Munique – Alemanha

Capital da Bavária desde 1503, Munique é hoje lembrada principalmente pela Oktoberfest que acontece todo ano entre o fim de setembro e o início de outubro, a maior festa folclórica da Alemanha. Comenta-se que os bávaros são os maiores consumidores de cerv

  
  

Capital da Bavária desde 1503, Munique é hoje lembrada principalmente pela Oktoberfest que acontece todo ano entre o fim de setembro e o início de outubro, a maior festa folclórica da Alemanha. Comenta-se que os bávaros são os maiores consumidores de cerveja do mundo, com uma média anual de 240 litros da bebida por pessoa. Este alto número deve-se provavelmente à quantidade da bebida ingerida durante a Oktober, quando cerca de sete milhões de pessoas ocupam o Theresienwiese, a oeste do centro da cidade, para se divertir e beber muito. Mas Munique também é muito divertida durante o ano inteiro.

A Neues Rathaus, em estilo neogótico, é, sem dúvida, a construção mais imponente da praça

A Neues Rathaus, em estilo neogótico, é, sem dúvida, a construção mais imponente da praça

No verão, por exemplo, os Biergärten (jardins da cerveja), espalhados por toda a cidade, ficam completamente lotados. Neles pode-se saborear pratos típicos e conhecer a tradição da cerveja alemã. Não deixe de visitar a Hofbräuhaus. Fundada em 1585, é a cervejaria mais famosa do mundo e o lugar que todo o turista que chega a Bavária imagina encontrar. Um restaurante imenso com centenas de mesas e bancos de madeira, com garçons em roupas típicas, uma imensidão de canecos de um e meio litro de chopp, comidas saborosas e, é claro, uma bandinha que diverte os clientes com as tradicionais músicas alemãs. O preço dos pratos não é caro, mas uma caneca de um litro de cerveja, conhecida como Mass, custa seis euros e sessenta, o equivalente (em julho de 2003) a R$ 22,00.

Torres da Frauenkirche, a igreja que é uma das maiores estruturas góticas do sul da Alemanha

Torres da Frauenkirche, a igreja que é uma das maiores estruturas góticas do sul da Alemanha

A Marienplatz é uma das principais praças de Munique e pode ser o ponto de partida para quem deseja conhecer a cidade. No período medieval, ela abrigava os mercados de sal e de milho. Bem no centro fica a coluna de Santa Maria, de 1623. Em frente, a Neues Rathaus (a nova prefeitura), em estilo neogótico, é, sem dúvida, a construção mais imponente da praça. A fachada exibe vários governantes bávaros, figuras mitológicas e uns monstrengos assustadores. Na parte leste da praça, fica a Altes Rathaus (a antiga prefeitura), a Talbruktor (a maior torre da cidade erguida sobre o antigo portão de Munique, reconstruída em 1975, com base em fotografias do século 15) e o Spielzeugmuseum (o museu do brinquedo). Na Marienplatz, é possível ver as torres da Frauenkirche, a igreja é uma das maiores estruturas góticas do sul da Alemanha. A igreja teve de ser reconstruída depois da Segunda Guerra Mundial, devido aos bombardeios dos aliados.

Típicos bebedores de cerveja na Hofbräuhaus

Típicos bebedores de cerveja na Hofbräuhaus

Da praça, parte a Kaufingerstrasse que depois de mudar de nome leva o visitante até a Karlsplatz. Neste caminho, só para pedestres e ciclistas, ficam dezenas de lojas, restaurantes e cafés. Seguindo ainda se chega a Hauptbahnhof, a estação central de Munique.

O tradicional Joelho de Porco, uma das delícias alemãs

O tradicional Joelho de Porco, uma das delícias alemãs

Os reis bávaros viviam na Residenz, um castelo que remonta o século 14. O castelo abriga museus, um belíssimo teatro e capela. A Residenz é aberta à visitação. Numa das laterais da antiga residência real fica o Hofgarden, um belíssimo jardim onde freqüentemente estudantes de música fazem recitais para o público em troca de algumas moedas de euro. Um pouco afastado do centro da cidade fica o Schloss Nymphenburg, construído para ser o palácio de verão dos Wittelsbachs. Suntuosos salões ricamente decorados em estilo rococó e jardins com lagos não faltam. No castelo, existe ainda uma exposição de carruagens. Ao norte do palácio fica o jardim botânico.

Residenz, no centro de Munique

Residenz, no centro de Munique

Munique também reserva ao visitante uma gama de museus, entre eles o Bayerisches Nationalmuseu (Museu Nacional da Baviera, fundado em 1855, com um grande acervo de obras decorativas e folclóricas) e o Deutsches Museum, que completa 100 anos. Este museu tem fama de ser o maior do mundo voltado para a ciência e tecnologia.

O Englischer Garten é um parque que fica perto do centro da cidade, criado a partir da idéia de um conde: Von Rumford. Inaugurado em 1808, o parque tem uma área de cinco mil metros quadrados e é um lugar perfeito para caminhar, correr e relaxar. Aqui funcionam também três “biergärten” (jardins de cerveja) que abrem preferencialmente no verão. O mais movimentado em Munique é o da Torre Chinesa.

Afastado do centro fica o Olympiapark, um complexo construído para os Jogos Olímpicos de 1972. A estrutura conta com três grandes áreas para a prática de esportes, todas com cobertura transparente. Além disso, existe ainda pista de skate, trilhas para bicicletas, quadras de tênis. Durante o verão, o lugar é sede de vários eventos como espetáculos de música e festas.

O lado negro da história de Munique (os próprios alemães o chamam assim) foi o nascimento do nazismo que ocorreu aqui em 1919, com Adolf Hitler. Um passeio leva o visitante até os locais onde ocorreram as primeiras e principais reuniões do partido nazista e seus comícios suntuosos.

O posto de informações turísticas fica na Marienplatz e os mapas de Munique em vários idiomas custam trinta centavos de euro.

A Lufthansa voa para Frankfurt saindo de São Paulo. Para embarque até 12 de outubro na classe econômica, a passagem aérea custa US$ 815 durante a semana e US$ 842 de sexta a domingo. Para mais informações e reservas, basta ligar (11) 3048 5800 e no Rio (21) 3687 5000. Ou pela Internet www.lufthansa.com.br

  
  

Publicado por em

Marcela

Marcela

27/01/2011 09:38:14
Até agora esse foi o site que mais agradou. Muito bem detalhado!
Nao vejo a hora de chegar la sabado.

Werner

Werner

04/08/2010 07:53:49
Vale a pena visitar a cervejaria HB, alem do ótimo chopp e comida e o ambiente muito animado.

J.Alves

J.Alves

25/04/2010 15:43:01
Estive em Munique em julho de 2009. Linda cidade, povo acolhedor. Visitei os principais pontos turísticos, uma beleza. Espero voltar agora em 2011 para rever mais uma vez aquela bela cidade.

Pardal

Pardal

23/04/2010 02:30:00
A Alemanha é linda! Para quem não sabe, as principais fontes do Direito Tributário, Contratual e outras coisas do direito veem da Alemanha. Tenho enorme vontade ir pra lá. A Oktoberfest é muito boa...pretendo ir fazer uma Pós na Europa, vou tentar passar uns dias nessa festa.

Patricia Costa

Patricia Costa

28/02/2010 16:24:06
Conheci a cidade de Dresden e agora estou indo para Munique, não vejo a hora.

Eeuu

Eeuu

01/11/2009 01:37:48
Meu sonho é conhecer a Alemanha =]
Espero ainda ir lá !!

Maruska Koetters Schlosser

Maruska Koetters Schlosser

20/04/2009 20:59:23
Nossa, não sei se é porque sou filha de alemães, mas não existe lugar mais bonito que a Alemanha.