Bariloche no Verão

A partir de hoje começamos a Expedição Bariloche Verão. Durante 10 dias vamos explorar esta região e especialmente o Parque Nacional Nahuel Huapi, o maior e talvez um dos mais bonitos de toda Argentina.

  
  

Bariloche no Verão Um mundo a ser descoberto

A partir de hoje começamos a Expedição Bariloche Verão. Durante 10 dias vamos explorar esta região e especialmente o Parque Nacional Nahuel Huapi, o maior e talvez um dos mais bonitos de toda Argentina. Dentro do nosso novo estilo de expedição (mais curtas) vamos viajar até lá pelo ar. Embarcaremos hoje a noite em uma vôo da TAM, que sai de Guarulhos direto a Bariloche. Serão 4 horas de vôo. Amanhã começaremos a explorar, primeiro a cidade e depois a zona do parque. Para que você conheçam um pouco melhor este maravilhoso destino, preparei uma pequena introdução. Com estaremos longe do acesso a internet, atualizaremos o diário de bordo a cada 3 dias. Assim vocês ficam saber o que está rolando por lá. Conto com a visita de todos.

Bariloche em pleno Verão

Situada nas encostas da cordilheira do Andes, San Carlos de Bariloche possui uma localização privilegiada e que lhe proporciona um clima agradável e paisagens maravilhosas. É uma região de clima temperado, protegida dos fortes ventos pela cordilheira dos Andes, porém beneficiada pelas chuvas que atravessam as mesmas. É uma região de muito verde, pontilhada por dezenas de lagos formados nos vales entre as altas montanhas.

Fundada em 1902, San Carlos de Bariloche deve seu nome a Carlos Wiederhold, o primeiro comerciante da região. Apesar da sua fama, é relativamente pequena e possui apenas 100 mil habitantes. Isto durante os meses de verão. No inverno praticamente dobra sua população devido a chegada dos turistas, especialmente de brasileiros que desembarcam aqui para desfrutar a neve, tão escassa em nosso país. No entanto, o que muitos não sabem é que Bariloche também é um destino muito especial fora dos meses de inverno. Com o sol e o céu claro do verão, suas montanhas se recobrem de verde, seus lagos adquirem uma cor azul brilhante e a cidade exibe todo o charme de suas influencias alemãs e austríacas. Muitos dos principais passeios da região só podem ser feitos no verão, pois durante o inverno perdem muito do seu encanto ou tem seu acesso cortado por nevascas.

Para quem procura aventura, Bariloche durante o verão é uma excelente oportunidade para explorar todos os recantos e encantos da região, especialmente do Parque Nahuel Huapi. Criado em 1934 e com uma superfície de 710.000 hectáres, este parque é a maior área protegida da Argentina. Limita-se com o Parque Nacional Lanín e também com diversas área protegidas chilenas. A zona se caracteriza por rios caudalosos, alimentados pelas chuvas e derretimentos de neve e glaciares. Foi criado a partir das terras doadas por Francisco Pascasio Moreno, o “perito” Moreno, que explorou a região andina de Rio Negro e Santa Cruz entre 1876 e 1879. Este é o mesmo Perito Moreno que empresta seu nome ao mais famoso glaciar da Patagônia, próximo a cidade de El Calafate. Curiosamente o Parque Nahuel Huapi também possui uma coleção de glaciares. Grande parte deles está no Cerro Tronador, o mais alto da região com 3.354 metros de altura. Esta montanha marca o limite do Parque com o vizinho Chile. Para o lado Argentino, descem vários glaciares, sendo o mais curioso o Glaciar Negro, cujo gelo escuro está repleto de fragmentos de rocha e poeira

O lago mais importante é o Nahuel Huapi. Seu nome de origem Araucana significa "ilha do tigre" e faz referência à maior ilha do lago e a mais visitada pelos turistas: a ilha Victoria. O lago tem uma extensão de 530 quilômetros quadrados de superfície e uma profundidade de 400 metros.

Aqui se praticam caminhadas, cavalgadas, rafting, canoagem, mountain bike, escalada e muitos outros esportes feitos para quem gosta de ter um contato em primeiro grau com a natureza. Dentro do parque,há várias fazendas (estâncias) transformadas em pitorescas pousadas e muitas aéreas de acampamento. O acesso é fácil por estradas asfaltadas e de terra.

É neste pedaço do paraíso que vamos visitar a partir de hoje. Espero que nos acompanhem por aqui, pelo nosso site oficial: www.familiagold.com.br e pelo site da Gold Trip: www.goldtrip.com.br

A Família tem o apoio das seguintes empresas:

GOLDTRIP Consultoria e Viagens - www.goldtrip.com.br
TIMBERLAND – www.timberland.com.br
PIGMENTUM - Comunicação Visual - www.pigmentum.com.br
BEEPHOTO – Tudo para fotográfica – www.beephoto.com.br
Membro da Brazilian Adventure Society - BAS

.
.
* Esta materia se refere ao diário de bordo da Expedição Bariloche e Parque Nahuel Huapi,
feita pela Familia Goldschmidt entre os dias 26/03 e 10/04/09. Para saber mais sobre esta expedição
visite o site:
www.familiagold.com.br
.
.

Centro de Bariloche
Glaciar Cerro Tronador
Região de Bariloche
Catedral de Bariloche
Lago Hess
  
  

Publicado por em

Joaocarlospereira dos santos

Joaocarlospereira dos santos

28/09/2012 16:08:37
Bariloche no inverno é tudo de lindo e branco, curti muito já por 3x mas agora estou curioso com ver os pontos com outra visão o Verão; estou partindo depois do Natal, que também fica tudo muito lindo e ornamentado. Veremos esta nova experiência???!!