Na Estrada

Parti de Guaratinguetá, minha cidade natal, localizada no Vale do Paraíba, seguindo direto para Florianópolis, Santa Catarina.

  
  

Parti de Guaratinguetá, minha cidade natal, localizada no Vale do Paraíba, seguindo direto para Florianópolis, Santa Catarina. A viagem foi tranqüila , a instalação de uma turbina no motor da Toyota Bandeirante fez muita diferença no rendimento e na retomada em subidas. A autonomia também melhorou com um ganho real de 15 % na potência e cerca de 10 % na economia. A Regis Bittencourt continua com alguns trechos sem duplicar, mas foi tudo bem. O importante é saber os limites de um veículo nestas condições, tamanho e peso, e fazer ultrapassagens com total segurança.

De Floripa segui para a cidade de Mostardas, no Rio Grande do Sul, a cidade base do Parque Lagoa do Peixe. Apesar de não ser uma distância muito grande (aproximadamente 400 km), levei o dia inteiro e cheguei no final da tarde. Fiz algumas paradas que não estavam previstas, numa delas para arrumar o cabo do velocímetro que parou de marcar. Este problema ocorreu pela instalação de um computador de bordo, onde as conexões não estavam perfeitamente ajustadas e o cabo acabou se soltando.

Parei numa oficina chamada CALIBRA, na cidade de Tubarão, um lugar especializado em tacógrafos, velocímetros e painéis, e o proprietário, conhecido como Galego, fez um serviço muito bom, acabando de vez com o problema e, como amante da aventura, acabou não cobrando o serviço! VALEU GALEGO!!!

  
  

Publicado por em