Rothenburg ob der Tauber – Alemanha

Cercada por muralhas, Rothenburg ob der Tauber é uma cidade medieval. Um lugarejo de pouco mais de dez mil habitantes que parece ter parado no tempo, há uns trezentos ou quatrocentos anos. A encantadora cidade fica no cruzamento da Rota Romântica (no sul

  
  

Cercada por muralhas, Rothenburg ob der Tauber é uma cidade medieval. Um lugarejo de pouco mais de dez mil habitantes que parece ter parado no tempo, há uns trezentos ou quatrocentos anos. A encantadora cidade fica no cruzamento da Rota Romântica (no sul da Alemanha) com a Rota dos Castelos (de Mannheim, na Alemanha, a Praga , na República Tcheca).

Uma das torres medievais da cidade

Uma das torres medievais da cidade

história – A parte mais antiga de Rothenburg é o distrito de Detwang. Fundada em 960 foi a primeira comunidade do vale do Tauber. Com a construção do castelo imperial pelo rei Conrado III, em 1142, a vila passou a crescer nas redondezas dele. Vinte cinco anos depois, após a morte de Friedrich (duque de Rothenburg) o castelo foi abandonado, mas a cidade se desenvolveu através dos anos como centro comercial. Anos mais tarde, o rei Rudolf dos Habsburg elevou Rothenburg a uma cidade de império livre. Em 1356, um terremoto destruiu inteiramente o castelo imperial e parte da cidade. Em 1400, com cerca de seis mil habitantes, Rothenburg era uma das maiores cidades do império. Em 1945, a cidade foi atacada pelas forças aliadas, a parte leste foi destruída e 40% dos antigos prédios incendiados. Mais tarde tudo foi reconstruído com financiamento mundial. Hoje a cidade é protegida por leis de preservação.

Uma delícia típica da região: o schneeballen.

Uma delícia típica da região: o schneeballen.

Comece a visita pelas fortificações na parte sul que são as mais imponentes da muralha. O lugar é interessante e ainda podem ser encontrados canhões utilizados para proteger a cidade. Seguindo em direção a Marktplatz (Praça do Mercado), o visitante passa por dezenas de casas antigas, algumas com madeirame à vista, chamadas de “fachwerhhaus”. As vitrines são cheias de brinquedos e artigos típicos (como canecos de chopp). A cidade é repleta de pequenos hotéis e pousadas, além de simpáticas padarias, onde se pode provar uma delícia típica da região: o schneeballen. O doce é feito de um emaranhado de massa frita, tem o formato de uma bola e é coberto por açúcar, canela ou chocolate. Não deixe de provar!

Interior da muralha que protegia Rothenburg

Interior da muralha que protegia Rothenburg

Devido à situação geográfica acima do rio, o abastecimento de água era um problema antigamente em Rothenburg. Por isso, em toda cidade existem diversas fontes de água. Além de fornecer água potável para a população, as fontes eram um reservatório para apagar os incêndios. A fonte de São Jorge (também chamada de Herterichsbrunnen), de 1608, é a maior delas e se localiza na praça do mercado. Ela tem uma profundidade de oito metros e uma capacidade de cem mil litros. A Rathaus (prefeitura) é a mais importante construção da Marktplatz e mistura os estilos gótico e renascentista.

Casa antiga com a imagem de São Jorge

Casa antiga com a imagem de São Jorge

Ainda é interessante conhecer a St. Jakobs Kirche e a Franziskaner-kirche, entre outras igrejas; os museus da cidade, entre eles o museu criminal medieval e o Burggarten, jardim do castelo. No lado sul do jardim, é possível avistar parte da cidade, a ponte dupla (Doppelbrücke) e do vale do rio.

Praça central da cidade com a Herterichsbrunnen (fonte de São Jorge) ao fundo

Praça central da cidade com a Herterichsbrunnen (fonte de São Jorge) ao fundo

Como a cidade é pequena, todo o passeio pode ser feito a pé ou de bicicleta. No posto de informações turísticas, que fica na praça do mercado, são distribuídos mapas da cidade em vários idiomas, bem como informações das principais construções. Mesmo que o posto esteja fechado, os mapas ficam numa estante do lado de fora do escritório, não é preciso pagar para obtê-los.

Durante o ano inteiro, a cidade oferece atividades culturais. Mas o ponto alto é setembro quando a população de Rothenburg vai pra rua vestindo roupas da época medieval e mostram sete séculos de história.

Visitas guiadas pela cidade são oferecidas somente de abril a outubro tanto a turistas individuais como para grupos. A duração média é de uma hora e meia. Em alemão, as saídas são às 11h, 14h, 21h30. Em inglês, às 14h e 20h. O ponto de partida é sempre a Marktplatz.

É melhor não entrar de carro na cidade medieval porque as ruas são estreitas e as vagas de estacionamento quase não existem. Deixe o carro ou motorhome em um dos vários estacionamentos que existem no entorno da cidade. O preço não é caro. Uma hora de estacionamento para motorhome custa cinqüenta centavos de euro.

Mais informações podem ser obtidas no site: www.rothenburg.de .

A Lufthansa voa para Frankfurt saindo de São Paulo. Para embarque até 12 de outubro na classe econômica, a passagem aérea custa US$ 815 durante a semana e US$ 842 de sexta a domingo. Para mais informações e reservas, basta ligar (11) 3048 5800 e no Rio (21) 3687 5000. Ou pela Internet www.lufthansa.com.br

  
  

Publicado por em

Márcia Müller

Márcia Müller

04/02/2011 12:20:15
Estive em Rothemburg no mês de Outubro, fazia muito frio, mais o encanto da cidade me conquistou. A arquitetura nos transporta para a època medieval com seus encantos e sua história. Caminhando pelas ruas, entrei numa loja que parecia vender brinquedos, mas quando me dirigi ao subsolo, fiquei boquiaberta com a quatidade de enfeites de Natal, gente é uma loucura! Afinal, a rota romântica è DEMAIS.

Iolanda Abreu

Iolanda Abreu

23/08/2010 19:14:01
Estive, no dia 28 de julho de 2010, em Rothemburg, e chuviscava, de vez em quando, o que não empanou o brilho do passeio, haja vista o encanto desta vila pitoresca da Alemanha. A vetustez das muralhas que cercam a cidade e a imponência de suas torres não nos faz imaginar a beleza e charme que podemos encontrar em todas as construções ao longo da rua principal que nos conduz, desde o lindo cemitério fora da vila amuralhada, passando pela Praça do Mercado, até os jardins do Castelo, sobre o Tauber. E sua história... ah, a sua história! O comentário deste site é muito precioso e fiel, para quem pretende chegar até este lugar fantástico.

H. Mafra

H. Mafra

11/05/2009 21:27:16
Rothenburg ob der Tauber é uma cidadezinha de uma beleza que só vendo para poder se fazer falar dela. É impressionante a evocação histórica que dela emana, pelas suas construções (que inclusive tem talhas para se levar móveis e objetos pesados para os pavimentos mais altos), seus caminhos, suas fortificações, seus jardins em terra e os suspensos (em casas), etc. M a r a v i l h a.