Canadá – Ottawa

No mesmo dia que saímos de Toronto chegamos a Ottawa, capital do Canadá.

  
  
Colina do Parlamento

No mesmo dia que saímos de Toronto chegamos a Ottawa, capital do Canadá. Foram apenas 6 horas de viagem (de carro) por uma estrada com duas pistas, plana e bem sinalizada. Com exceção de Kingston e de Thousand Islands não há nada de muito interessante pelo caminho. Muitos fazem este trecho de trem, o que torna a viagem mais divertida e interessante.

Chegamos a Ottawa a noite sem muitas pretensões sobre a cidade. No dia seguinte, quando saímos para caminhar, ficamos impressionados com a beleza da capital canadense. A cidade não oferece uma grande variedade de atrativos, mas recomendo reservar pelo menos um dia inteiro para um passeio a pé pelo centro e visita a dois ou três museus.

A cidade fica as margens do rio Ottawa, que divide as províncias de Ontário e Quebec. O rio também divide a cidade em duas. De um lado esta a capital Ottawa, mas basta atravessar uma ponte e a cidade muda de nome e para Gatineau. Apesar de estarem em províncias diferentes e de terem diferentes governantes, ambas fazem parte da Região da grande Capital e compartem entre si vários serviços como transporte e limpeza.

A melhor maneira de conhecer a cidade é a pé. Um dia de passeio pode começar com um bom café da manhã no mercado Byward, na parte mais antiga da cidade conhecida como Lower Town. É uma área repleta de lojas, restaurantes, café e bistrôs. Depois, siga caminhando para a Avenida Rideau e em seguida em direção a Avenida Wellington. Quando estiver sobre a ponte observe o fabuloso castelo do hotel Fairmont e o canal Rideau mais abaixo. Este canal foi construído no principio do século XIX com propósito militar. A idéia foi criar uma via fluvial que ligasse vários rios e permitisse o transporte de tropas e suprimento. Ele tem mais de 200 quilômetros de extensão e é usado até hoje. Sob a ponte ainda pode-se ver algumas de suas eclusas. Uma obra de engenharia espetacular.

Ao deixar a ponte, visite o monumento aos heróis canadenses de todas as guerras e comece a fotografar os edifícios coloniais e o Parlamento. Este complexo de edifícios governamentais forma um dos mais famosos cartões postais da cidade. Em frente ao prédio do Parlamento, no meio da praça existe um monumento em homenagem a Confederação do Canadá. De forma circular, nele estão gravados os brasões de todas as províncias e as datas de quando se uniram ao Canadá. Do centro do monumento jorra uma cortina de água e sobre esta, queima uma chama que foi acesa pelo então primeiro ministro Pierce em 1967. Siga em direção ao Parlamento, veja sua impressionante torre e dê uma volta completa no prédio. Na parte de trás você encontrará o lugar ideal para fotografar o rio Ottawa e suas pontes. Se puder faça um tour guiado ao Parlamento ou uma visita a biblioteca.

Siga então pela Avenida Wellington através do centro financeiro em direção oeste observando o contraste entre os edifícios moderno e os prédios e igrejas centenárias. No final da avenida você encontrará o parque Le Breton e o interessante Museu da Guerra (War Museum).

Atravesse então a ponte Portage ou a Ponte Chaudieres (mais adiante) parando sempre para observar e fotografar a colina do Parlamento. Quando você terminar de atravessar a ponte, você já estará na cidade de Gatineau na província de Quebec. Caminhe pela Avenida Laurier em direção oeste até encontrar o Museu das Civilizações no parque Jacques Cartier. Situado em um bonito prédio da arquitetura arrojada, o museu conta a história do Canadá desde seus primeiros habitantes até os dias modernos. As replicas de cidades em tamanho natural impressionam qualquer um. Também existem salas com mostras temporárias e um cinema Imax.

Depois desta parada “cultural”, continue a caminhada através da ponte metálica Alexandra, erguida em 1901. Através dela você retorna a Ottawa a tempo de almoçar (ou jantar, depende de você). Uma boa opção é novamente a região do mercado Byward na Lower City. Há opções para todos os gostos e bolsos.

Se sobrar tempo ou no dia seguinte sugiro visitar outro museu da cidade. Eu fui ao Museu da Aviação Canandense e fiquei impressionado com a grandiosidade e qualidade do acervo, composto por aviões originais e algumas replicas de aviões antigos em tamanho natural. As jóias do museu são os aviões anfíbios e os exemplares da Segunda Guerra Mundial como o gigantesco Lancaster e os lendários Spitfire, Huricane, Messerschmidt BF109 e o Comet. O museu também possui em seu acervo grande helicópteros com o Huey e jatos modernos como o F18 e o Hornet.

Para quem começou o dia desanimado com a cidade, acabei o dia em êxtase. Hoje à noite seguimos nossa viagem para Montreal, capital da província de Quebec que está distante 180 quilômetros daqui. Até amanhã!

Peter Goldschmidt

  • Peter Goldschmidt é membro da Família Goldschmidt que desde 1999 viaja pela América descobrindo e divulgando novos roteiros turísticos. Este e outros diários podem ser vistos no site: www.familiagold.com.br.
  • Peter viaja com apoio da Air Canadá e da Gold Trip, a agência de viagens da Família Goldschmidt - www.goldtrip.com.br - Fone (11) 4411-8254
Parlamento
Convivência de Estilos
Peter sobre o Rio Ontário
Canal Redeau
Hotel Fairmont
Museu da Civilização
Mercado Byward
Museu da Aviação
  
  

Publicado por em

Helena

Helena

16/02/2012 21:45:39
Boa noite!!
Navegando pra descobrir dicas do Leste do Canadá, vi as suas e achei-as ótimas, já tá add em favoritos.
Vcs poderiam me dizer dias suficentes para conhecer com calma as cidades de Toronto(incluindo bate e volta a Niagara Falls), Ottawa, Montreal e Quebec. Onde é melhor se hospedar nessas cidades? Aceito dicas de hotéis standard nas cidades. Segue email pra responder, se possível
Desde já agadeço
Bom fds
Helena

Jeovane ferreira vieira

Jeovane ferreira vieira

24/09/2010 21:12:27
eu acho o canada muito lindo tenho vontade de conhece

Wender Michael

Wender Michael

17/11/2009 13:11:08
Na minha opnião o Canadá é um dos mais bonitos países do mundo. Meu sonho é um dia poder morar nesse país.