A viagem começou...

Saímos de São Paulo no dia 17 de dezembro com o objetivo de escalarmos cinco vulcões na Patagônia chilena e argentina. São eles: Villarica, Osorno, Tronador, Lanin e Domuyo. Vista do Vulcão Villarica da cidade de Pucón Foto: Raul Silveira Em exped

  
  

Saímos de São Paulo no dia 17 de dezembro com o objetivo de escalarmos cinco vulcões na Patagônia chilena e argentina. São eles: Villarica, Osorno, Tronador, Lanin e Domuyo.

Vista do Vulcão Villarica da cidade de Pucón

Vista do Vulcão Villarica da cidade de Pucón
Foto: Raul Silveira

Em expedições deste porte (ao todo serão 66 dias), a lojística é fundamental. Quando se está escalando uma alta montanha, um único detalhe pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso da escalada. Isso tudo se traduz em 82 kg de equipamentos, muitas horas de pesquisa e treinamento.

Até agora, estivemos em capitais resolvendo alguns detalhes finais da expedição. Ficamos dois dias em Buenos Aires – Argentina acertando a escalada ao Tronador. Depois fomos a Santiago, aqui no Chile para comprarmos alguns equipamentos que faltavam, difíceis de encontrar no Brasil.

Tudo finalizado, somente agora nos sentimos no início da viagem. Ontem a noite, entramos em um ônibus em direção a Pucón, ao sul do Chile na região IX. Chegamos hoje por volta das 8h00 com a incrível vista do Vulcão Villarica, primeiro vulcão a ser escalado de nossa expedição.

Viemos para um hostal (espécie de casa de família que recebe turistas) de um guia de montanha, o donde German, onde fomos muito bem recebidos pelos donos a Maria Helena e o German. Pretendemos ficar aqui em Pucón cerca de cinco dias.

Como o dia está ensolarado, devemos tentar amanhã nossa subida ao Villarica, já que nesta região condições climáticas ruins muitas vezes impedem o início da escalada por vários dias.

Esta expedição conta com o apoio de:
Bags Acessories Adventure
Power Bar
Snake

  
  

Publicado por em