Chapada dos Veadeiros – São Pedro dando uma mão

Se o sol não saiu pleno e vigoroso no último dia de 2002, também não choveu. Fomos logo cedo para São Jorge, um vilarejo distante 20 km de Alto Paraíso. Em São Jorge, fica a entrada do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Os cânions estavam fechad

  
  

Se o sol não saiu pleno e vigoroso no último dia de 2002, também não choveu. Fomos logo cedo para São Jorge, um vilarejo distante 20 km de Alto Paraíso. Em São Jorge, fica a entrada do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

Os cânions estavam fechados devido às chuvas dos últimos 3 dias, e só pudemos ver as cachoeiras do Rio Preto, de 120m e 80m.

A Chapada é lindíssima. Da vegetação (que muda com a variação do solo – arenoso, rochoso ou terra) aos rios, às curiosidades sobre os cristais e antigos garimpeiros que ali trabalhavam, tudo é imperdível. Depois de 4km de trilha chegamos ao Rio Preto e demos de cara com um vale cinematográfico. A Chapada dos Veadeiros vale muitas visitações.

No cair da tarde fomos para as cachoeiras Almécegas I e II, que ficam fora do parque, em propriedade privada, na fazenda São Bento. A Almécega I vale o banho delicioso e uma hidromassagem no pé da queda d´água. Mas o grande espetáculo fica na Almécega II.

Esta é uma cachoeira de aproximadamente 50m, toda esculpida pela ação da água. Toda a composição plástica desta cachoeira é linda e enche os olhos. Não pudemos descer à sua base, pois já escurecia, mas mesmo assim fomos embora satisfeitos.

Agora, depois do Reveillon, vamos iniciar a viagem ao Jalapão.

Dica: só se pode entrar no Parque Nacional Da Chapada dos Veadeiros com um guia. Contrate-os em São Jorge (grupos acima de 6 pessoas pagam R$5,00. Grupos menores pagam R$10,00). Leve protetor solar, água e roupa de banho. Entre junho e setembro é época de estiagem e poucas chuvas – e você pode visitar toda a parte do Parque liberada para visitação (que corresponde a apenas 5% de sua extensão total).

Alto Paraíso de Goiás

  
  

Publicado por em