, no centro da capital espanhola

O entardecer no Paseo del Prado, no centro da capital espanhola

Uma característica que se observa de norte a sul na Espanha é a famosa “siesta”, que normalmente se estende das 14h às 16h ou 16h30. Para quem não está acostumado, a paradinha para o almoço prolongado realmente atrapalha. Tudo fecha, as cidades praticamente param. Somente funcionam, obviamente, os restaurantes, cafés e alguns outros pouquíssimos estabelecimentos.

Herança do estilo mourisco, no Real Alcázar, em Sevilha

Herança do estilo mourisco, no Real Alcázar, em Sevilha

O país conta com 17 províncias autônomas e um dos problemas enfrentados pelo governo é o terrorismo. O grupo terrorista ETA continua em atividade e quer a independência do País Basco, na região norte da Espanha.

O incrível interior da Mesquita de Córdoba, com mais de 850 colunas

O incrível interior da Mesquita de Córdoba, com mais de 850 colunas

Na Espanha, os turistas chegam à procura de dança flamenca, das touradas, dos bares com as tradicionais tapas (petiscos), da arquitetura mourisca, da riqueza cultural e artística, da vida agitada das grandes metrópoles e das pessoas impecavelmente bem vestidas, algumas ao exagero. País de escritores como Miguel de Cervantes e artistas como Salvador Dalí, Velázquez, Goya e Pablo Picasso e arquitetos como Antoni Gaudí. Este último deixou como herança a mais diferente das igrejas da Europa, o Temple Expiatori de la Sagrada Família, em construção até hoje, na gigantesca Barcelona.

A moderníssima fachada do Museu Guggenheim, em Bilbao

A moderníssima fachada do Museu Guggenheim, em Bilbao

Um cinturão de cidades encantadoras cerca a capital Madri. São elas: Toledo, Ávila, Segóvia e Cuenca. Salamanca, sede da mais antiga universidade da Europa, Burgos e Leon também guardam preciosidades. Os museus de Madri e Barcelona: Prado, Centro de Arte Reina Sofia, Museo Thyssen-Bornemisza, Museu Nacional d’Art de Catalunya, Museu Picasso e Fundació Joan Miró são imperdíveis. Assim como dezenas de outras atrações das duas maiores cidades espanholas.

A singular igreja Sagrada Família, de Antoni Gaudí, em Barcelona

A singular igreja Sagrada Família, de Antoni Gaudí, em Barcelona

Sevilla, no sul, é considerada a mais espanhola das cidades da Espanha. São daqui personagens de óperas famosas como a cigana Carmen, de Bizet, que trabalhava na Fábrica Real de Tabacos (hoje Universidade de Sevilha), e Fígaro, o barbeiro que cantava nas praças do tradicional Bairro de Santa Cruz. O legendário e sedutor Don Juan também é daqui.

A impressionante Catedral-Mesquita de Córdoba é a mais importante construção da cidade. É uma incrível mistura da arquitetura árabe e seus símbolos religiosos com a cristã. O templo resume em sua histórica arqueologia uma evolução arquitetônica e estilística desde o estilo hispano-muçulmano até os estilos predominantes nos séculos XVI e XVII.

No noroeste do país, outra cidade que atrai milhões de turistas à Espanha é Santiago de Compostela, cujo nome teve origem em “São Tiago da Estrela”. Segundo se conta, o túmulo do apóstolo foi encontrado em 813 pelo pastor Pelayo que repetidas vezes via uma estrela indicando um sepulcro no monte Libradón. Neste local, mais tarde foi construída uma igreja que passou por diversas fases até se tornar a Basílica de Santiago de Compostela.

Os restos mortais do apóstolo continuam no mesmo local e estão guardados em uma pequena urna no subsolo da basílica. Mais do que um encontro com o apóstolo e famoso entre os peregrinos do mundo todo, o místico Caminho que leva até Santiago é uma busca interior. Até porque não se sabe ao certo se os restos mortais que se encontram na basílica pertencem realmente a Tiago.

Já no extremo norte da Espanha, não há dúvida de que a maior atração de Bilbao é o moderníssimo Museu Guggenheim, um dos cinco espalhados pelo mundo (os outros quatro ficam em Nova York, Las Vegas, Berlim e Veneza). O prédio hi-tec impressiona. Parece até que brota do chão e se ergue imponente, tentando se misturar ao resto da cidade. Nos três andares, exposições permanentes e temporárias trazem o que há de mais moderno na arte. São instalações, pinturas, vídeos e fotografias que mostram principalmente o desenvolvimento da cultura no pós-guerra.

na interntet: www.tourspain.es

A Lufthansa voa de São Paulo para Madri. Para mais informações e reservas, basta ligar (11) 3048 5800 e no Rio (21) 4503 5000. Ou pela internet www.lufthansa.com.br

  
  

Publicado por em