Blogs > Família Goldschmidt > Dicas de Viagens > 

Deserto do Atacama

Conheça o Deserto mais seco do mundo e toda a beleza desta exótica paisagem

25 de Setembro de 2008.
Publicado por Família Goldschmidt  

Conhecido como “O deserto mais seco do mundo”, o Atacama se estende desde a cidade de La Serena até quase a fronteira com o Peru, cobrindo uma área com mais 200.000 km2. Com uma altitude média de 2.500 metros e com 300 dias de céu azul por ano, o deserto abriga dezenas de observatórios astronômicos e é considerado o melhor local de observação do mundo.

Calama e Chuquicamata

Duas cidades se destacam neste mar de areia e pedras. A primeira é Calama, uma cidade de mineração que sobrevive da extração de cobre. Ao lado dela fica Chuquicamata, a maior mina de cobre a céu aberto do mundo. A escavação da cratera principal foi iniciada em 1882 e hoje atingi dimensões incríveis. Tem 6 quilômetros de comprimento, 4 de largura e uma profundidade de mil metros. O mineral é retirado durante as 24 horas do dia, 7 dias por semana e o entulho retirado forma montanhas artificiais com mais de 150 metros de altura. De sua cratera saem 600.000 toneladas/dia de material sendo que somente 1/3 disto é de mineral. Para movimentar tanto material, é usada uma frota com 130 caminhões gigantes, cada um com 7 metros de altura. Só os pneus pesam 3 toneladas e medem mais de 3 metros.

San Pedro do Atacama

Apesar da curiosa Chuquicamata, os lugares mais bonitos e interessantes ficam mesmo em San Pedro do Atacama, a 100 kms de distância. Por estar localizada próxima a cordilheira e de algumas fontes de água, San Pedro é habitada a milhares de ano e possui vestígio de ocupação que datam do ano 800 A.C. Em 1450 foi conquistada pelos Incas que construíram um sistema de canais e dutos que irrigaram o deserto. Hoje, mais de 10 oásis cercam a cidade onde se produzem alimentos e frutas. As casas da região são quase na sua totalidade feitas de barro e cobertas com palha. A única construção que destoa do marrom da vila é a secular capela de San Pedro localizada na praça central.
Próximo à cidade existem dezenas de ruínas de fortalezas incas, salares, vulcões ativos e inativos, lagos salgados e o fantástico Vale da Lua. Este vale, fica entre a cordilheira do Sal e a cordilheira dos Andes e tem este nome por ter formações rochosas que lembra a superfície do nosso satélite.
Outros lugares que voce precisa conhecer são:

Geisers de Tatio - Poços de água fervente e jatos de vapor.

Lagunas Cejar- Lago azul como o céu cercado de cristais de sal branquíssimos.

Salar do Atacama - Uma planície com mais de 100 kms de sal repleta de lagos e aves.

Laguna Verde - No lado boliviano do deserto, próximo a fronteira, uma linda lagoa de cor verde (por conta do ácido sulfúrico) e uma bela visão do majestoso Vulcão Licamcabur.

Estar no deserto já é uma experiência fascinante, agora conhecer o Deserto do Atacama é uma experiência inesquecível.

Veja mais fotos

Chuquicamata

Chuquicamata
Foto: Peter Goldschmidt

Igreja de São Pedro do Atacama

Igreja de São Pedro do Atacama
Foto: Peter Goldschmidt

Geiser de Tatio

Geiser de Tatio
Foto: Peter Goldschmidt

Laguna Cejar

Laguna Cejar

Geiser de Tatio

Geiser de Tatio
Foto: autor

Vulcão LIcancabur

Vulcão LIcancabur
Foto: autor


|Peter Goldschmidt]]

Igreja no deserto

Igreja no deserto
Foto: Peter Goldschmidt

Compartilhar nas Redes Sociais

Comentários

natalia

 postado: 1/10/2008 13:40:59editar

fantastico, ja estivemos no chile temos intençao de voltar conhecer novos lugares .

 

JUCELI GIARETTA CORDOVA

 postado: 28/10/2008 09:52:18editar

LI A REPOTAGEM , ACHEI MARAVILHOSA NA PRIMEIRA OPROTUNIDADE ,VOU DE FERIAS PARA ESTÁ REGIÃO.

 

*♥*

 postado: 30/10/2008 20:49:08editar

Nossa eu achei demais demais!
Acho que seria bem interessante vocês colocarem um topico onde se encontra uma foto no mapa coisa assim.
Valeu!

 

marivete pires

 postado: 10/12/2008 15:59:45editar

Fui dar uma pesquisada para ver como deveria ser o Deserto, pois, pretendo fazer minha viagem de final de ano pra lá e me facinei com as fotos.

 

josé joacir gosch

 postado: 16/1/2009 00:50:08editar

Eu sempre achei o deserto algo fantástico gostei da reportagem,abraços.

 

Lauro Herzer

 postado: 9/4/2009 03:30:38editar

Eu gostaria de saber porque o deserto é o mais seco do mundo. Seria por sua altitude? Estou curioso mesmo, algum motivo existe por esta secura. Abraços Lauro

Isto acontecer porque a umidade da costa não ultrapassa a cordilheira costeira. Do lado dos Andes existe uma outra cordilheira(domeiko) que não deixa os rios atravessarem o deserto. Vejao o link:
http://pt.wikipedia.org/wiki/deserto_do_atacama

jailson

 postado: 24/9/2010 23:49:25editar

eu achei a coisa mais linda,já estou pensando um dia desses ir até lá.O mais curioso é que ele é na America do Sul.Vou estudar mais sobre o mesmo,pois é um assunto muito interessante.

 

georgia e thais

 postado: 15/3/2011 10:55:36editar

eu acho q devemos presersa o planeta e n desperdiça agua para q continuemos com aguns lugares bonitossssssssssssssssss

 

Paula

 postado: 13/5/2011 20:20:07editar

Gostaria de saber se o mês de julho também é bom para viajar ao Atacama.

O Atacama é um bom destino o ano todo lembrando apenas que a noite cai batsante a temperatura.

Luiz - Prof de Geografia

 postado: 10/11/2012 20:12:21editar

São vários os fatores que determinam o clima no Deserto do Atacama como: A cordilheira dos Andes que formam uma barreira à umidade da floresta amazônica e do Oceano Atlântico, A Correntes Marítima de Humolt de águas geladas que impedem evaporação adequada, a condensação se forma no oceano, longe do litoral e quando ali chegam já estão secas, a sua altitude variada que em parte sai do nível do oceano e chega a mais de 6.000 metros se tornando uma barreira natural à entrada de nuvens com umidade suficiente, o vento que chega é muito frio e seco, como a polar pacífico, entre outros fatores.

 

 

Últimos boletins

  • 27/Mai/14 VIAJE COMIGO 89 | CHILE - ATACAMA O que tem pra fazer no deserto do Atacama?
  • 25/Fev/14 VIAJE COMIGO 88 | EQUADOR - GALÁPAGOS Agora entendo porque os antigos navegantes chamavam as Ilhas Galápagos desta maneira.
  • 20/Jan/14 VIAJE COMIGO 87 | EQUADOR - QUITO Quito, a capital do Equador, uma centenária dama que está assentada a quase três mil metros, sobre a cordilheira dos Andes.
  • 2/Dez/13 VIAJE COMIGO 86 | BRASIL - BONITO É como se Deus tivesse esquecido aqui um pedaço do Jardim do Éden.
  • 13/Nov/13 VIAJE COMIGO 59 | BRASIL - CHAPADA DIAMANTINA A Bahia é um estado privilegiado. Além das lindas praias e de uma história riquíssima, possui alguns recantos com paisagens de extrema beleza e que tem atraído visitantes do mundo inteiro.
  • 30/Out/13 VIAJE COMIGO 85 | BRASIL - PANTANAL Em meio ao cacarejar das galinhas e ao canto dos pássaros, homens e mulheres tiram leite das vacas, dão ração aos animais, escovam o pelo dos cavalos e cuidam para que tudo esteja em ordem antes que os hóspedes acordem.
  • 2/Out/13 VIAJE COMIGO 84 | HAVAÍ - KAUAI Das quatro ilhas principais do arquipélago do Havaí, a menos conhecida é certamente Kauai. Apesar disto, ela é que reúne as melhores praias e as paisagens mais impressionantes.
  • 12/Set/13 VIAJE COMIGO 83 | HAVAÍ - MAUI Das mais de trezentas ilhas que compõem o arquipélago do Havaí, a Ilha de Maui é a segunda em tamanho e população.
  • 5/Set/13 VIAJE COMIGO 82 | HAVAÍ - BIG ISLAND Em uma tarde de Janeiro 1779, o experiente e renomado capitão inglês James Cook, aportou em uma ilha tropical cercada de rochas negras e de onde se erguiam fumegantes montanhas.
  • 22/Ago/13 VIAJE COMIGO 81 | HAVAÍ - OAHU Seis meses depois do ataque japonês a Pearl Harbor, no Havaí, aconteceu perto dali uma das maiores batalhas marítimas da Segunda Guerra Mundial.

Veja também

Ushuaia, o Fim do Mundo é aquiGlaciar Perito Moreno – Patagônia Argentina

 

editar    editar    editar    3.596 visitas    10 comentários