Canoagem no rio Limay - Bariloche

Das montanhas a estepe. Da terra a água. Saímos do refúgio Neumeyer pela manhã e descemos até as margens do Lago Nahuel Huapi onde

  
  
Peter e Sandra

Das montanhas a estepe. Da terra a água. Saímos do refúgio Neumeyer pela manhã e descemos até as margens do Lago Nahuel Huapi onde suas águas formam o rio Limay. Na língua Mapuche, Limay quer dizer cristalino. E foi exatamente isto que vimos nas águas do rio, uma transparência impressionante. Desde os caiaques era possível ver com clareza cada pedra e os peixes no fundo do rio.

Escolhemos a empresa Pura Vida Patagônia para nos levar nesta expedição por rio. Eles têm experiência de 10 anos nesta área e por isto nos sentimos mais seguros com eles. Fizemos parte de uma expedição de 2 dias, composta também por dois australianos, dois canadenses e os guias Diego e Gaston. Usamos caiaques canadenses de dois lugares, assim eu e a Sandra pudemos viajar juntos.

O Limay é um rio tranqüilo, que desce sereno por entre as colinas semi-áridas da estepe patagônica. Suas margens, repletas de árvores como o Sauce e os Alamos, fazem um contraste com a vegetação baixa e agreste do interior. Aqui e ali aparecem casas de fazenda ou pequenos currais de ovelhas. As aves estão por toda parte e podem ser vistas banhando-se no rio ou nos observando desde as copas das árvores. Vimos muitos Caranchos, Chimangos, Cormoranes, Martins Pescador e outros pássaros que vivem as margens do Limay. Apesar de tranqüilo, o rio reserva muitas surpresas. Uma delas são as pequenas corredeiras que acrescentaram adrenalina a nossa viagem. Apesar de seguro, é preciso atenção e cuidado para atravessar estas partes onde o rio ganha velocidade e as pedras afloram sobre a água.

Tudo foi muito divertido pois alternávamos partes de pura emoção com trechos onde o rio apenas nos levava enquanto conversávamos e observávamos a natureza ao redor. No primeiro dia remamos cerca de 35 kms, no meio dos quais fizemos uma parada para o almoço. Nesta hora não pude perder a oportunidade de nadar nas águas geladas e transparentes. Para mim, nadar em um lugar significa tornar-me parte da paisagem e não apenas observá-la. Estava frio, pois a água tem origem glaciar, mais foi um mergulho delicioso, revigorante.

No final da tarde, desembarcamos em uma pequena ilha coberta de Sauces e habitada apenas por Cabritos, a ilha Chivo. Foi quando começamos a tirar tudo de dentro das canoas: comida, água, barracas e os sacos de dormir. Sem vento e com céu estrelado, fizemos um delicioso acampamento ao redor da fogueira, com direito a jantar e até um chocolate típico de Bariloche como sobremesa. Tudo organizado com maestria pelo pessoal da Pura Vida Patagônia.

No dia seguinte, acordamos com o nascer do sol e depois de um saboroso café da manhã continuamos nossa jornada rio abaixo. Neste segundo dia, encontramos menos corredeiras e mais trechos lentos o que nos obrigou a remar um pouco mais. Para manter o ritmo e sincronizar as remadas, eu e a Sandra começamos a cantar todas as músicas que nos vinham a memória. Até cantamos o hino nacional. Os australianos nos olhavam e não entendiam nada. Foi muito divertido!

Passamos pelo Vale encantado, um lugar que havíamos visitado de carro, mas que de dentro do rio adquire outra forma. As rochas moldadas pelo vento pareciam maiores e pela natureza desta viagem pudemos observá-las com mais tempo e atenção.

Nossa viagem terminou perto do local onde o rio Limay recebe as águas do rio Traful, em um trecho chamado confluência. Dali, seguimos para a cidade de Bariloche buscar nossas malas e seguimos novamente para dentro do parque nacional em direção ao hotel Tronador. Mas isto, deixo para contar amanhã. Até lá!

Peter Goldschmidt

A Família tem o apoio das seguintes empresas:

GOLDTRIP Consultoria e Viagens - www.goldtrip.com.br
TIMBERLAND – www.timberland.com.br
PIGMENTUM - Comunicação Visual - www.pigmentum.com.br
BEEPHOTO – Tudo para fotográfica – www.beephoto.com.br

CONTABIL ALVINÓPOLIS – Wagner Silva
CLIMED – Hospital Alberto Sabin
Membro da Brazilian Adventure Society - BAS

.
.
* Esta materia se refere ao diário de bordo da Expedição Bariloche e Parque Nahuel Huapi,
feita pela Familia Goldschmidt entre os dias 26/03 e 10/04/09. Para saber mais sobre esta expedição
visite o site:
www.familiagold.com.br
.
.

Margens do rio Limay
Descendo o rio
Banho de rio
Acampamento
Hora do Lanche
Peter e Sandra
  
  

Publicado por em

João Ricardo

João Ricardo

12/04/2009 09:30:39
Me parece que a viagem foi realmente encantadora. Adorei a narração, adoraria receber mais como esta. Desejo muitas boas viagens.

João

Família Goldschmidt

Família Goldschmidt

Obrigado e continuem nos acompanhando Peter
Lenice kovacs

Lenice kovacs

11/04/2009 13:02:09
São pessoas que vivem a Natureza, sou fã deste tipo de aventura.

Eduardo de campos melo

Eduardo de campos melo

09/04/2009 21:22:58
simplesmente maravilhoso, ja fui a bariloche, mas nao tive a oportunidade de fazer esse passeio e ter esse angulo da natureza.

Mauricio

Mauricio

09/04/2009 12:24:32
tenho como meta em minha vida daqui a 5 anos, começar a conhecer lugares turisticos e quem sabe um site similar,mas eu vou conhecer primeiro o Brasil . Adoro suas reportagem e talvez um dia possamos nos encontrar para um bom papo, moro em sao luis do maranhao e quando vierem aqui me procurem,as belezas naturais do nosso estado sao paradisiacas. ABRAÇOS

Família Goldschmidt

Família Goldschmidt

Ainda não conheço sua cidade e quero corrigir este erro em breve. Pelo que li é muito linda. Quem sabe nos encontramos.
Milene

Milene

09/04/2009 09:29:43
e muito legal eu queria poder fazer isso...

Família Goldschmidt

Família Goldschmidt

Voce pode! Planeje, sonhe, trabalhe e realize. Não é impossivel ao que crê.
Jamil edison biasin

Jamil edison biasin

09/04/2009 05:46:20
senhores.
viagem fantastica, contato com a natureza,paisagem, clima frio, tudo de bom.
um grande convite para la estarmos e desfrutar desta
aventura.
neste 2009 , visitarei o sul da argentina e chile.
jamil biasin

Família Goldschmidt

Família Goldschmidt

voce tem bom gosto (como nós, hehehe) Boa viagem!
Madruga

Madruga

08/04/2009 13:34:19
poxa q lindo é esse rio lamay como eu queria estar ai abraços meus já amigos.

Família Goldschmidt

Família Goldschmidt

sonhe, planeje e realize. Um dia voce vai. Em breve