Reencontro com Pasi (Foto).

O que mais gosto de curtir nas viagens que faco, eh o reencontro com amigos que fiz em viagens anteriores. Em Kathmandu, nao poderia ser diferente. Todas as vezes revejo Ganesh, dono de um hotel de da agencia de trekking que contratamos na primeira vez; A

  
  

O que mais gosto de curtir nas viagens que faco, eh o reencontro com amigos que fiz em viagens anteriores. Em Kathmandu, nao poderia ser diferente. Todas as vezes revejo Ganesh, dono de um hotel de da agencia de trekking que contratamos na primeira vez; Ajaz, mais conhecido como `Super Bonito`, dono da Berkley Shop no Thamel; e um indiano do Rajastao (que ja esteve em Maceio, imaginem).

Pasi e eu, na casa dela

Pasi e eu, na casa dela

Mas, PAsi eh especial !

Na ultima vez que estive aqui, a conheci num onibus local (Tuk-Tuk), quando ia para Boudnath templo, e quiando descemos no mesmo ponto, ela me pegou pelas maos e me levou ate sua casa, bem ao lado da entrada principal do templo.

Fiquei um pouco apreensiva, sem enteder o que estava acontecendo, mas aceitei o `convite`. Fiquei a vontade, almocei, passei a tarde ao lado de uma nepalesa qeu mal falava ingles. E eu nao entendo nada de nepales. Mas posso dizer qeu `conversamos` o tempo todo.

Naquelas mesmas ferias, voltei a sua casa por muitas outras vezes para visita-la e acompanha-la nas preces ao redor de Boudath.

Dois anos depois, reencontra-la foi maravilhoso. Esta mais bonita, um pouco mais magra, estudou ingles por um ano e japones por mais um ano. Pretende visitar seu marido que esta trabalhando no Japao ha 4 anos, e ficara mais 4.

Me recebeu com grande surpresa e alegria, e ate um abraco eu ganhei !! Habito pouco comum aqui no Nepal.

Sao estas riquesas pessoais que mais me encantam !

Namaste !

  
  

Publicado por em